7/10/2018 13:00

Elenco do Palmeiras comemora primeira folga em três meses

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

O líder do Campeonato Brasileiro e semifinalista da Libertadores, enfim, vai descansar. Foi com essa sensação que o elenco do Palmeiras deixou o Morumbi, após vencer o São Paulo por 2 a 0, nesse sábado. Os jogadores estão liberados para reapresentação apenas na tarde de terça-feira e celebram a primeira folga em três meses.



- É importante. Ficamos três meses sem nenhuma folga de um dia sequer. Estávamos precisando. Chegou em um momento no qual estamos bem no campeonato. Agora, é descansar e recuperar os jogadores para manter esse ritmo - comentou Moisés.

O próximo compromisso do Palmeiras é no domingo, quando recebe o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, no Pacaembu (o Allianz Parque estará à disposição de um festival de música no mesmo dia). Isso significa que o clube terá a sua primeira semana livre para treinar desde a Copa do Mundo.

De lá para cá, ocorreram 24 partidas em 79 dias, gerando uma média de um jogo a cada 3,2 dias. Para se ter ideia, Luiz Felipe Scolari assumiu a equipe em 3 de agosto, há mais de dois meses, e sempre teve um compromisso no meio da semana que o impedia de ter mais tempo para trabalhar a equipe. Mas o técnico alternou times entre as três competições que disputou nesse período para lidar com o desgaste físico.



O saldo da maratona, contudo, é positivo: foram 15 vitórias, seis empates e somente três derrotas (todas por 1 a 0: para o Cruzeiro, pela Copa do Brasil, para o paraguaio Cerro Porteño, pela Libertadores, e para o Fluminense - que culminou na demissão do técnico Roger Machado). Resultados que levaram o time à liderança do Brasileiro, às semifinais da Libertadores e também a ser semifinalista da Copa do Brasil, na qual foi eliminado pelo Cruzeiro.

Por não estar na final da Copa do Brasil, que será disputada por Corinthians e Cruzeiro nesta e na próxima quartas-feiras, o Palmeiras terá outra semana livre para treinar entre o jogo contra o Grêmio, no domingo, e o duelo contra o Ceará, no dia 21, também pelo Brasileiro.

Depois, porém, recomeça outra maratona: cinco jogos (três pelo Brasileiro e as duas semifinais da Libertadores, contra o argentino Boca Juniors) em 14 dias, com um intervalo médio inferior a três dias entre eles. E a sequência aumentará se o Verdão consiga seu objetivo de ir à final do torneio continental. Por isso, esses dois dias de folga representam um raro descanso ao elenco.

1056 visitas - Fonte: LANCE!

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias