13/10/2017 00:19

Dracena fala em “sensação de derrota” por tropeço contra o Bahia

Com um gol sofrido aos 43 minutos do segundo tempo, o Palmeiras cedeu o empate por 2 a 2 ao Bahia na noite desta quinta-feira, no Estádio do Pacaembu. O experiente zagueiro Edu Dracena, ainda no gramado, lamentou o resultado inesperado diante do frágil time tricolor, ameaçado pelo rebaixamento no Campeonato Brasileiro.


O Palmeiras inaugurou o marcador com um gol de Willian e aumentou por meio de Bruno Henrique. Edigar Junio diminuiu para o Bahia nos acréscimos da etapa inicial e ainda empatou em cobrança de pênalti dois minutos antes do fim do segundo tempo.

“A sensação é de derrota. Estávamos vencendo por 2 a 0 e tomamos um gol no fim do primeiro tempo. Depois, eles vieram para cima, o que é normal. Precisamos colocar os pés no chão e ter sabedoria em um momento como esse. Não é o que gostaríamos, mas é a realidade. Devemos ter consciência de que precisamos melhorar bastante”, afirmou Dracena.

Para o experiente zagueiro, o gol sofrido nos acréscimos do primeiro tempo desestabilizou o Palmeiras. Após cobrança de escanteio de Mendoza pela direita, Edigar Junio, sem ser incomodado pela defesa alviverde, completou de cabeça para o fundo das redes.

“O 2 a 1 abalou um pouco time. Precisa ter maturidade e sabedoria, porque isso vai acontecer”, disse Dracena, acompanhado por Tchê Tchê. “Esse gol talvez tenha ocasionado uma queda. Não era para acontecer. Ficamos tristes pelo resultado. O jogo estava na mão, mas infelizmente não conseguimos vencer”, declarou o meio-campista.

Com 44 pontos ganhos, o Palmeiras permanece na quinta colocação do Campeonato Brasileiro. Pela 28ª rodada do torneio nacional, às 17 horas (de Brasília) deste domingo, o time alviverde volta a campo para enfrentar o Atlético-GO, lanterna do torneio, no Estádio Olímpico.

O atacante Deyverson, substituído por Borja após críticas do público contra o Bahia, projetou uma recuperação na próxima rodada. “No futebol, a cobrança da torcida é normal. Temos que levantar a cabeça para ganhar os três pontos contra o Atlético-GO”, declarou.

549 visitas - Fonte: GazetaEsportiva

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

33cemil     

é sempre a mesma conversa depois de cada jogo...antes faltava tempo para treinar...depois faltou sorte e agora falta vontade...muitas desculpas...pouco futebol e está claro o estrelismo neste time que é fraco e sem caráter. ..recebem em dia e muito mais pelo que fazem e valem...estão faltando homens e está sobrando sem vergonha.
sem caráter. ..gostaria que todos fossem embora hoje mesmo...não vão fazer falta nenhuma....

timinho de merda todos falam muito e ninguem joga nada fora cuca e esse bando de come e dorme

timinho de merda da vergonha de ver jogar ,se classificar para libertadora tem que dar graças a Deus.

Cliente Pc     

bom dia liberamos e reduzimos. valou conta 8896872510

E di lasca mesmo .
e ai cuca que falar
dessi time ridiculo .
nao da pra falar
mais nada, droga..

Marcio Camargo     

o timinho sem vergonha o cuca tem pegar e sumir daí vagabundo

Claudio Santos     

jogadores sem raça sem brio não tem vontade parecem desanimados tem que ter vergonha na cara

Juninho Baroni     

To sentindo que estao querendo derrubar o Cuca

Renato Godoi     

faz gole ai tira o pé. vergonha não. jogar. com amor ao time todos clubes. jogar com garras. contra o palmeira porque já sabe que os jogador só que saber. do pagamento. na conta. sem atraso. vergonha guerra. entra entrega o jogo ai Roger. Guedes. entregar. o jogo ficou o tempo todo treinado vão. toma cu

Sep Fer     

VÃO TDS TOMAR NO CU, BANDO DE SEM VERGONHA MAUS CARÁTER, TIME MEDÍOCRE, NÃO VAI CONSEGUI VAGA NEM NA LIBERTADORES, FORA CUCA

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias