Da Luan a John Kennedy: Heróis da Libertadores em Transformação

24/4/2024 05:25

Da Luan a John Kennedy: Heróis da Libertadores em Transformação

Da Luan a John Kennedy: Heróis da Libertadores em Transformação

Herói do Fluminense na CONMEBOL Libertadores 2023, marcando o gol do título sobre o Boca Juniors, John Kennedy foi afastado pelo Fluminense na última terça-feira (23) com mais três atletas por ato de indisciplina antes do clássico contra o Vasco. E o atacante entra para uma lista recente de protagonistas brasileiros em decisões que se envolveram em polêmicas. Luan, grande nome do Grêmio em 2017, Gabigol, autor dos gols dos títulos do Flamengo em 2019 e 2022, Breno Lopes, que deu o troféu ao Palmeiras sobre o Santos em 2020, e Deyverson, que deu o tricampeonato ao alviverde em 2021, são os outros nomes que fizeram a alegria de milhões de torcedores, mas foram do estrelato à lista de problemas extracampo. E o ESPN.com.br relata cada um ao fã do esporte.

Luan, Grêmio, 2017: Em 2018, após brilhar na conquista da Libertadores pelo Grêmio, em 2017, Luan foi eleito em votação do jornal 'El Pais' como o Rei da América. Ainda em Porto Alegre, conviveu com críticas sobre a vida das quatro linhas e, com a queda de rendimento, decidiu trocar de ares. Desde que deixou o Imortal, a carreira do atacante tem sido marcada por poucos jogos e muitas polêmicas. No Corinthians, Luan conviveu com lesões, apenas nove gols em 75 jogos e uma forte cobrança da torcida. O atacante chegou a ser agredido por torcedores do Timão em um motel da Zona Oeste de São Paulo. Em seguida, foi emprestado pelo Santos, onde realizou apenas oito jogos. Em seguida, novos destinos e poucas partidas: cinco por Grêmio e seis pelo Vitória, clube que foi recém-dispensado.

Gabigol, Flamengo, 2019 e 2022: Em 2019, dois gols na épica virada sobre o River Plate. Em 2022, gol que deu mais uma Glória Eterna ao Flamengo, dessa vez triunfo sobre o Athletico-PR. Gabigol está, de fato, na história e na memória do torcedor do Flamengo. Porém, há menos de um mês, está imerso em uma polêmica que o afastou dos gramados. Em dezembro de 2023, Gabigol foi denunciado pelo TJD-AD (Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem) por tentativa de fraude de exame antidoping, que teria ocorrido em 8 de abril do ano passado. O centroavante foi acusado de dificultar a realização do exame. No dia 25 de março, o atacante foi suspenso por dois anos pelo TJD-AD (Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem). O atleta entrará com recurso na CAS (Corte Arbitral do Esporte) para tentar reverter o gancho.

Breno Lopes, Palmeiras, 2020: Autor do gol do título do Palmeiras em 2020 sobre o Santos, Breno Lopes já deixou o Alviverde. Mesmo com o gol que valeu o troféu tão cobiçado, o atacante jamais conseguiu decolar na equipe de Abel Ferreira, sendo negociado na atual temporada com o Fortaleza. Em 2023, quando o Palmeiras não vivia sua melhor fase, o jogador, criticado pela torcida, marcou o gol da vitória contra o Goiás nos acréscimos e, na sequência, direcionou o dedo do meio de cada mão para o torcedor. Três dias depois à vitória, Breno Lopes compareceu à sede de uma das principais organizadas do Palmeiras e se desculpou pelo gesto. "Vim aqui na quadra da Mancha Verde me desculpar com todos vocês que se sentiram ofendidos pelo meu gesto no último jogo contra o Goiás. Sempre defendi e honrei as cores do Palmeiras, nunca me achei superior à entidade, então quero pedir meu sincero perdão a vocês", iniciou o jogador.

Deyverson, Palmeiras, 2021: Andreas Pereira escorrega, Deyverson fica com a bola, sai cara a cara com Diego Alves e entra para a história. A imagem do gol do título em 2021, que valeu o tricampeonato da Libertadores ao Palmeiras, ainda segue viva na mente de todo torcedor palmeirense. No entanto, o herói alviverde foi do momento de glória ao afastamento no Cuiabá. Aos 32 anos, o atacante chegou ao Dourado e logo caiu nas graças da torcida, se tornando importante com gols dentro de campo e irreverente fora dele, com entrevistas que viralizam. Porém, em 2024, a realidade é outra: Deyverson está afastado. No dia 19 de abril, conforme informou a assessoria do clube do Centro-Oeste, o artilheiro estava afastado por 'motivos disciplinares'. Em nota, o presidente do Dourado, Cristiano Dresch, confirmou o afastamento de Deyverson e disse que a equipe precisa de atletas "comprometidos". "Nesse momento, precisamos de jogadores comprometidos com o clube, independente de estarem participando ou não efetivamente dos jogos", afirmou.







792 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

publicidade

Copa do Brasil

Qui - 19:00 - Santa Cruz -
X
Botafogo Sp
Palmeiras

Libertadores

Qua - 21:30 - Allianz Parque
2 X 1
Palmeiras
Independiente Del Valle