20/4/2018 08:44

Em baixa, Lucas Lima busca reação para manter 'projeto Copa' vivo

Comissão técnica da Seleção Brasileira observou os últimos jogos do Palmeiras in loco e viu atuações medianas do camisa 20, que pode ir para a reserva contra o Internacional

Lucas Lima Cesar Greco/Palmeiras

A possibilidade de ir à Copa do Mundo foi um dos maiores trunfos usados pelo Palmeiras para convencer Lucas Lima a permanecer no Brasil ao sair do Santos. O "projeto Rússia", no entanto, está sob risco. O camisa 20 pode perder a vaga de titular com Roger Machado justamente no momento em que Tite está fazendo as últimas análises para terminar de preencher a lista de 23 atletas que irão ao Mundial - a divulgação será em menos de um mês, em 14 de maio.



O treino do Palmeiras na manhã de quinta indicou que Moisés pode substituí-lo contra o Internacional, às 16h de domingo, no Pacaembu, pela segunda rodada do Brasileirão. Guerra, outro concorrente, se recupera de uma inflamação no quadril e é dúvida.

Na segunda-feira, Tite esteve no estádio Nilton Santos ao lado do coordenador Edu Gaspar e viu Lucas Lima ser substituído por Guerra no intervalo da partida entre Botafogo e Palmeiras. A produção ofensiva da equipe melhorou sem ele, algo admitido por Roger Machado, e foi justamente Guerra quem marcou o gol palmeirense no empate por 1 a 1.

Também havia membros da comissão técnica da Seleção Brasileira nas duas partidas anteriores do Verdão, contra Boca Juniors e Corinthians. O desempenho de Lucas Lima nesses confrontos foi igualmente discreto, com direito a uma cobrança desperdiçada na disputa de pênaltis da final estadual.

O meia não tem uma atuação de destaque desde 21 de março, quando deu duas assistências na goleada por 5 a 0 sobre o Novorizontino, no jogo de volta das quartas de final do Paulistão. O Palmeiras fez mais sete jogos depois disso, incluindo os mais importantes da temporada até o momento, e ele não voltou a marcar gols ou dar assistências.

Roger indicou em entrevistas recentes que prefere a equipe com um armador flutuando entre as duas linhas de marcação do adversário e pisando na área, como Guerra fez contra o Botafogo. Lucas Lima não tem conseguido fazer nenhuma das duas coisas. Ao recuar frequentemente para buscar a bola, ele tem participado bastante dos jogos, mas longe da zona em que o treinador gostaria de vê-lo.

De acordo com reportagem do "Globo Esporte", Lucas Lima está em um grupo de oito jogadores observados para uma espécie de vaga curinga na convocação final, que pode ser preenchida tanto por um meio-campista quanto por um atacante. Seus concorrentes são Rodriguinho (Corinthians), Giuliano (Fenerbahce), Arthur (Grêmio), Luan (Grêmio), Talisca (Besiktas) e Willian José (Real Sociedad).

Lucas ficou fora das últimas três convocações de Tite. A única deste ano, para os amistosos contra Rússia e Alemanha, foi feita em março, quando ele vivia um bom momento no Verdão e recebia elogios pela rápida adaptação ao 4-1-4-1 - hoje o Palmeiras tem atuado no 4-2-3-1.

O principal reforço do clube na temporada foi titular em 20 dos 22 jogos do ano - só ficou fora para ser poupado - e é o líder de assistências do elenco, com seis. Seu único gol foi na primeira partida de 2018, contra o Santo André. Pela Seleção Brasileira, são 13 jogos e dois gols no total.

1284 visitas - Fonte: LANCE!Net

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias