7/9/2019 23:18

Na estreia de Mano, Palmeiras vira sobre o Goiás aos 55 minutos e garante a vitória

Na estreia de Mano Menezes, o Palmeiras virou sobre o Goiás e venceu por 2 a 1 na noite deste sábado, no Estádio Serra Dourada, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol do Esmeraldino foi marcado por Rafael Vaz, no primeiro tempo. Willian empatou para o Verdão e Gustavo Scarpa fez o da vitória aos 55 minutos da etapa final, no último lance.



Com uma formação mais ofensiva, composta por Bruno Henrique, Ramires e Gustavo Scarpa no meio-campo, o Palmeiras teve as melhores chances, ficou com a posse de bola e lutou pela vitória até o fim.

Com a vitória, o Verdão sobe para a terceira colocação, com 33 pontos. O Goiás é o 14º na tabela, com 21. Na próxima rodada, a última do primeiro turno, o Palmeiras enfrentará o Cruzeiro, no Allianz Parque, no sábado. O Goiás visitará o Grêmio no domingo, na arena.

O JOGO

Sem um volante de contenção na ausência de Felipe Melo, suspenso, e Bruno Henrique e Ramires no meio-campo, o Palmeiras criou as melhores chances do primeiro tempo. Foi o Goiás, porém, quem foi para o intervalo na frente.

O Verdão teve a primeira boa chance aos 4 minutos, quando Dudu tocou para Diogo Barbosa cruzar e Luiz Adriano não alcançou. Aos 19, o Esmeraldino surpreendeu. O zagueiro Rafael Vaz recebeu na intermediária, avançou e soltou a bomba de muito longe. A bola encobriu Jailson e bateu no travessão antes de entrar.

No minuto 29, o Palmeiras perdeu a melhor oportunidade. Luan recebeu após bate-rebate, ficou cara a cara com Tadeu e chutou em cima do goleiro. Aos 33, Dudu bateu para outra boa defesa do arqueiro goiano.

Quando o placar marcava 42 jogados, Luiz Adriano recebeu de Dudu dentro da área e, no rebote, fez o gol. A arbitragem, porém, anulou e marcou falta de ataque.

VIRADA ÉPICA

O Goiás voltou ainda mais defensivo para a etapa final e dificultou as ações do Palmeiras, que passou a criar menos situações de gol.

No minuto 7, um grande susto. Zé Rafael e Tadeu se chocaram e ambos ficaram desacordados. O goleiro do Goiás demorou mais a recuperar a consciência e foi encaminhado ao hospital de ambulância. Zé permaneceu no estádio após ser substituído.

Aos 24, mais uma chance inacreditável para o Palmeiras. Willian recebeu cruzamento no segundo pau e finalizou, mas Fábio Sanchez tirou em cima da linha. O VAR foi acionado e confirmou que a bola não entrou. Na sequência, aos 31, Dudu cruzou e Borja quase fez de carrinho.

E de tanto martelar, o Palmeiras conseguiu o empate. Aos 35 minutos, Scarpa lançou Willian em profundidade e o ataque não desperdiçou. A arbitragem havia marcado impedimento, mas voltou atrás com o auxílio do VAR.



Aos 45, Lucas Lima foi expulso. O meia recebeu dois cartões amarelos em dois minutos. Mesmo assim, o Palmeiras conseguiu a virada. Antes, porém, veio o susto. Renatinho cobrou falta com categoria no minuto 51 e Jailson fez excelente defesa. E aos 55, o alívio palmeirense: Marcos Rocha cobrou lateral na área e a bola sobrou para Scarpa empurrar no último lance.

Palmeiras, Brasileirão, Mano Menezes, Goiás, Verdão



VEJA: Clique aqui e veja a baita viagem que a Mandala Turismo preparou para você aproveitar

LEIA TAMBÉM: Bruno Henrique pode superar lendas do Verdão em quesito importante; confira

LEIA TAMBÉM: Jogadores ignoram o Flamengo na disputa pelo título e pensam somente no Palmeiras

LEIA TAMBÉM: [COMENTE] Qual é a sua opinião sobre a contratação "enigmática" do volante Ramires?



3423 visitas - Fonte: Gazeta Esportiva

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Gilson Rogerio     

Concordo com a saída do Felipão mas não podemos esquecer tudo que ele ganhou para nós,para mim ele é o técnico mais vitorioso do Palmeiras de todos os tempos.

Gilson Rogerio     

Adriano Oliveira,com o Felipão o Thiago teria começado o jogo.Gosto fo Felipão mas nunca vi ele jogar sem um volante, volante.

Adriano Oliveira     

Com o mano o palmeiras conseguiu no primeiro jogo fazer aquilo qi nunca fez na era Felipão, qi é virar um jogo, se fosse o Felipão no comando nesse jogo, quando o Zé Rafael se machucou ele tinha colocado o Thiago Santos ao invés do Wilian bigode.

Gilson Rogerio     

Critiquei a contratação do Mano mas hoje eu gostei,jogou sem primeiro volante,teve coragem, parabéns para ele.

Quando o felipao era tecnico nunca viramus. O Palmeiras jogou pra cima, teve garra. Mereceu a Vitória

Junior Assis     

E isso ai e manter o foco e deixar o mano ageitar esse time...eles ainda estao acostumados com o estilo do felipao mas ja deo pra ver uma cara nova avnante verdao...

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias