31/8/2014 09:16

Pacotão do Verdão: falha de Fábio, bronca com juiz e desabafo de Gareca

Goleiro volta a vacilar, e Jorge Henrique faz o gol da vitória do Inter sobre o Palmeiras, que reclama a não marcação de dois pênaltis; técnico se mostra abatido

Mais de 33 mil pessoas foram ao Pacaembu, mas o Palmeiras voltou a decepcionar sua torcida e acabou sendo derrotado pelo Inter, por 1 a 0, na noite deste sábado, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Verdão pode voltar à zona do rebaixamento neste domingo. Criciúma, Bahia, Coritiba e Vitória podem ultrapassar o Palmeiras.

O time do argentino Ricardo Gareca começou de forma ofensiva, tentando pressionar o Inter. Mas, depois de levar um gol do ex-corintiano Jorge Henrique, em nova falha do goleiro Fábio, o Palmeiras se deixou abater e não teve poder de reação diante de uma equipe muito bem armada pelo técnico Abel Braga.

Confira um resumo da partida:

KUNG FU

Com um ataque formado por três argentinos (Allione, Cristaldo e Mouche), mais Leandro, o Palmeiras começou em cima. A primeira chance foi criada numa cobrança de falta, num lance de "Karatê Kid", com Claudio Winck entrando de forma atabalhoada sobre Mouche.

NÃO VALEU

Mas o Inter logo mostrou como enfrentaria o Palmeiras - no contra-ataque. No primeiro dele, aos 10, Jorge Henrique marcou um belo gol, com direito a chapéu sobre Fábio. Mas o lance foi anulado pela arbitragem, por suposto toque de mão de Rafael Moura na jogada anterior.

GOL

Nove minutos depois, porém, não teve jeito. Num estourão de Dida, Rafael Moura desviou de cabeça, e a bola parecia simples para Fábio. Mas o goleiro vacilou, e Jorge Henrique apareceu como um foguete para tomar a bola e mandá-la para o gol vazio.

VIXE...

O Inter poderia matar a partida já na jogada seguinte. Mais uma vez, a defesa do Palmeiras ficou em linha, e um jogador do Inter apareceu livre diante de Fábio. Eduardo Sasha, porém, chutou fraco, e o goleiro palmeirense fez a defesa.

PÊNALTI?

O Palmeiras não conseguia se organizar - e ficava na bronca com a arbitragem. Aos 41, Juninho tentou dar um chapéu em Gilberto, que cortou com a mão esquerda e simulou que o corte havia sido com a cabeça. Os palmeirenses pediram pênalti, apesar de o lance ter sido fora da área. O árbitro Ricardo Marques Ribeiro deu escanteio.

Aos 8 do segundo tempo, nova reclamação de pênalti. Em cobrança de falta, Mendieta ergueu na área, e a bola bateu no braço do zagueiro Paulão. Os palmeirenses ficaram revoltados. O árbitro não deu nada.

DIDA!

O Inter criava uma chance atrás da outra, mas o Palmeiras também chegou ao gol de Dida. Aos 15, Juninho fez bom cruzamento da esquerda, e Mendieta cabeceou para o chão, mas no centro do gol, e Dida fez a defesa com tranquilidade.

POR CIMA

Na última grande chance, Allione tabelou com Cristaldo, recebeu na área e chutou forte, mas por cima. Desespero alviverde.

DESABAFO

Depois do jogo, Ricardo Gareca concedeu uma entrevista coletiva pesadíssima. O argentino demonstrou abatimento, mas afirmou que não pretende pedir demissão.



VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Farelos Jurídicos preparou para você

LEIA TAMBÉM: Ganchos e Libertadores podem fazer Palmeiras voltar a dividir times

LEIA TAMBÉM: Convocado por Tite, Weverton briga para ser dono de recorde no Palmeiras

LEIA TAMBÉM: Torcedores do Bahia se unem e vão à Justiça contra Palmeiras e Allianz Parque por tela no setor visitante



2151 visitas - Fonte: Globo Esporte

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias