10/1/2017 13:46

Palmeiras segue reformulação e demite dois fisioterapeutas

O fisioterapeuta José Rosan foi demitido após 25 anos de serviços prestados ao Palmeiras (Foto: Cesar Greco/Fotoarena)

O Palmeiras demitiu dois fisioterapeutas para dar sequência ao processo de reformulação idealizado pelo presidente Maurício Galiotte. José Rosan e José Eduardo Giosa de Arruda não integram mais o quadro de funcionários do clube.

Rosan trabalhava no Palmeiras há mais de 25 anos, enquanto Arruda havia chegado ao clube em 2014. Seguem no time os fisioterapeutas Jomar Ottoni e Marcelo Gondo.

Na última quinta-feira, o Palmeiras comunicou a demissão dos médicos Rubens Sampaio, Vinicius Martins e Otávio Vilhena. Os substitutos ainda não foram anunciados pelo clube.

O jornal Folha de S. Paulo informou nesta terça-feira que a demissão dos médicos causou um atrito entre Galiotte e o terceiro vice-presidente do Palmeiras, Victor Fruges. O mal-estar teria ocorrido após Fruges ser informado da decisão poucos minutos antes de uma nota oficial ser divulgada no site do clube.

Ortopedista, Fruges era consultado pelo antecessor de Galiotte, Paulo Nobre, quando o assunto era o desempenho do corpo médico. O desligamento dos funcionários provocou surpresa no clube, já que o índice de lesões em 2016 havia sido baixo em comparação a outros anos.

O Palmeiras também anunciou a liberação de seis jogadores na manhã desta terça-feira. O clube iniciará os treinos da pré-temporada com 26 jogadores no elenco dirigido por Eduardo Baptista. O zagueiro Yerry Mina e os reforços Felipe Melo e Alejandro Guerra se juntarão em breve ao grupo. Já o zagueiro Antônio Carlos está em vias de ser anunciado.

5751 visitas - Fonte: Gazeta Esportiva

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Últimas notícias