12/12/2018 09:05

Qual dessas imagens retrata o melhor momento do Palmeiras em 2018?

Em 26 de julho, o Palmeiras anunciou a contratação de Luiz Felipe Scolari. E mudou de vez o seu destino em 2018. De lá para cá, o time não perdeu mais no Campeonato Brasileiro, alcançando um incrível aproveitamento de 81,8%, estabelecendo um novo recorde de invencibilidade no torneio por pontos corridos (23 jogos) e conquistando o título. O técnico ainda fez jus à fama do elenco, alternando escalações e chegando às semifinais de Copa do Brasil e Libertadores.







Em 25 de abril, o Palmeiras teve uma de suas maiores vitória na temporada: venceu o Boca Juniors por 2 a 0, pela fase de grupos da Libertadores, na Bombonera, sendo o primeiro triunfo da história do clube no estádio de Buenos Aires. O resultado personifica uma equipe marcada pelo desempenho fora de casa. O Verdão tornou-se o primeiro clube na história a vencer em seis países diferentes em uma edição da Libertadores: ganhou no Brasil (de Alianza Lima, Junior Barranquilla e Colo-Colo), na Colômbia (do Junior Barranquilla), na Argentina (do Boca Juniors), no Peru (do Allianza Lima), no Paraguai (do Cerro Porteño) e no Chile (do Colo-Colo).



Na madrugada de 26 de julho, pouco depois de perder do Fluminense por 1 a 0, no Maracanã, na última derrota do time no Brasileiro, o Palmeiras anunciou a demissão de Roger Machado. Logo no terceiro jogo depois da parada da Copa do Mundo. O técnico teve as melhores campanhas nas fases de grupos da Libertadores e do Paulista. Foi vice-campeão estadual e deixou o time nas quartas de final da Copa do Brasil, nas oitavas de final da Libertadores e em sexto lugar no Brasileiro, a oito pontos do então líder Flamengo. Comandou o time em 44 jogos, alcançando 27 vitórias, oito derrotas e nove empates, com 68,18% de aproveitamento.




O sonho do bicampeonato do Palmeiras na Libertadores acabou em 31 de outubro, na semifinal, diante do Boca Juniors. No jogo de ida, o time sofreu sua primeira derrota como visitante no torneio, levando 2 a 0, com o atacante Darío Benedetto fazendo dois gols em cinco minutos, ambos já no fim da partida, na Bombonera. Na volta, no Allianz Parque, a equipe argentina saiu na frente, com Ábila, o Verdão virou no segundo tempo, com Luan e Gustavo Gómez, mas Benedetto, de novo, fez 2 a 2, sentenciando a eliminação da equipe de Felipão, que deixou o estádio aplaudido pelos torcedores.



Na Copa do Brasil, a trajetória palmeirense também parou nas semifinais. A equipe foi eliminada pelo Cruzeiro, que seria campeão, travando dois jogos polêmicos. Na ida, no Allianz Parque, 1 a 0 para os mineiros, gol de Barcos, com cinco minutos de jogo, mas o empate chegou a ocorrer, quando Antônio Carlos balançou as redes e o árbitro apontou falta no lance, sem consultar o assistente de vídeo. No Mineirão, Barcos abriu o placar e Felipe Melo empatou, selando 1 a 1 que deu a vaga à Raposa. Assim que se ouviu o apito final, uma confusão envolvendo os jogadores dos dois times dentro de campo teve um soco de Sassá no rosto de Mayke, que estava de costas, chamando atenção.





O Palmeiras tirou a liderança do Brasileiro do São Paulo na 27ª rodada e foi ao Morumbi na rodada seguinte para defender a ponta da tabela. Acabou vencendo por 2 a 0, mal deixando os anfitriões, que tinham 60 mil torcedores nas arquibancadas, finalizar, e encerrou um tabu de mais de 16 anos sem vencer o rival no estádio. A partida é citada por quase todos do elenco como marcante por ter apontado que o time estava realmente a caminho do título.

Intensamente vaiado e criticado no primeiro semestre, Deyverson virou herói no Brasileiro, fazendo, inclusive, o gol do título. Em 25 de novembro, dependendo só de uma vitória para ser campeão com uma rodada de antecedência, o Palmeiras derrotou o Vasco por 1 a 0, em São Januário, no Rio de Janeiro, com Deyverson balançando as redes.



Em 2 de dezembro, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras venceu o Vitória por 3 a 2 e, diante do maior público da história do Allianz Parque (41.256 pagantes), levantou mais um troféu nacional. Edu Dracena e Gustavo Scarpa fizeram 2 a 0, Yago e Luan chegaram a empatar para o rebaixado time baiano e Bruno Henrique, capitão do Palmeiras, fez um belo gol, aos 44 minutos do segundo tempo, para garantir três pontos na despedida da temporada.



Dudu sofreu com vaias da torcida até em Buenos Aires, antes do jogo em que o time venceu o Boca Juniors na Bombonera, em abril. No meio do ano, viu o Palmeiras recusar uma proposta milionária do futebol chinês. Mas o atacante se reinventou com a chegada de Felipão e virou o grande nome do Campeonato Brasileiro. Ratificou-se como ídolo da torcida, que cantou para que ele não saia do clube caso uma nova oferta venha da China, como se especula.




Leia também: [ENQUETE] Com problemas no ataque, o Palmeiras fez certo em emprestar Papagaio?

Leia também: Neste sábado, contra o Novorizontino, Felipão completa cem jogos no Paulistão



1707 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

CREFISA ( LEILA PEREIRA ) PELO AMOR DE DEUS ACEITA DIVIDIR O PATROCÍNIO JUNTO COM BLAKSTAR!!! TRANSFORMA NOSSO PALMEIRAS EM PSG NOS IMPLORAMOS PARA VC

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias