5/4/2014 18:13

Más atuações colocam titularidade de Leandro em risco no Palmeiras

Reforço de peso para a temporada tem apenas dois gols marcados até agora

César Greco/Divulgação

Principal contratação para a temporada, o atacante Leandro começa a ser questionado no Palmeiras. O jogador, que se destacou ano passado defendendo o Alviverde na Série B, atualmente amarga um início de temporada nada empolgante e começa a correr riscos de perder a posição entre os titulares.

Leandro fez 12 jogos na temporada e marcou apenas dois gols. Um contra o Atlético Sorocaba, pelo Campeonato Paulista, e outro contra o Vilhena, na estreia na Copa do Brasil. E perdeu várias oportunidades de fazer muito mais. Além da falta de gols, outro ponto que ameaça o jogador é sua postura em campo.

O atacante passa a impressão de sempre estar desmotivado ou sem dar bola para o que está acontecendo. Na partida contra o Vilhena, por exemplo, no intervalo da partida, quando o jogo estava empatado sem gols e a torcida vaiava a péssima atuação da equipe, ele soltou: “Para a torcida, um 0 a 0, mesmo classificado, não satisfaz. Para nós, o que importa é classificar, independente do resultado”.

Nas mídias sociais, logo após a declaração, torcedores criticaram a postura do atacante. Pessoas próximas ao jogador dizem que ele na verdade é muito tímido para dar entrevistas e se expôr em público, embora internamente, entre os companheiros de time, seja mais comunicativo.

Tecnicamente também não vive um grande momento. O jogador tem exagerado nas jogadas individuais e nos passes errados. A seu favor, a confiança do técnico Gilson Kleina, que por diversas vezes tece elogios ao jogador. “Ele é decisivo e ajuda muito o time na movimentação”, diz o treinador.

Concorrentes não faltam para Leandro. Diogo, Marquinhos Gabriel e Patrick Vieira são os principais candidatos a ficar com a vaga. Marquinhos Gabriel entrou bem na partida contra o Vilhena e Kleina deu a entender que deve colocá-lo entre os titulares em breve. Já Diogo chegou por indicação do treinador, mas luta com sucessivas lesões.

O Palmeiras pagou R$ 8 milhões ao Grêmio por 64% dos direitos econômicos do jogador. O clube, sem dinheiro, contou com a ajuda do presidente Paulo Nobre, que pegou dinheiro emprestado usando seu nome com garantia.



Leia também: [ENQUETE] O Palmeiras deveria facilitar a saída de Fabiano para o Internacional?

Leia também: Belluzzo aciona COF para apurar discriminação contra sócia



2682 visitas - Fonte: Estadão

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias