12/3/2018 08:06

Scarpa evolui sem pressa e ganha "aval" de Roger para disputar titularidade

Entre luvas ao jogador e comissões aos seus representantes, o Palmeiras investiu 6 milhões de euros (cerca de R$ 23,4 milhões) na contratação de Gustavo Scarpa. E o meia começou a fazer valer o investimento no último domingo ao marcar dois gols e ser o melhor em campo na vitória por 3 a 0 sobre o Ituano, no jogo que fechou a primeira fase do Paulistão. Após passar por uma evolução gradual, em que a comissão técnica não teve pressa em usá-lo, ele agora está pronto para entrar de vez na briga para ser titular.



Depois da partida, o técnico Roger Machado "decretou" o fim do período inicial de adaptação de Scarpa. "É natural que se chegue em um ambiente novo e o torcedor deseje ver logo o jogador em campo, mas a gente, como treinador e gestor, tem que avaliar muitas coisas. É importante esse processo ser cumprido da forma que foi, e o Scarpa agora se credencia, assim como muitos outros que atuaram bem, para uma vaga entre aqueles que entram em campo entre os 11".

Antes de ter sua primeira grande atuação pelo Palmeiras, o reforço viveu semanas de ansiedade e cobrança. Anunciado oficialmente em 15 de janeiro, ele perdeu a pré-temporada com o clube alviverde e demorou para adquirir condição física suficiente para suportar 90 minutos. Em sua primeira chance como titular, na semana passada, uma atuação tímida e cheia de erros técnicos na derrota por 1 a 0 para o São Caetano já despertou os primeiros chiados das arquibancadas. Mas Roger sempre defendeu que a entrada de Scarpa na equipe aconteceria passo a passo.

De personalidade reservada e avesso a polêmicas, o versátil meia costuma ressaltar que quer disputar uma vaga na equipe titular "sem passar por cima de ninguém". Mas se Roger optar por usá-lo desde o início, terá que sacar algum jogador do setor ofensivo, sendo que nenhum vem jogando mal. Em tese, quem tem a vaga mais ameaçada é Willian, que tem atuado pela esquerda, mesmo setor em que Scarpa brilhou contra o Ituano. Lucas Lima, Dudu e Borja dificilmente sairão do time.

"O Scarpa tem facilidade de jogar pelas três posições", avaliou Roger. "São jogos diferentes quando ele joga pelo lado direito do campo, porque aí ele tem a finalização trazendo para dentro. Quando ele joga na esquerda, ele consegue ser assistente do centroavante, mas também fez seu gol. E como articulador (pelo centro) também, pela destreza que tem de jogar numa área do campo que é muito congestionada".

Com o final da primeira fase do Paulista, o Palmeiras entra agora no primeiro período realmente decisivo da temporada – pega o Novorizontino, no jogo de ida das quartas de final, no próximo final de semana. Com mais alguns treinamentos pela frente até a partida, Roger terá tempo para avaliar se chegou o momento de Gustavo Scarpa começar a assumir o protagonismo para o qual foi contratado.

1719 visitas - Fonte: UOL

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

é isso aí Scarpa no lugar do William estamos conversado

Todos sabiam que scarpa veio para o PALMEIRAS e iria buscar a titularidade ELE É UM EXCELENTE JOGADOR QUE DARA MUITA ALEGRIA A NOS

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias