12/3/2014 11:03

Para ganhar seu primeiro mata-mata, Kleina terá rival 'misterioso'

Palmeiras não conseguiu vídeos para analisar o Vilhena, que tem vários reforços e é uma incógnita até para quem acompanha o clube de perto. Gramado do estádio pode atrapalhar

O jogo desta quarta, às 19h30, contra o Vilhena-RO, é um ponto de interrogação para o Palmeiras. Além de não ter vídeos do adversário para analisar, algo inédito nesta temporada, o time não fez o reconhecimento do gramado do Portal da Amazônia, palco da partida.

A maior dúvida do torcedor, porém, é: o Verdão está pronto para vencer o primeiro mata-mata sob o comando de Gilson Kleina e embalar rumo à sua terceira taça na Copa do Brasil? Para avançar logo de cara, basta vencer o atual campeão rondiniense por dois ou mais gols de diferença.

- O erro tem de ser muito menor, você precisa incorporar o espírito do mata-mata. Muitas vezes, você tem de jogar de acordo com o regulamento. E neste dia precisa estar atento, comprometido. Em um dia que não está legal, você é eliminado - disse ao LANCE!Net o comandante, derrotado em todos os quatro duelos eliminatórios que disputou no clube.

O primeiro adversário desta Copa do Brasil já foi superado. Interditado na segunda-feira por falta de documentação, o aeroporto de Vilhena voltou a operar, o que manteve a programação do Alviverde: treino em Cuiabá, nessa terça à tarde, e viagem à noite para Rondônia - na chegada, a recepção foi de gala. Se não fosse possível viajar de avião, o grupo teria de encarar estradas em más condições e várias horas em um ônibus.

Agora, será preciso vencer uma equipe desconhecida até para quem está mais próximo. Políticos, empresários, dirigentes, torcedores e jornalistas estiveram no último treino do Vilhena antes do jogo, mas apenas o técnico Marcos Birigui soube identificar todos os atletas e dizer quem são os titulares. Quatro vão estrear: o goleiro Dalton, o lateral-direito Portela e o atacante João, que começam jogando, e o volante Wertinho, reserva.

- Não tenho nenhuma informação visual. O nosso auxiliar fez um acompanhamento do Vilhena, e o que chama atenção é o meia deles, número 10 - indicou Kleina.

O jogador em questão é Edilsinho, maior artilheiro da história do Villhena com 32 gols em quase seis anos. Domingo, ele fez dois na derrota por 4 a 3 para o Brasiliense, que eliminou o clube da Copa Verde.

O campo também é um oponente a mais. Acostumado com o tapete do Pacaembu, o Palmeiras terá dificuldade para trocar passes no Portal da Amazônia. A grama é alta e grossa.

- Já pegamos as dimensões, o campo é menor e temos que nos adaptar rapidamente. Claro que quem está adaptado ao campo é o Vilhena. Se não for bom vai dificultar - completou Gilson Kleina, que vai mandar força máxima para o jogo.




LEIA TAMBÉM:[ENQUETE] Você concorda com o cartão amarelo dado a Felipe Melo no clássico contra o Santos?

2742 visitas - Fonte: Lance Net

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias