11/3/2019 10:32

Sob briga política, Palmeiras decide quem comanda o Conselho por dois anos

O Palmeiras decide hoje à noite quem ficará no cargo de presidente do Conselho Deliberativo pelos próximos dois anos. Esse é um dos cargos mais importantes no aspecto político do clube e só fica abaixo de Maurício Galiotte. O voto é restrito aos quase 300 conselheiros.



O favorito à reeleição é Seraphim del Grande. Alinhado com o atual presidente, ele tem sido importante nas articulações propostas pela atual gestão, como a mudança de tempo de mandato de dois para três anos e na aprovação, mesmo que com ressalvas de parte do clube, da transformação de R$ 120 milhões de aportes da Crefisa em empréstimo corrigido diariamente.


O caso, inclusive, ilustr
a a briga política que vive o clube no momento. Insatisfeitos com a condução do caso, os opositores foram até a Polícia Civil para a instauração de um inquérito. E conseguiram: Galiotte e Del Grande foram convocados para depoimentos.

Os dois dizem ter feito tudo à luz do estatuto, com a aprovação do Conselho e afirmam que a movimentação policial tem motivação política.

Seraphim já ocupou cargos em diversos departamentos do clube, entre eles o futebol, e é um dos conselheiros mais antigos do clube, com trânsito nas diversas alas políticas. Atualmente, acompanha a delegação em quase todas as viagens e tem ótima entrada com Leila Pereira, conselheira e dona da Crefisa. Do outro lado, está Silvio Mukay.

No seu segundo mandato de conselheiro, ele conseguiu lançar a candidatura mesmo sem ter vindo do principal grupo da oposição, aquele comandado por Mustafá Contursi. Sua plataforma de campanha tem sido caracterizada por "dar voz aos conselheiros" e "não ser uma extensão da presidência".

O estatuto do Palmeiras ainda prevê a eleição de um vice-presidente do Conselho de maneira independente. Ou seja, os eleitos, não necessariamente, saem do mesmo grupo político. Para o cargo de vice, estão concorrendo Roberto Silva e José Roberto Generoso, ambos com ligação à situação, e Rita de Cassia Miranda Consentino, que virou oposição recentemente após ter sido secretária geral de Del Grande.



Palmeiras, Verdão, Conselho



Leia também: Com receita recorde, Palmeiras gastou quase R$ 200 milhões a mais em 2018

Leia também: Felipe Pires sonha com Libertadores e revela o que falta para se firmar



762 visitas - Fonte: UOL

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

ESES CONSELHEIROS SÃO IGUAL AOS DEPUTADOS E SENADORES, SÓ SERVEM PARA TIRAR UNA CASQUINHA E FERRAR O PALMEIRAS E O BRASIL. ESTAMOS SENDO MUITI BEM DIRIGIDOS PELO ATUAL PRESIDENTE, VÃO TOMAR NO ..

Membros da ditetoria vão a Policia Civil p denunciar problemas internos do clube..mustafa se juntou c o Paulo Nobre e a guerra de vaidade fala mais alto..sapo boi fdp..

Sonia Luz     

Já não pode mais os problemas entre eles e a torcida ficar de fora,isso fica muito comodo pra eles!

Sonia Luz     

Tá na hora da torcida tomar alguma atitude contra essas eternas doenças do nosso Palmeiras!

Ai velharia vamos cuidar do futebol, do clube que atualmente esta bem administrato ficam procurando pelo em ovo

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias