9/8/2018 19:15

Justiça derruba bloqueio de R$ 200 milhões de Gustavo Scarpa e do Palmeiras

Decisão foi tomada pela desembargadora Mery Bucker Caminha nesta quinta-feira

Gustavo Scarpa tem contrato com o Palmeiras válido por cinco temporadas (Foto: Marcos Ribolli)


A novela entre Gustavo Scarpa e o Fluminense teve mais um capítulo nesta quinta-feira. Desta vez, a decisão foi favorável ao jogador do Palmeiras, que conseguiu cassar no Tribunal Regional do Trabalho a determinação de bloquear R$ 200 milhões do atleta e do clube paulista.

A juíza Dalva Macedo, da 70ª Vara do Trabalho do Rio, havia atendido na última sexta-feira pedido do Fluminense e determinado o arresto, termo jurídico que significa medida preventiva que consiste na apreensão judicial dos bens do devedor, para garantir a futura cobrança da dívida.

Na última quarta-feira, o TRT havia mantido o pedido de bloqueio de R$ 200 milhões para Scarpa e para o Palmeiras - o valor faz referência à multa rescisória do vínculo do atleta com o Flu. Nesta quinta, porém, a desembargadora Mery Bucker Caminha, vice-corregedora do Tribunal Regional do Trabalho, derrubou a liminar e determinou que a juíza Dalva Macedo não realize atos de execução adicionais ao processo.

O departamento jurídico do Palmeiras via a primeira decisão como frágil, principalmente por não considerar o clube como parte do processo. O Flu pode recorrer. Liberado do seu antigo vínculo com a equipe carioca, o jogador voltou ao Palmeiras no fim de junho por causa de um habeas corpus concedido pelo TRT.

Enquanto não há uma decisão definitiva sobre a disputa entre Scarpa e seu antigo clube, a diretoria do Palmeiras conversa com o Fluminense na tentativa de um acordo. Os paulistas ofereceram parte dos direitos econômicos do jogador, mas os cariocas não abrem mão de receber uma quantia financeira. O primeiro pedido de 4 milhões de euros foi descartado pelo Verdão.

Confira comunicado emitido pelos advogados de Gustavo Scarpa:

Nesta quinta-feira (09), apresentamos Reclamação Correicional contra a decisão da Juíza de 1ª instância, Dra. Dalva Macedo, que ordenou o bloqueio de 200 milhões contra o Gustavo Scarpa e contra a Sociedade Esportiva Palmeiras.

A Desembargadora, Dra. Mery Bucker Caminha, Vice-Corregedora do TRT do RJ, e responsável por analisar o caso, deferiu liminar que havíamos requerido em favor do Gustavo Scarpa ordenando a imediata suspensão da ordem de bloqueio de 200 milhões e, ainda, determinando que a Dra. Dalva Macedo não realize quaisquer atos de execução adicionais no processo em favor do Fluminense.

Bruno Tocantins
Tocantins Advogados



16383 visitas - Fonte: globoesporte.com

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Alguém tem duvida de que essa juiza Dalva tem algo em comum com o Fluminense......Muito estranho ela fazer isso. Oque diz a lei Pele... eles devem e ainda acham que tem direito a receber algo..

FAZEMOS DESBLOQUEIO DOS CANAIS PREMIERE TELECINE HBO COMBATE E CANAIS ADULTOS PARA ASSINANTES DE TV POR ASSINATURA DE QUALQUER LUGAR DO BRASIL E TAMBÉM REDUZIMOS O VALOR DA FATURA. SÓ PAGA DEPOIS QUE O SERVIÇO FOR FEITO WHATSAPP 11 962751796

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias