21/9/2019 14:42

Palmeiras reúne veteranos em jantar tradicional

O Palmeiras promoveu na noite desta sexta-feira (20/09) o tradicional Jantar dos Veteranos, evento anual que reúne ex-jogadores de diferentes gerações. O evento ocorreu no Restaurante Jardim Suspenso, no quinto andar do prédio administrativo do clube social, e acolheu cerca de 350 pessoas, entre convidados e torcedores que adquiriram entrada para prestigiar os ídolos alviverdes.


Comandado pelo presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, pelo diretor social do clube, Renato Casanova, pelo diretor de Acervo Histórico e Memória, José Ezequiel Filho, e pelo presidente do Conselho Deliberativo do Alviverde, Seraphim Del Grande, o encontro de ex-atletas contou com fortes emoções do início ao fim. Logo ao entrarem no evento, os ídolos já autografavam uma porção de camisas do novo modelo – a camisa III da coleção Palmeiras/PUMA 2019, de cor verde água, que leva uma Cruz de Savoia no peito (símbolo da Casa Real Italiana). A chegada de cada um dos ídolos palmeirenses era comemorada por seus ex-companheiros de time e por torcedores, que puderam interagir e tirar fotos com os eternos craques do Verdão.

“A festa de veteranos do Palmeiras acontece anualmente e visa valorizar os ídolos palmeirenses, que construíram nossa história", discursou Galiotte. E completou: "Reconhecer os feitos do passado é um passo importante para que possamos alcançar o sucesso no futuro". Em seguida, o mandatário palestrino presentou um a um dos veteranos, que foram contemplados com uma camisa do Palmeiras após subirem ao palco e receberem os aplausos do público presente, chamados individualmente, um após o outro, pelo mestre de cerimônias Fernando Razzo Galuppo.

Ex-jogadores como Ademir da Guia, Edu Bala, Mário Motta, Alfredo Mostarda e Nei, da lendária Segunda Academia dos anos 70, além de Sérgio, Tonhão e Galeano, campeões pelo Palmeiras na década de 90, entre outros, como o volante Wendel, que jogou até 2014 no Verdão, marcaram presença e agitaram a noite de confraternização. Não houve quem não se deixou contagiar com a energia emanada ao longo do evento.

"Comparecer a este evento é como vir a uma festa de aniversário. Ter a presença celebrada todos os anos, mesmo muitas décadas depois de eu ter me despedido do futebol é realmente muito gratificante", explicou o Divino, que foi quem por mais tempo usou a camisa 10 do Verdão – ele atuou 902 vezes entre as décadas de 60 e 70. Ademir da Guia, aliás, era um dos ídolos mais assediados.

O tradicional evento que reúne ídolos veteranos acontece ininterruptamente desde 1972 – portanto, há 47 anos –, uma vez por ano. Setembro é o mês escolhido pela agremiação para celebrar essa solenidade tão especial: isso se deve ao fato de os jogadores do elenco de 1942, liderados à época por Oberdan Cattani, terem dado início à tradição – eles optaram por setembro por ter sido o mês em que nasceu o Palmeiras, após o Palestra ter morrido líder naquele ano emblemático. As filhas de Oberdan Cattani, inclusive, foram homenageadas e chamada ao palco: Walkiria e Mônica Cattani receberam o mesmo apreço dos ex-jogadores, devido ao legado de seu pai.

E o Jantar dos Veteranos não se restringiu apenas aos jogadores de futebol. Grandes expoentes de outras modalidades esportivas também foram lembrados pela diretoria alviverde, como a patinadora Maria Tereza Ambrósio Bellangero e o ex-jogador de basquete (inclusive com passagem pela Seleção Argentina entre os anos 80 e 90 na SEP) Aguirre.

Ao final das homenagens, os ídolos palmeirenses tomaram conta do palco principal, onde se reuniram para registrar o momento inesquecível por meio de fotografias. E ao som do hino do Palmeiras, as solenidades foram oficialmente encerradas: nesse momento, todo o público presente se uniu em uma só voz. Em seguida, a festa continuou, com música ao vivo.

Encontro de Veteranos: Histórico

Em sua 48ª edição, o banquete de veteranos do Palmeiras acontece uma vez por ano desde 1972, ininterruptamente. Setembro é o mês escolhido pela agremiação para celebrar essa solenidade tão especial: isso se deve ao fato de os jogadores do elenco de 1942, liderados à época por Oberdan Cattani, terem dado início à tradição – eles optaram por setembro por ter sido o mês em que nasceu o Palmeiras, após o Palestra ter morrido líder naquela emblemática temporada marcada por um clima político conturbado, conspirações e voltas por cima da agremiação esmeraldina, tanto dentro quanto fora de campo.




PALMEIRAS CAMPEÃO MUNDIAL? SÃO PAULO CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL? PALPITES PARA O ANO DE 2020

LEIA TAMBÉM: Resumo de 2020: Palmeiras mantém consistência com quinta vitória

LEIA TAMBÉM: [COMENTE] Procurado pelo Athletico, para você, o Palmeiras deveria reabrir as negociações por Rony?

LEIA TAMBÉM: Após não acerto com Daniel Muñoz, Palmeiras surpreende e prepara oferta por lateral do Independiente


1824 visitas - Fonte: Site Oficial

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Edvansir Grosso     

Temos que valorizar nossos herios si nao fosses eles nosso clube nao teria passado desusseco que tem

PARABÉNS AOS IDEALIZADORES DA FESTA E SOS VETERANOS QUE HONRARAM NOSSO CLUBE. AVANTI SOCIETÁ SPORTIVA PALESTRA ITÁLIA

Neusa Archangelo     

Parabéns Palestra/Palmeiras.??????????????????

Parabens Palmeiras

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Sáb - 16:00 - Pacaembu - Premiere
Santos
Palmeiras

Último jogo - Paulista

Qui - 21:30 - Allianz Parque
Palmeiras
1 0
Guarani
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Palmeiras
3 Santos
4 Corinthians
5 Internacional
6 São Paulo
7 Grêmio
8 Bahia
9 Atletico Paranaense
10 Atletico-MG
11 Botafogo
12 Goiás
13 Vasco DA Gama
14 Ceará
15 Fortaleza EC
16 Fluminense
17 Cruzeiro
18 CSA
19 Avai
20 Chapecoense-sc
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
49 22 15 4 3 47 20 27 VVVVE
46 22 13 7 2 38 17 21 VVVVE
41 22 12 5 5 33 23 10 EDDEV
38 21 10 8 3 24 13 11 VEDVV
37 22 11 4 7 28 21 7 VVVDE
36 22 9 9 4 23 15 8 DEVDE
34 22 9 7 6 37 25 12 VVVVD
34 21 9 7 5 25 18 7 VVEDV
30 21 9 3 9 30 21 9 VEDEV
27 20 8 3 9 24 24 0 DDDDD
27 21 8 3 10 19 23 -4 DVEDD
27 21 8 3 10 21 32 -11 DDDVV
24 21 6 6 9 19 28 -9 DDVED
23 21 6 5 10 21 21 0 DEEDE
22 21 6 4 11 23 31 -8 VDEDD
22 22 6 4 12 24 34 -10 DVDEV
19 21 4 7 10 17 30 -13 VDDDE
19 22 4 7 11 11 33 -22 VEVDD
16 21 3 7 11 12 31 -19 VDVVD
14 20 3 5 12 17 33 -16 EDDDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota