22/10/2019 08:17

Deyverson se aproxima dos 100 jogos com a camisa do Palmeiras

Depois de nem ser relacionado no início da gestão de Mano Menezes, centroavante acabou com jejum de gols no domingo e fez a terceira partida seguida como titular no Palmeiras

Deyverson definiu de forma bem-humorada sua relação com a torcida do Palmeiras: "amor e ódio". Novamente titular diante da lesão da Luiz Adriano, o criticado centroavante encerrou um jejum de quatro meses sem marcar no domingo e agora sonha com a 100ª partida pelo clube.


Contratado em 2017, ele tem 98 partidas pelo Verdão e 24 gols marcados (sete em 2019). Há uma boa chance de atingir a marca centenária ainda neste mês, pois o time visita o Avaí, domingo, e na quarta-feira da semana que vem receberá o São Paulo no Allianz Parque.


Luiz Adriano ainda está em tratamento por conta de um estiramento no músculo posterior da coxa direita, Borja está em baixa, e Henrique Dourado ainda não foi titular desde que retornou de uma fratura na tíbia direita.

Já Deyverson, entre altos e baixos, foi titular nas últimas três partidas e jogou bem contra o Athletico, quando marcou no empate em 1 a 1 na Arena da Baixada. No início da passagem de Mano Menezes, contudo, chegou a nem ser relacionado.

O atacante não marcava desde o dia 13 de junho, na vitória por 2 a 0 sobre o Avaí, no Allianz Parque, pela nona rodada. Foram 14 partidas de jejum.

- Sei que estava em um mau momento, o torcedor cobra porque é apaixonado pelo clube, eu entendo. Aqui no Palmeiras eu sou amor e ódio ao mesmo tempo (risos). Ao mesmo tempo que me adoram, eles me criticam, mas é normal. Só agradeço por terem me apoiado, criticado para me fazer crescer. Sou muito feliz no Palmeiras, nunca abriram mão de mim - afirmou, domingo.

Na última partida em casa, contra a Chapecoense, Deyverson foi bastante xingado e deu lugar a Henrique Dourado, assim como na vitória contra o Botafogo. Mas Mano Menezes, assim como o antecessor Luiz Felipe Scolari, tem aprovado o desempenho do substituto de Luiz Adriano.

- Tudo que um técnico não pode fazer é ficar trocando (jogadores), ou não se vai a lugar nenhum. Ele mereceu a oportunidade, porque está se esforçando nos treinamentos. Fez um grande jogo, lutou muito na frente, principalmente quando tivemos problemas de transição. Ele foi premiado com o gol pelo esforço que teve. A função não é tão simples. Ser camisa 9 de um time requer uma confiança individual maior, porque esse jogador decide o jogo. Se trocarmos a todo momento, não vou dar confiança para nenhum deles - justificou.

Deyverson é o centroavante com mais partidas na temporada: 36 e sete gols. Borja (22 jogos e cinco gols), Henrique Dourado (dois jogos) e Luiz Adriano (11 jogos e seis gols) são os outros da função no grupo. O camisa 10 se machucou contra o Santos e ainda não iniciou a transição entre parte física e técnica.



LEIA TAMBÉM: Rádio Gaúcha diz que Paolo Guerreiro está de malas prontas para o Palmeiras

LEIA TAMBÉM: [COMENTE] Mesmo com empate no Dérbi, ainda há chances do Palmeiras brigar pelo título brasileiro?

LEIA TAMBÉM: Verdão tem quatro centroavantes no elenco, mas só um tem permanência garantida, confira



4275 visitas - Fonte: Terra

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Drausio Filho     

Bela merda.... por mim não teria feito nenhum.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Dom - 16:00 - Arena Fonte Nova - Globo,Premiere,TNT
Bahia
Palmeiras

Último jogo - Brasileiro

Sáb - 19:00 - Pacaembu - SP
Palmeiras
1 1
Corinthians
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Palmeiras
3 Santos
4 Grêmio
5 São Paulo
6 Atletico Paranaense
7 Internacional
8 Corinthians
9 Bahia
10 Goiás
11 Vasco DA Gama
12 Atletico-MG
13 Fortaleza EC
14 Botafogo
15 Ceará
16 Cruzeiro
17 Fluminense
18 CSA
19 Chapecoense-sc
20 Avai
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
77 32 24 5 3 68 26 42 VEVVV
67 32 19 10 3 51 24 27 VVVVE
64 32 19 7 6 48 28 20 EVVVV
56 32 16 8 8 55 32 23 VVVVV
52 32 14 10 8 32 23 9 VDVDD
50 32 14 8 10 45 31 14 VEVEV
49 32 14 7 11 37 32 5 VEDDV
49 32 12 13 7 36 29 7 EDDVE
43 32 11 10 11 35 33 2 DDEED
42 32 12 6 14 34 50 -16 DEVDD
42 32 11 9 12 31 37 -6 EDEDV
40 32 11 7 14 38 43 -5 DDEVE
39 32 11 6 15 39 44 -5 EVEDV
36 32 11 3 18 28 40 -12 DDDDV
36 32 10 6 16 32 32 0 EVDVD
35 32 7 14 11 26 36 -10 EVEEE
34 32 9 7 16 32 43 -11 EDEVD
29 32 7 8 17 21 47 -26 DVDDD
22 32 4 10 18 25 48 -23 EVDED
17 32 3 8 21 16 51 -35 DDDDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota