13/4/2018 16:51

Deputado propõe lei que obriga árbitros de futebol a revelarem time do coração

Palmeirense, Capitão Augusto (PR-SP) garante que proposta já estava 'rascunhada' antes da confusão no dérbi

Foto: André Dusek/Estadão

O deputado federal Capitão Augusto (PR-SP) apresentou na última terça-feira o Projeto de Lei 9983/2018, que obriga árbitros de futebol e seus auxiliares a declarem por escrito a equipe para a qual torcem. Eles ficariam impedidos de atuar nos jogos dos times do coração, "sob pena de nulidade da partida", diz texto da proposta.



O projeto altera a Lei 10.671 (Estatuto do Torcedor) em seu artigo 30, que dispõe sobre a relação do torcedor com a arbitragem esportiva. Além de não poderem trabalhar em duelos envolvendo os times declarados como os de sua preferência, os homens do apito ainda ficariam impedidos de atuar em jogos com equipes sediadas no mesmo Estado onde eles morem ou tenham nascido. Ou seja, um árbitro paulista não poderia trabalhar no... Campeonato Paulista!

Isto iria justamente na contramão do padrão adotado atualmente. A arbitragem nos estaduais é formada por integrantes da federação correspondente e, em clássicos regionais dentro do Campeonato Brasileiro, por exemplo, normalmente são escalados profissionais do Estado a que pertencem os clubes.

Em contato com a reportagem do Estado, o deputado justificou a proposta alegando que ela trará mais transparência às decisões da arbitragem.

"Em Copa do Mundo, nenhum juiz do Brasil apita jogo do Brasil. Por que não são profissionais? Não. Mas porque parece não ser honesto colocar alguém para apitar jogo do próprio time", afirmou Capitão Augusto.

Palmeirense, o deputado apresentou o projeto dois dias depois da polêmica envolvendo Palmeiras e Corinthians na decisão do Campeonato Paulista, em caso que ainda será analisado pelo TJD-SP (Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo) devido à suspeita levantada pelo lado alviverde de interferência externa na arbitragem do jogo. Mas garantiu que o ocorrido não foi determinante para a proposta vir à tona agora.

"Eu já tinha esse projeto rascunhado. Não basta ser honesto, tem que parecer. Se há a opção de pegar alguém que não torce para o time do jogo que vai apitar, casa haja erro, não fica parecendo que foi intencional", argumentou o deputado.

Questionado se a medida não constrangeria a arbitragem, ele negou: "Pelo contrário, até isentaria o árbitro".

O projeto agora vai passar pela Comissão do Esporte da Câmara.

3654 visitas - Fonte: Estadão

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Adriano Riboli     

Ganhou meu voto

Isaac Santos     

sem clubismo, esse é a melhor proposta á ser aprovado, assim ficaria mais difícil esses pilantras favorecer os seus times ,em especial á gambazada.

Marcos Natali     

Parabéns deputado, até que enfim alguém pensou em uma saída para acabar com essa farra corintiana, sempre é assim, arbitragem favorecendo os gambas. É só olharem o histórico de conquistas dos gambas para verem o quanto foram beneficiados. O incrível é que é só para eles, é como dizem, na dúvida eles dão para os gambas. Espero que seja aprovado esse projeto para acabar com essa vergonha que os campeonatos, tanto paulista, brasileiro e copa do Brasil vem passando. Porque somente um time é favorecido?

José Vicentin     

eu queria ver se o pênalti fosse favor dos gambás eu juro que ele não voltava atras

José Vicentin     

sou favorável o juiz que torce pelo o time que torce não pode apitar o jogo isso que foi que aconteceu o juiz de domingo Palmeiras e Corinthians era gambás pôr isso oque aconteceu tudo isso uma vergonha mesmo se fosse o Palmeiras sairia fora ia jogar qualquer lugar do Brasil abandonava o futebol Paulista e uma vergonha só tem ladrão e pra vc ver o jogo de domingo oque aconteceu uma vergonha tudo favorece os Corinthians se você um pênalti favor aos gambás eu queria ver se o juiz ia voltar atrás eu duvido

Elidio Pascuti     

Na hora do penalti valboena falto bate no juiz e ném amarelo levo

Elidio Pascuti     

ja é alguma coisa porque como ta não tem condiçoes só puxa pro lado do corintia é juiz emprensa é um absurdo !

Amaro Israel     

parabems dp Boa ideia até que fim apareceu uma ideia de gente tem que passar a limpo parabéns vomos votar neste deputado e nos

isso ai porque toda comissão di arbitragem de palmeira e ganba era ganba

não vai ter mais juiz para apitar jogos da galinhada kkkkk

Maria Elza     

pelo menos isso né????

Viktor Steiner     

boooa esse projeto, qroo v juiz gamba roubar p o Curintia!!!

então nenhum árbitro vai apitar o jogo dos gambas porque é tudo gamba

Osvaldo Tubone     

não são todos corintianos?

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias