11/8/2017 11:09

Como Moisés se tornou o melhor do ano no Palmeiras em 90 minutos

Moisés vibra com seu gol pelo Palmeiras contra o Barcelona-EQU, na Libertadores

Ao fazer um balanço do ano do Palmeiras, é difícil ver um jogador que é unanimidade com Cuca e torcedor. As eliminações recentes, na Copa do Brasil e na Libertadores, somadas à queda no Paulista e ao Brasileirão instável fazem Moisés ser uma das poucas esperanças de que algo vai melhorar no time daqui para frente.



O meio-campista atuou por 45 minutos contra o Atlético-PR e por mais meio tempo contra o Barcelona-EQU. Conseguiu ser o melhor do jogo nas duas ocasiões, com direito até a gol nas oitavas da Libertadores.

O camisa 10 organiza o time, distribui bolas e dá criatividade ao meio-campo alviverde. Esse, inclusive, foi o principal problema da equipe no ano. Diversos jogadores foram testados na situação e nenhum teve sucesso absoluto.

O que chegou mais perto foi Alejandro Guerra. O problema é que o venezuelano enfrentou problemas com sua forma física justo na época mais importante do ano, sem contar o incidente com seu filho que o tirou de campo em cima da hora na partida de ida do mata-mata da Libertadores.

Jaílson vence concorrência com Fernando Prass

Logo em seguida, outro atleta que ainda está em alta é Jaílson. Ele vem de uma sequência de seis jogos sem perder. Apesar de ter sido o goleiro da eliminação na Libertadores, o resultado do tempo normal foi 1 a 0 para o Alviverde. Para estar nesse jogo, aliás, ele venceu a concorrência com outro atleta irregular na temporada: Fernando Prass.

Tirando Jaílson e Moisés, Dudu surge como candidato ao cargo de melhor do ano, mas o camisa 7 também não faz a sua melhor temporada, embora tenha aparecido em momentos importantes, como em clássicos do Estadual, por exemplo.

À frente, Borja, Willian, Keno e Roger Guedes não conseguem regularidade e são sempre uma incógnita. O primeiro, na verdade, tem sido uma decepção constante, especialmente pelo investimento de R$ 35 milhões feitos para que ele atuasse. Outro atleta da posição que experimentou a ira da torcida recentemente foi Deyverson.

Ao ser apontado pela TV Globo como um dos que disse não ao pedido de Cuca para bater o pênalti diante do Barcelona-EQU, ele viu suas redes sociais invadidas pelos torcedores revoltados. Até então, ele caminhava bem com dois gols em três jogos, justificando os quase R$ 20 milhões investidos.

Raphael Veiga, Hyoran, Antônio Carlos e Juninho são outros que não conseguem uma sequência que os coloque como candidatos a titulares. O quarteto é chamado pelo treinador de garotos que vão dar certo no futuro, mas ainda não mostram maturidade técnica e tática ideal para ele.

As laterais são um problema crônico e já famoso pelos problemas. Egídio, Zé Roberto, Fabiano e Mayke são os exemplos de atletas que não conseguem dar segurança ao torcedor. O primeiro, aliás, tem tudo para ser eleito o vilão da temporada.

Improvisados na função justamente pela falta de alguém que dê regularidade no setor, Michel Bastos, Tchê Tchê e Jean também não têm uma temporada inesquecível com a camisa alviverde. Os últimos dois, aliás, estão longe de repetir o ótimo desempenho na conquista do enea em 2016.

Yerri Mina é xodó dos palmeirenses, mas apresentou queda no seu desempenho nos últimos meses e ainda enfrenta problemas com lesão em sequência. Agora, ficará três meses afastado dos gramados. Seus concorrentes, Luan e Edu Dracena, também apresentam oscilações e falhas, especialmente na hora de defender contra-ataques rápidos.

Para finalizar, Cuca não vive o seu melhor momento no comando da equipe. Com dificuldades para encaixar o time no mesmo esquema tático da temporada passada, o técnico precisará se reinventar para fazer o time dar certo neste ano.

1254 visitas - Fonte: UOL

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

João Pc     

OLA PESSOAS E DESBLOQUEIO TODO OS CANAIS DE TV PRO ASSINATURA. REDUZIMOR FATURA DE QUELQUE LUGA DO BRASIL SKY. NET TV CLARO TV. Oi TV. TV VIVO INTERESSADOS ZAP 88 98420902

sem dúvida, Moises fazia muita falta pela qualidade e estilo de jogo, um meia que volta e marca...quanto ao restante a análise não foge muito da realidade...

Jambão Bezerra     

Moisés e o cara

Aneilton Vieira     

essa cara e mostro mesmo voltando de lesão mostrou q tem garra
mas esse cuca foi muito burro ele tinha q pensar na posibilidade de ir para os penalte e deixar os melhores batedor em campo colocou duas merda pra bater
a galera so pega no pè de egidio mas bruno henrrique tambem perdeu

Gabriel Santos     

OLÁ VOCÊ DE TODO BRASIL QUE TEM TV POR ASSINATURA E TEM POUCOS CANAIS E PAGA CARO.
NÓS TEMOS A SOLUÇÃO
LIBERAMOS OS CANAIS E REDUZIMOS A FATURA
INTERESSADOS ZAP 11980799494

Marcio Souza     

monstro esse Moisés deu exemplo pr muitos aí do elenco que superação que raça e o que chamar responsibilidade

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias