6/11/2019 08:54

Empresário de Borja responde declaração de Mano Menezes sobre jogador, após achar fala desrespeitosa

Juan Pablo Pachon, agente do centroavante colombiano, produziu uma nota depois de o técnico do Palmeiras falar sobre o status do colombiano ao ser contratado pelo Palmeiras

Juan Pablo Pachon, empresário de Borja, não gostou das declarações de Mano Menezes sobre o atacante no programa "Bola da Vez", da ESPN Brasil. O técnico do Palmeiras lembrou que o atacante não tinha trajetória longa em times de ponta até chegar ao Atlético Nacional (COL) e respondeu que ele talvez não seja a estrela que se imaginava ao brilhar em 2016. O agente entendeu que houve um desrespeito com o camisa 9 (veja a nota completa abaixo).


Em três temporadas pelo Verdão, Borja tem 109 partidas e 35 gols. Durante a passagem de Mano Menezes, entrou no decorrer das três primeiras partidas (Goiás, Fluminense e Cruzeiro), e depois disso fez apenas mais dois jogos - contra o Internacional e Atlético-MG, este como titular. Sem um grande desempenho, tornou-se a última opção no ataque, mesmo com a lesão de Luiz Adriano, e em alguns momentos nem foi relacionado.

Com passagens por Cúcuta Desportivo (COL), Cortuluá (COL), La Equidad (COL), Olimpo (ARG), Livorno (ITA) e Santa Fe (COL) antes do Atlético Nacional, Borja foi comprado pelo Palmeiras por quase R$ 44 milhões, já contando os R$ 11 milhões pagos a mais por não negociá-lo até agosto.

Borja tem 26 anos e contrato até o fim de 2021 com o Palmeiras, mas as poucas chances na temporada (apenas 22 jogos e cinco gols) fazem com que aumente a possibilidade de uma saída em 2020.

Veja a declaração de Mano Menezes que irritou o agente de Borja:

"O Borja, ao contrário do que todo mundo pensa ou do que pode parecer, não tinha uma trajetória tão grande antes de chegar no Palmeiras em um clube de ponta da América Latina. Foi contratado pelo Atlético Nacional, que fazia uma temporada espetacular com o (Reinaldo) Rueda, chega para a semifinal da Libertadores e é decisivo na semifinal e na final, fez quase todos os gols do Atlético Nacional. E você passa a enxergar este jogador como uma estrela da América Latina e talvez não seja tão estrela, em primeiro lugar. Ou talvez ainda não seja tão estrela, como quando todo mundo quando quer contratar vira. O Borja virou objeto de desejo de quase todos os clubes brasileiros que estavam procurando um atacante. E aí você supervaloriza às vezes, e o jogador chega e tem dificuldades.

Vou criar um comparativo com um jogador que está jogando em altíssimo nível para mostrar que é possível (se recuperar). Quando Arrascaeta foi contratado para o Cruzeiro, ele foi contratado do Defensor do Uruguai. Ele e o Gedoz tinham feito uma Libertadores muito boa e fizeram contra o Cruzeiro dois jogos extraordinários. Quando chegou no aeroporto, tinham 300 pessoas esperando ele, recebeu a camisa 10 do Cruzeiro. E se criou uma expectativa muito grande para ele logo virar o substituto do Éverton Ribeiro ou do Goulart. Arrascaeta levou dois anos para virar um jogador decisivo. E quando eu cheguei na primeira passagem (em 2015), a avaliação era de que ele dificilmente viria a ser este jogador, porque não conseguia compor, porque demorava muito, por isso ou aquilo. Fomos estudar o jogador em si, de preparação física muito diferente da nossa, os clubes totalmente diferentes. Nos dois anos ele ganhou o condicionamento ideal para a função de meio-campista, a confiança, um lugar no time titular para jogar e ser importante.

O que quero dizer é que estas coisas podem acontecer. O que eu penso do futebol de hoje cria dificuldades para alguns jogadores. Hoje, o jogador precisa ter entendimento do jogo de futebol, não basta só pegar a bola e fazer uma grande jogada. E aí alguns jogadores, mesmo com dificuldades, se tem esta condição, conseguem crescer e depois superá-las; alguns não conseguem. Temos de avaliar neste momento".


Veja a nota oficial de Juan Pablo Pachon:

"Como representante de Miguel Angel Borja, que atualmente joga no Palmeiras, e devido a declarações no programa "Bola da Vez", da ESPN Brasil, por parte do professor Mano Menezes sobre meu representado, eu me vejo obrigado a produzir um comunicado, pois as considero desrespeitosas e fora de lugar.
Em seus oito anos como profissional, Borja conseguiu títulos e premiações de nível nacional e internacional, como o Sul-Americano sub-20 de 2013, a Copa Sul-Americana de 2015, a Copa Libertadores de 2016 e em outras várias ocasiões foi goleador de campeonatos e copas.

Ao se referir à ida de Miguel para o Atlético Nacional, quero contar que não só foi campeão da Libertadores, mas também o artilheiro da Copa Sul-Americana de 2016, e assim foram 39 gols naquele ano, sendo cinco deles entre as semis e finais da Libertadores, um recorde que só tinha sido obtido pelo Rei Pelé.

Em 2017, chegou ao Palmeiras com o objetivo primordial de conseguir a tão desejada Copa Libertadores. Foi um ano de adaptação, seguramente não só para Borja, mas para todo o Palmeiras, pois a equipe teve três técnicos em seis meses, sendo eliminado nas oitavas de final e tendo Miguel como reserva.

Em 2018, quando teve um técnico (Roger Machado) que jogava um futebol para o ataque, que proponha o jogo e tinha como referência um atacante definidor e de área como é Miguel Borja, ele tornou-se o único jogador do elenco do Palmeiras a ser convocado à Copa do Mundo da Rússia, além de ser goleador do Paulista, tornando-se o primeiro artilheiro estrangeiro da história do torneio. Mais importante ainda, foi o goleador da Copa Libertadores com nove gols em 12 partidas e 805 minutos jogados.

Na Libertadores de 2019, o artilheiro Gabriel Barbosa, que é o grande jogador que se conhece, fez sete gols em 12 partidas e 921 minutos jogados. Apesar dos excelentes números e estatísticas, Miguel foi substituído na primeira semifinal (contra o Boca Juniors) e a equipe sofreu dois gols em 15 minutos. Na segunda semifinal, o Palmeiras foi eliminado com o artilheiro da Libertadores iniciando no banco.

O ano de 2019 seguramente tem sido um dos mais difíceis na carreira de Miguel, pois seu rendimento baixo em fevereiro custou a titularidade. Mas cabe lembrar também que depois de meses sem ser usado, Miguel voltou a ser titular nas duas partidas (contra o Godoy Cruz) e não só fez gols em cada um deles, como foi eleito também o jogador da partida. Desafortunadamente, na fase seguinte e diante dos olhos de todo continente, inexplicavelmente não foi usado novamente, e o Palmeiras foi eliminado com Miguel Borja no banco.

Espero que isto ajude ao professor Mano Menezes a conhecer mais a fundo o seu jogador e a ser mais preciso quando fizer declarações públicas.

Eu lhe desejo muito êxito, pois entendo que o professor, apesar de seus 22 anos de carreira como técnico profissional, ainda não tem nenhum título internacional, tampouco um Campeonato Brasileiro. Tomara que nesta passagem pelo Palmeiras tenha algum êxito nestes dois e leve o Palmeiras a seu tão sonhado título internacional".



LEIA TAMBÉM: Dudu comenta sobre as expectativas e mudanças do Palmeiras para 2020

LEIA TAMBÉM: ENQUETE: Paolo Guerrero é um bom nome para 2020?

LEIA TAMBÉM:Edmundo comenta sobre atuações de Scarpa e detona: "O Palmeiras tem cinco meias e não tem nenhum"



30135 visitas - Fonte: LANCE!

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Centroavante bom para vcs é o deyverson lixo

Borja lixo, pereba

Vcs torcedores fo palmeiras que estão achando que o palmeiras vai ganhar alguma coisa com esse mano meneze fdp vcs vão ficar só na vontade ,esse retranqueiro do caralhos e ainda está queimando os jogadores esse bosta

Uma declaração infeliz do Mano com um jogador que custou uma furtuna e é mau aproveitado por ele e por Filipão dois retranqueiro do caralho, qual a tragetoria do Deyverson seu Mano Menezes? Aqui no Brasil não jogou em time nem um, e na Europa só em times mediocres. Pare de falar merda, se você tivesce conpetencia tentava recuperar um jogador que custou 44 milhões, pelo menos ele demontra saber jogar futebol, e o Deyverson é um perna de pau que enventaram no futebol. Eu como um bom palmeirence, espero que no final do ano você e o inconpetente do Alexandre Matos vão pro quinto dos inferno.

