São Paulo veta sala de coletiva citando reciprocidade; Palmeiras contesta alegação.

4/3/2024 00:02

São Paulo veta sala de coletiva citando reciprocidade; Palmeiras contesta alegação.

Abel Ferreira não realiza coletiva após jogo com São Paulo devido a restrições impostas pelo adversário.

São Paulo veta sala de coletiva citando reciprocidade; Palmeiras contesta alegação.

O técnico Abel Ferreira não concedeu entrevista coletiva após o empate do Palmeiras por 1 a 1 contra o São Paulo, no Morumbis, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista. A decisão se deu após o Tricolor barrar a sala de coletiva do estádio para o treinador falar. Ao clube não foi oferecido nenhum espaço alternativo. Por isso, o Palmeiras optou por não realizar a entrevista do treinador. Os jogadores também não falaram na zona mista. O São Paulo alega que "por reciprocidade" disponibilizou a zona mista do local para a realização das entrevistas do Palmeiras.

O Palmeiras, porém, argumenta que a "reciprocidade" dita pelo rival não se sustenta, já que, apesar da estrutura, um espaço é oferecido aos visitantes para realização da entrevista pós-jogo. O clube informou que relatou "o ato de hostilidade à Federação Paulista de Futebol" e aguarda que as providências sejam tomadas. Na zona mista, pouco depois do apito final, o presidente Júlio Casares fez duras críticas ao técnico Abel Ferreira e sua comissão. "Chega de o Abel apitar jogo no Paulistão", protestou o mandatário, referindo-se às cobranças do português à arbitragem.

Fomos informados pelo São Paulo, somente após o jogo deste domingo, que não haveria sala para a realização da entrevista do técnico Abel Ferreira - o backdrop com os patrocinadores do clube já estava, inclusive, instalado na sala de coletivas do Morumbi.

Confira o comunicado do Palmeiras: "Fomos informados pelo São Paulo, somente após o jogo deste domingo, que não haveria sala para a realização da entrevista do técnico Abel Ferreira - o backdrop com os patrocinadores do clube já estava, inclusive, instalado na sala de coletivas do Morumbi. Como o mandante não nos ofereceu nenhuma alternativa (nem mesmo a área da zona mista), a coletiva do treinador teve de ser cancelada. O argumento usado pelo São Paulo ('reciprocidade') não condiz com a verdade, já que o Palmeiras, quando mandante, sempre oferece um espaço para a entrevista do treinador adversário. Relatamos o ato de hostilidade à Federação Paulista de Futebol e esperamos que providências sejam tomadas".



VEJA TAMBÉM
- QUATRO ALVIVERDES NA SELEÇÃO! Palmeiras e Santos dominam as premiações do Paulistão
- TODOS OS CAMPEÕES! Confira a lista dos vencedores do Campeonato Paulista, após título do Verdão
- Santos demonstra interesse na contratação de Breno Lopes do Palmeiras





2238 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

publicidade
publicidade

Libertadores

Qui - 21:00 - Allianz Parque -
X
Palmeiras
Liverpool Montevideo

Paulista

Dom - 18:00 - Allianz Parque
2 X 0
Palmeiras
Santos