23/7/2019 09:40

Godoy Cruz x Palmeiras: informações, curiosidades e histórico do confronto

O Palmeiras treinou na tarde desta segunda-feira (22) no estádio Bautista Gargantini, em Mendoza, na Argentina, e encerrou a preparação para enfrentar o Godoy Cruz pela partida de ida das oitavas de final da Conmebol Libertadores. O duelo está marcado para esta terça (23), às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Malvinas Argentinas, e colocará as duas equipes frente a frente pela primeira vez na história.


A delegação alviverde encarou cerca de 36 horas de viagem até chegar à cidade do jogo. Devido às péssimas condições climáticas, o avião que saiu de Fortaleza no sábado (20), logo após o confronto com o Ceará pelo Campeonato Brasileiro, arremeteu duas vezes e precisou posar em Rosario na manhã de domingo (21). De lá, os palmeirenses seguiram para Buenos Aires e dormiram na capital argentina antes do embarque para Mendoza, onde chegaram por volta das 12h.

A partida de volta contra o Godoy Cruz está marcada para terça-feira (30), às 21h30, no Allianz Parque. Recordista em participações na Libertadores ao lado de Grêmio e São Paulo com 19 edições disputadas (incluindo a atual), Palmeiras está em sua 15ª oitavas de final da competição continental. Das 14 vezes anteriores, o Verdão avançou às quartas de final em nove oportunidades: 1961, 1968, 1971, 1995, 1999, 2000, 2001, 2009 e 2018.

Esta é a primeira vez que o Palmeiras disputa quatro edições seguidas da Libertadores. Em 2016 (após ser campeão da Copa do Brasil em 2015) o time caiu na primeira fase. Em 2017 (após ser campeão brasileiro em 2016), chegou às oitavas. E em 2018 (após ser vice-campeão brasileiro em 2017), parou nas semifinais.

As novidades do técnico Luiz Felipe Scolari para esta fase eliminatória são o meio-campista Ramires e o atacante Willian. Contratado durante a pausa para a Copa América junto ao Jiangsu Suning, da China, Ramires foi inscrito no lugar de Guerra (emprestado ao Bahia) e pode fazer sua segunda partida com a camisa do Verdão, já que estreou no último sábado (20) diante do Ceará – entrou aos 25 min do 2º tempo. O jogador de 32 anos tem em seu currículo, entre outros títulos, a Champions League, a Europa League e a Premier League pelo Chelsea-ING e o Campeonato Português pelo Benfica-POR, além de ter disputado as Copas do Mundo de 2010 e 2014 e conquistou a Copa das Confederações de 2009 pela Seleção Brasileira.

Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação_Dudu possui números expressivos envergando a camisa do Verdão
Dudu possui números expressivos envergando a camisa do Verdão
Já Willian, recuperado da lesão no ligamento cruzado do joelho direito sofrida ao dar o passe para Deyverson fazer o gol do decacampeonato brasileiro contra o Vasco, em dezembro, entrou na vaga de Ricardo Goulart, que retornou ao Guangzhou Evergrande, da China. O Bigode fez sua reestreia pela equipe diante do Internacional, pela Copa do Brasil (entrou aos 44 min do 2º tempo), e atuou também nas três partidas seguintes, diante de São Paulo (entrou aos 38 min do 2º), Internacional (13 min do 2º) e Ceará (entrou no intervalo).

Se avançar para as quartas de final, o Palmeiras poderá trocar mais dois nomes na lista de 30 inscritos da competição. Antes das semifinais, mais duas trocas são permitidas.

MELHOR CAMPANHA DA 1ª FASE DA LIBERTADORES 2019
O Palmeiras protagonizou a melhor campanha da primeira fase da Conmebol Libertadores de 2019 com 15 pontos conquistados. O Alviverde venceu cinco partidas (duas vitórias sobre o Junior Barranquillla-COL, dois triunfos sobre o Melgar-PER e um resultado positivo sobre o San Lorenzo-ARG) e perdeu apenas uma (para o San Lorenzo, na Argentina) – aproveitamento de 83,3%. O Cruzeiro também fez 15 pontos, mas ficou atrás do Verdão no saldo de gols (12 a 9).

Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação_Com 9 gols, Borja é o 3º maior artilheiro da história do Palmeiras na Libertadores
Com 9 gols, Borja é o 3º maior artilheiro da história do Palmeiras na Libertadores
TIME COM MAIS VITÓRIAS NA LIBERTADORES 2019
Com cinco vitórias em seis jogos até aqui, o Maior Campeão do Brasil é o time que mais venceu, ao lado do Cruzeiro, que também obteve cinco triunfos nos seis primeiros jogos válidos pela fase de grupos.

MELHOR ATAQUE DA LIBERTADORES 2019
Com 13 gols marcados, o Palmeiras ostenta o melhor ataque da Libertadores de 2019, à frente da LDU (Equador), com 12.

MELHOR DEFESA DA LIBERTADORES 2019
Com apenas um gol sofrido (pelo San Lorenzo-ARG, dia 02/04, na fase de grupos), o Palmeiras tem a melhor defesa da competição, à frente de Nacional-URU, San Lorenzo-ARG e Cruzeiro – todos esses vazados em duas ocasiões.

MELHOR SALDO DE GOLS DA LIBERTADORES 2019
Ao ter marcado 13 tentos e sofrido apenas um, o Alviverde ostenta um saldo de 12 gols, o que lhe credencia como o melhor time da Libertadores 2019 neste quesito, à frente do Cruzeiro, com 9.

TIME COM MAIS ASSISTÊNCIAS NA LIBERTADORES 2019
Dos 13 gols que o Verdão marcou na Libertadores 2019, 11 contaram com passes diretos, o que faz do time de Felipão a equipe mais concede assistências no torneio. Em seguida vem o Cruzeiro, com dez.

Deyverson é uma das opções de Felipão para o ataque no jogo contra o Godoy Cruz
TIME BRASILEIRO COM MAIS GOLS NA LIBERTADORES
O Palmeiras mantém o posto de time brasileiro com mais gols na história da competição sul-americana – foram, até aqui, 322 gols marcados. Em seguida, vêm o Cruzeiro com 307 gols e o Grêmio com 288.

TIME BRASILEIRO COM MAIS GOLS FORA DE CASA NA LIBERTADORES
O Palmeiras segue como a equipe nacional com mais bolas na rede como visitante na principal competição das Américas, com 133 tentos anotados ao longo de suas participações, seguido de Grêmio (109) e Cruzeiro (106).

TIME BRASILEIRO COM MAIS VITÓRIAS FORA DE CASA NA LIBERTADORES
O Maior Campeão do Brasil venceu 35 vezes jogando como visitante na história da Libertadores. Esse número faz do Alviverde o brasileiro com mais vitórias fora de casa na competição continental. Em seguida, estão o Cruzeiro, com 34 triunfos fora de casa, e o Grêmio, com 30 resultados positivos como visitante.

2º TIME BRASILEIRO COM MAIS VITÓRIAS NA LIBERTADORES
O Verdão acumula 96 triunfos ao longo de suas participações na Libertadores, o que faz do clube, o segundo brasileiro que mais venceu no torneio continental – está à frente do Cruzeiro, que tem 95, e atrás apenas do Grêmio, que soma 98 resultados positivos.

MELHOR APROVEITAMENTO DO BRASIL EM 2019
Com 24 vitórias, nove empates e quatro derrotas em 37 jogos na temporada – sem contar amistosos –, o Palmeiras é o clube da Série A com melhor aproveitamento de pontos em 2019: 73%. O segundo colocado é o Flamengo, com 67,5%, em 38 jogos. As estatísticas são do FutDados e estão atualizadas até o dia 22/07.

TIME COM MAIS VITÓRIAS NO BRASIL EM 2019
Além de ser o detentor do melhor aproveitamento na média, o Alviverde também é o que mais possui vitórias em números absolutos: são 24 triunfos (em 37 jogos), ao lado do Atlético-MG (com as mesmas 24 vitórias, porém, em 43 duelos). As estatísticas são do FutDados, estão atualizadas até o dia 22/07 e não levam em conta eventuais amistosos.

TIME QUE MENOS PERDE NO BRASIL EM 2019
Levando em conta todos os jogos da temporada disputados pelos 20 componentes da Série A – exceto amistosos –, o Palmeiras é, de forma isolada, o time que menos perdeu em 2019: apenas 4 vezes, contra 5 do Flamengo. Por competições, o Alviverde só foi superado, neste ano, por Corinthians, no Paulista, San Lorenzo-ARG, na Libertadores, e Internacional, na Copa do Brasil, e Ceará, no Brasileiro. As estatísticas são do FutDados e estão atualizadas até o dia 22/07.

MELHOR DEFESA DO BRASIL EM 2019
O Palmeiras é o time da Série A que menos sofreu gols durante toda a temporada 2019 (sem contar amistosos): foi vazado apenas 13 vezes até aqui – em 37 jogos –, contra 19 do Grêmio – em 38 partidas. O Alviverde ainda detém a menor média de gols sofridos (0,35, contra 0,50 do Grêmio) e o maior índice de jogos sem ser vazado (70,27%, contra 65,79% do Grêmio). As estatísticas são do FutDados e estão atualizadas até o dia 22/07.

NÚMEROS GERAIS NA TEMPORADA
J: 38
V: 24
E: 9
D: 5
GP: 56
GC: 15

NÚMEROS SÓ NA LIBERTADORES
J: 6
V: 5
E: 0
D: 1
GP: 13
GC: 1

NÚMEROS SÓ NO BRASILEIRO
J: 11
V: 8
E: 2
D: 1
GP: 19
GC: 5

NÚMEROS SÓ NA COPA DO BRASIL
J: 4
V: 3
E: 0
D: 1
GP: 4
GC: 1

NÚMEROS SÓ NO PAULISTA
J: 16
V: 8
E: 7
D: 1
GP: 19
GC: 6

NÚMEROS SÓ AMISTOSOS
J: 1
V: 0
E: 0
D: 1
GP: 1
GC: 2

DUDU: 4º COM MAIS VITÓRIAS PELO PALMEIRAS EM LIBERTADORES
Presente nas cinco vitórias que o Palmeiras conquistou na Libertadores de 2019, o atacante Dudu já é o quarto atleta que mais venceu com a camisa do Verdão pela competição nacional em toda a história, com 19 triunfos. O camisa 7 deixou para trás nomes como Cleber, Junior e Cesar Sampaio e hoje figura atrás apenas de Ademir da Guia e Alex, com 20 vitórias cada, e Marcos, com 27. Já o colombiano Borja participou de três vitórias neste ano e aparece em sétimo na lista geral, com 15 triunfos, logo atrás dos volantes Galeano e Dudu, com 18.

DUDU: JOGADOR DE LINHA QUE MAIS VENCEU NO SÉCULO XXI
Com 154 vitórias no total pelo Palmeiras, Dudu ocupa o segundo posto dentre os jogadores que mais venceram no século XXI, somente atrás do goleiro Marcos, com 182 – portanto, levando em conta jogadores de linha, Dudu é o número 1 no quesito. Já se for considerar a lista dos que mais venceram em todos os tempos, Dudu ocupa a 37ª posição, isolado (o próximo alvo é Del Nero, que defendeu o Alviverde nos anos 40, com 156 vitórias) – este ranking é liderado por Ademir da Guia, com incríveis 514 triunfos.

DUDU: 7º COM MAIS JOGOS PELO PALMEIRAS EM LIBERTADORES
O atacante Dudu é o jogador do atual elenco com mais partidas em Libertadores com a camisa do Palmeiras. Foram 28 embates e quatro gols desde 2016 (em 2019, são seis duelos e um tento, contra o Junior Barranquilla-COL). Os 28 jogos o colocam como sétimo que mais defendeu o Verdão na história da competição, ao lado do lateral Junior. À frente do camisa 7 aparecem o meia Ademir da Guia, com 29, e os volantes Dudu e César Sampaio, com 30. Completam a lista Galeano, com 38, Alex, com 39, e Marcos, com 57.

Após Dudu, aparecem o atacante Borja, com 22, e o goleiro Fernando Prass e o meio-campista Thiago Santos, com 20 jogos de Libertadores pelo clube (Borja é o 12º da lista, enquanto os outros dois aparecem na 15º posição no ranking geral, ao lado de Edu Bala, Corrêa e Maurício Ramos). Dudu também é o atleta do Verdão com mais jogos no ano (35) e o que mais deu assistências (11).

DUDU: JOGADOR DE LINHA QUE MAIS ATUOU NO SÉCULO XXI
Com 263 jogos ao todo, Dudu é o jogador de linha que mais entrou em campo pelo Palmeiras no século XXI – está atrás apenas dos goleiros Fernando Prass, com 271 (o atual camisa 1 é o 38º que mais jogou na história), e Marcos, com 392. No ranking geral de todos os tempos, ele é o 44º colocado ao lado do zagueiro Marcio Alcântara, que defendeu o Alviverde 263 vezes nos anos 80 de forma isolada. O próximo alvo de Dudu é o meia-atacante Canhotinho, que defendeu o Verdão 265 vezes nos anos 40 e 50 (43º da lista). O líder desse ranking é Ademir da Guia, com 902 partidas com a camisa esmeraldina.

DUDU: MAIOR ARTILHEIRO ALVIVERDE DO SÉCULO XXI
Contratado em 2015, Dudu tem 60 gols pelo clube, sendo o maior artilheiro palmeirense do século XXI com seis a mais do que o segundo colocado, Vágner Love (que o camisa 7 havia ultrapassado na temporada passada), com 54.

DUDU: TOP 40 DE ARTILHEIROS EM TODA A HISTÓRIA
Os 60 gols de Dudu o colocam na 38ª posição dentre os maiores artilheiros palmeirenses em todos os tempos. O camisa 7 divide esta colocação com Edílson – que jogou nos anos 90. O próximo alvo é alcançar Fedato (anos 70), que está na 37º posição, com 61 gols, e, depois, Paulo Nunes, 36º, com 62. O líder dessa lista é Heitor Marcelino Domingues, com 317 gols, entre 1916 e 1931.

DUDU: 2º JOGADOR QUE MAIS CRUZA BOLAS NA LIBERTADORES 2019
Dentre outras marcas que acumula na temporada, Dudu é o 2º jogador da Libertadores 2019 que mais lança bolas em direção à área adversária: foram 50, apenas sete a menos do que Lucas Gamba, do Huracán-ARG, com 54. Os dados são do Footstats e estão atualizados até o dia 22/07.

DUDU: TOP 5 DOS MAIS CAÇADOS NA LIBERTADORES 2019
Com 20 faltas sofridas na Libertadores, Dudu ocupa a 4ª posição dentre os jogadores mais caçados do torneio em 2019, ao lado de Juan Lucero, do Godoy Cruz-ARG. Os líderes deste ranking são Ignacio Fernández, do River Plate-ARG, e Antonio Bareiro, do Libertad-PAR – ambos foram parados 22 vezes por seus adversários; no 3º posto está Víctor Cantillo, do Junior Barranquilla-COL, que recebeu 21 infrações.

BORJA: 3º ARTILHEIRO ALVIVERDE NA HISTÓRIA DA LIBERTADORES
Goleador máximo do atual elenco na Libertadores, com 9 gols, Borja está a três tentos de se igualar a Alex (12 gols) como o maior artilheiro do Palmeiras na história da Libertadores. Hoje, o colombiano está na terceira colocação, ao lado de Ademir da Guia e Lopes (que também somam 9 bolas na rede). Em segundo lugar, figura Tupãzinho (11 gols).

JOGADORES DO ELENCO CAMPEÕES DA LIBERTADORES
Os atletas do elenco alviverde que já conquistaram a Conmebol Libertadores são o zagueiro Edu Dracena (Santos em 2011), o lateral-direito Marcos Rocha (Atlético-MG em 2013), o atacante Borja (Atlético Nacional-COL em 2016) e o atacante Willian Bigode (Corinthians em 2012). Além disso, o treinador Luiz Felipe Scolari foi campeão do torneio pelo Palmeiras (em 1999) e pelo Grêmio (em 1995).

FELIPÃO: 40 JOGOS PELO VERDÃO EM LIBERTADORES
Técnico responsável por conduzir o time palmeirense ao memorável título da Libertadores de 1999, há 20 anos, Felipão completou, em seu último duelo pela competição continental, contra o San Lorenzo-ARG, no dia 08/05 (duelo válido pela 6ª rodada da fase de grupos - vitória por 1 a 0), a marca de 40 jogos no torneio. Vale lembrar que, com os 40 duelos que hoje acumula, Luiz Felipe Scolari é quem mais comandou o Verdão em jogos de Libertadores em toda a história e também o que mais venceu (22 triunfos, além de seis empates e 12 derrotas). O ano de 2019 marca a quarta disputa do treinador no Continental, sendo o que mais edições acumula – as outras três foram em 1999 (campeão), 2000 (vice-campeão) e 2018 (semifinalista).

FELIPÃO: 70 JOGOS NA LIBERTADORES
Ao ter entrado em campo para comandar o Palmeiras contra o San Lorenzo-ARG, no dia 08/05 (duelo válido pela 6ª rodada da fase de grupos - vitória por 1 a 0), Luiz Felipe Scolari igualou a marca de 70 jogos de Libertadores do técnico argentino José Omar Pastoriza, que trabalhou em 8 edições da competição, entre 1976 e 2004. Pastoriza é o 11º colocado na lista dos técnicos que mais trabalharam no torneio continental. O 10º é o uruguaio Roberto Scarone, com 78 jogos em 9 participações, entre 1960 e 1983. Já o recordista é o colombiano Gabriel Ochoa Uribe com 112 jogos em 13 participações entre 1960 e 2001. Felipão disputou duas Libertadores com o Grêmio (1995 e 1996), uma com o Cruzeiro (2001) e disputa sua 4ª com o Palmeiras (1999, 2000, 2018 e, agora, em 2019). Hoje com 70 jogos no Continental, o treinador acumula 40 vitórias, 14 empates e 16 reveses, com um aproveitamento de 63% em Libertadores e dois títulos conquistados: 1995, com o Grêmio, e 1999, com o Palmeiras.

DADOS DO ELENCO
Mais jogos em 2019: Dudu (35), Bruno Henrique (31) e Felipe Melo (30)
Mais minutos em 2019: Dudu (2954)
Mais gols em 2019: Gustavo Scarpa (7), Deyverson (6), Dudu (5), R. Goulart, R. Veiga, B. Henrique, Zé Rafael e G. Gómez (4), Borja e M. Rocha (3), F. Melo, Moisés e Hyoran (2), Luan, Mayke, F. Pires, Edu Dracena, C. Eduardo e A. Cabral (1).
Mais assistências em 2019: Dudu (11); Marcos Rocha (5); Hyoran, Gustavo Scarpa, Ricardo Goulart, Moisés e Bruno Henrique (3); Diogo Barbosa, Zé Rafael, Deyverson e Mayke (2); Borja, Edu Dracena, Raphael Veiga e Lucas Lima (1)

Mais jogos na Libertadores: Dudu, F. Melo, G. Gómez e Weverton (6)
Mais minutos na Libertadores: G. Gómez e Weverton (572)
Mais gols na Libertadores: G. Scarpa (4); Deyverson (2); Dudu, F. Melo, M. Rocha, R. Goulart, Hyoran, G. Gómez e Moisés (1)
Mais assistências na Libertadores: Ricardo Goulart, Dudu, G. Scarpa e Hyoran (2); Bruno Henrique, Borja e Moisés (1)

Mais jogos no Brasileiro: Deyverson (11)
Mais minutos no Brasileiro: Deyverson (1074)
Mais gols no Brasileiro: Bruno Henrique (4); Raphael Veiga e Deyverson (3); Zé Rafael, Gustavo Gómez, Marcos Rocha e Dudu (2); Hyoran (1).
Mais assistências no Brasileiro: Dudu (5); Marcos Rocha (3); Zé Rafael (2); Diogo Barbosa, Hyoran e Raphael Veiga, Deyverson e Lucas Lima (1).

Mais jogos na Copa do Brasil: Felipe Melo, Lucas Lima e Dudu (4 jogos)
Mais minutos na Copa do Brasil: Felipe Melo (255)
Mais gols na Copa do Brasil: Zé Rafael (2)
Mais assistências na Copa do Brasil: Dudu, Mayke e Bruno Henrique (1)

Mais jogos no Paulista: Dudu e Bruno Henrique (14)
Mais minutos no Paulista: Dudu (1222)
Mais gols no Paulista: Borja, R. Goulart e G. Scarpa (3)
Mais assistências no Paulista: Dudu e Moisés (2); Diogo Barbosa, Gustavo Scarpa, Mayke, R. Goulart, Felipe Pires, Marcos Rocha, Deyverson, Bruno Henrique e Edu Dracena (1)
OBS: Uma das assistências de Dudu foi para o gol de Edu Dracena no amistoso contra o Guarani, vencido pelo time campineiro por 2 a 1.

PALMEIRAS CONTRA TIMES ARGENTINOS
O Palmeiras já enfrentou times argentinos 93 vezes ao longo da história. Foram 43 vitórias do Maior Campeão do Brasil, 26 empates e 24 derrotas. O Verdão marcou 168 gols e foi vazado em 119 oportunidades. A maior goleada alviverde contra um time do país vizinho aconteceu na Copa Mercosul de 1999, diante do Racing - o jogo terminou 7 a 0, com gols marcados por Euller (2), Rogério (2), Oséas (2) e Paulo Nunes.