Odorio Macedo     

Só ensaio nunca sai, tá enchendo

Cagadas de Matos,que só contrata tranqueira

Se achou ruim paga o que foi pago por ele e leva embora

Jogador pé de rato msm

homero jose     

Jogado ruim e priguiçoso ponto.

Jose Pereira     

Este Borja e muito ruim. O Mano esta de parabens com a alegsçao. O Palmeiras lontratou

Roberto Tolin     

Certíssimo o Mano. O Palmeiras, pra variar, fazendo cagada com a pressão da torcida. Esse Borja é jogador de time B da várzea. Antes de compra lo eu já tinha minhas dúvidas. Jogador sem passado. Fez meia dúzia de gols em cinco jogos e já colocaram ele como craque. Tá aí o resultado. Um encostado que se acha craque mas ninguém quer. Esse empresário dele, qie está todo ofendido, que venda esse pé de rato o mais breve possível. Difícil vai ser achar um trouxa, como o Palmeiras, pra comprar isso.

Difícil, pq no final das contas, ambos falaram a verdade... espero que o empresário do Borja tenha esses bons argumentos para conseguir vende-lo bem para algum outro clube e o Palmeiras não tenha que perder tanto dinheiro.

Gilson Rogerio     

O Mano simplesmente desvalotizou um integrante do Palmeiras.Nao vou dizer que ele se enganou mas não deveria ter ecposto publicamente.

Caralho oque o mano falou de errado, se é ruim tem mas que falar que é ruim ou não.

Acho que o Mano pisou na bola , o que falta e chance para o Borja como ele bem disse sobre o Arrascaeta

Vaza imundo nao sabe nem chutar no gol o pior jogador que tem no Palmeiras depois do lucas Lima

Miguel Garcia     

Toma no rabo esse caneludo, ruim pra caraio , ainda quer massagen, ano q vem pode vazar, agira quero ver quem comora esta merda

Quem fala o que quer, houve o que não quer. Acho que focou mal pro Mano Menezes

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Dom - 16:00 - Allianz Parque - Premiere
Palmeiras
Grêmio

Último jogo - Brasileiro

Dom - 16:00 - Arena Fonte Nova
Bahia
1 1
Palmeiras
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Palmeiras
3 Santos
4 Grêmio
5 Atletico Paranaense
6 São Paulo
7 Internacional
8 Corinthians
9 Bahia
10 Vasco DA Gama
11 Fortaleza EC
12 Goiás
13 Atletico-MG
14 Botafogo
15 Ceará
16 Fluminense
17 Cruzeiro
18 CSA
19 Chapecoense-sc
20 Avai
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
81 34 25 6 3 73 30 43 VVVEV
68 33 19 11 3 52 25 27 VVVEE
65 33 19 8 6 49 29 20 VVVVE
56 33 16 8 9 55 33 22 VVVVD
53 33 15 8 10 46 31 15 EVEVV
53 33 14 11 8 33 24 9 DVDDE
50 33 14 8 11 37 32 5 EDDVE
50 33 12 14 7 36 29 7 DDVEE
44 33 11 11 11 36 34 2 DEEDE
43 33 11 10 12 35 41 -6 DEDVE
42 33 12 6 15 42 44 -2 VEDVV
42 32 12 6 14 34 50 -16 DEVDD
41 33 11 8 14 39 44 -5 DEVEE
36 33 11 3 19 28 41 -13 DDDVD
36 33 10 6 17 32 33 -1 VDVDD
35 33 9 8 16 33 44 -11 DEVDE
35 32 7 14 11 26 36 -10 EVEEE
29 33 7 8 18 21 50 -29 VDDDD
25 33 5 10 18 26 48 -22 VDEDV
17 32 3 8 21 16 51 -35 DDDDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota