Expectativa aumenta sobre joias do Palmeiras após virada na Libertadores.

12/4/2024 05:24

Expectativa aumenta sobre joias do Palmeiras após virada na Libertadores.

jovens revelações brilham em vitória importante do Palmeiras na Libertadores.

Expectativa aumenta sobre joias do Palmeiras após virada na Libertadores.

Por Victória Romanelli O Palmeiras tomou um susto, mas fez bem a lição de casa e venceu o Liverpool-URU, por 3 a 1, no Allianz Parque, de virada, pela segunda rodada da Copa Libertadores. O duelo contou, especialmente, com boas atuações de duas joias da base do Verdão: Luis Guilherme e Estêvão. Para a partida, Abel Ferreira abriu mão do esquema com três zagueiros, assim como já havia feito contra o Santos, na decisão do Paulista e surpreendeu ao escalar no time titular os dois garotos da base: Luis Guilherme e Estêvão. Precisando poupar alguns de seus atletas para evitar maiores desgastes, o treinador viu como uma oportunidade para dar chance às Crias da Academia.

De "ressaca" após a conquista do tricampeonato paulista no último domingo, o Palmeiras entrou em campo desligado, cometeu erros bobos e também teve certo azar. Na primeira finalização do jogo, o Liverpool-URU abriu o placar. Weverton espalmou para dentro da própria área uma cobrança nem tão próxima da área assim e Jean Rosso não perdoou. O time de Abel Ferreira parecia nervoso, errou passes e tomou decisões erradas. Próximo do fim do primeiro tempo, o Palmeiras, empurrado pela torcida que entoava (de novo) os cantos de "o Palmeiras é o time da virada", conseguiu deixar tudo igual nos acréscimos.

Veiga cobrou escanteio na medida e Aníbal Moreno, decisivo, novamente, cabeceou para o gol, empatando a partida. Mesmo enquanto esteve atrás no placar, os jovens Estêvão e Luis Guilherme pareciam não sentir a pressão e funcionaram bem na frente, atormentando a defesa do Liverpool-URU. Apesar de estar bem no jogo, Luis foi sacado no intervalo e deu lugar a Rony. O time, aliás, voltou com outra postura para o segundo tempo e fez o segundo gol aos 12 minutos.

Raphael Veiga levantou a bola na área e Flaco López apenas escorou para o fundo do gol. A virada chegou, mas não estava suficiente para o time do Palmeiras, que seguiu pressionando o adversário atrás de mais um tento. Estêvão não deu paz até marcar o dele. O jogador teve duas boas chegadas em chutes cruzados, que acabaram defendidos pelo goleiro adversário. O camisa 41 finalmente deixou o dele aos 20 minutos também aproveitando um cruzamento de Veiga.

Luis Guilherme, Estêvão e Endrick não puderam reeditar um trio formando na base do clube, pelo menos na noite desta quinta-feira. Estêvão deixou o gramado logo após balançar a rede, dando lugar a Mayke, enquanto Endrick entrou em campo apenas aos 42 minutos. Os três não terão tanto tempo juntos, já que o camisa 9, em julho, se junta ao elenco do Real Madrid. O torcedor, porém, parece reviver o surgimento de Endrick. Às vésperas da despedida do jogador, outros dois parecem prontos para despontar. As coisas, no entanto, não devem acontecer tão depressa. O processo feito com Endrick deve ser repetido com os demais, e Abel Ferreira deve seguir dosando o uso de ambos. Mas, boas atuações em noite de Libertadores amentam as expectativas em cima dos dois jovens.







813 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

publicidade

Libertadores

Qui - 19:00 - Allianz Parque -
X
Palmeiras
San Lorenzo

Copa do Brasil

Qui - 19:00 - Santa Cruz
0 X 0
Botafogo Sp
Palmeiras