1º JOGO DO VERDÃO PELA LIBERTADORES FOI NA ARGENTINA
O primeiro jogo do Palmeiras pela Libertadores foi justamente em solo argentino: o duelo aconteceu diante do Independiente-ARG, no estádio de Avellaneda (Buenos Aires-ARG), no dia 04/05/1961: a partida terminou com triunfo palmeirense por 2 a 0 – gols de Gildo e Zequinha.

PRIMEIRO BRASILEIRO A TER DISPUTADO UMA FINAL DE LIBERTADORES
O Verdão carrega a fama histórica de ter sido o primeiro brasileiro a ter disputado uma final de Libertadores. Foi em 1961, quando enfrentou o Peñarol na grande decisão e ficou com o vice-campeonato. O Alviverde ainda chegou à final em 1968 e 2000, além de 1999, quando foi campeão. O clube ainda alcançou a fase semifinal em 1971 e 2001.

VERDÃO JÁ CONTOU COM CINCO ARTILHEIROS NA LIBERTADORES
Ao longo de sua trajetória na mais importante competição das Américas, o Alviverde já contou com cinco artilheiros: Tupãzinho (1968, com 11 gols), Lopes (em 2001, com nove gols), Marcinho e Washington (ambos em 2006, com cinco gols cada um) e Borja (em 2018, com nove gols).

PALMEIRAS X ARGENTINOS
J: 93
V: 43
E: 26
D: 24
GP: 168
GC: 119

PALMEIRAS X ARGENTINOS NA LIBERTADORES
J: 29
V: 11
E: 10
D: 8
GP: 46
GC: 31

Maior goleada contra argentino: Palmeiras 7 x 0 Racing, em 05/08/1999, no estádio Palestra Italia, pela Copa Mercosul.

Maior goleada contra argentino na Libertadores: Palmeiras 6 x 1 Boca Juniors, em 09/03/1994, no estádio Palestra Italia, pela Copa Libertadores.



LEIA TAMBÉM: Galiotte viaja ao Rio de Janeiro visando a contratação de Jorge Sampaoli; confira os detalhes

LEIA TAMBÉM: [ENQUETE] Vote sobre a possível contratação de Jorge para o Palmeiras

LEIA TAMBÉM: Conheça a carreira e a trajetória de Anderson Barros, novo diretor-executivo do Palmeiras





1650 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Dom - 16:00 - Mineirão - BH - Premiere
Cruzeiro
Palmeiras

Último jogo - Brasileiro

Qui - 19:15 - Brinco de Ouro
Palmeiras
5 1
Goiás
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Santos
3 Palmeiras
4 Grêmio
5 Atletico Paranaense
6 São Paulo
7 Internacional
8 Corinthians
9 Fortaleza EC
10 Goiás
11 Bahia
12 Vasco DA Gama
13 Atletico-MG
14 Fluminense
15 Botafogo
16 Ceará
17 Cruzeiro
18 CSA
19 Chapecoense-sc
20 Avai
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
90 38 28 6 4 86 37 49 VVVVD
74 38 22 8 8 60 33 27 VDVDV
74 38 21 11 6 61 32 29 DDDVV
65 38 19 8 11 64 39 25 VDVVD
64 38 18 10 10 51 32 19 VVEVE
63 38 17 12 9 39 30 9 EVDVV
57 38 16 9 13 44 39 5 EDVDV
56 38 14 14 10 42 34 8 DVDVD
53 38 15 8 15 50 49 1 EVVEV
52 38 15 7 16 46 64 -18 VVDDV
49 38 12 13 13 44 43 1 DEVED
49 38 12 13 13 39 45 -6 EDVEE
48 38 13 9 16 45 49 -4 DEVVD
46 38 12 10 16 38 46 -8 VVEEV
43 38 13 4 21 31 45 -14 VVDDE
39 38 10 9 19 36 41 -5 EDEDE
36 38 7 15 16 27 46 -19 DDDDD
32 38 8 8 22 24 58 -34 DVDDD
32 38 7 11 20 31 52 -21 VDDVE
20 38 3 11 24 18 62 -44 DDEDE
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota