23/4/2014 12:45

Gaciba: árbitros devem "punir mais" para fazer a bola rolar no Brasileirão

Comentarista de arbitragem diz que jogadores também são culpados pelo baixo excesso de paralisação, mas aposta em "artifícios" da autoridade

Árbitros precisam punir times que retardam o jogo,

diz Gaciba (Foto: Pedro Martins / Agência Estado)




Após a primeira rodada do Campeonato Brasileiro chegar ao fim com uma média de 54 minutos de bola rolando, abaixo do ideal recomendado pela Fifa, o alerta foi ligado em relação à qualidade do espetáculo que tem sido apresentado nos estádios do país.



Na opinião do comentarista de arbitragem Leonardo Gaciba, os árbitros não podem ser responsabilizados pelo tempo excessivo de paralisação das partidas. Segundo o especialista, no entanto, a autoridade em campo possui artifícios para valorizar o duelo e punir equipes que se utilizam do excesso de falta como estratégia para retardar o jogo.



- O árbitro é um coadjuvante. Quando os jogadores não querem jogar, fica muito difícil. Vimos isso no jogo da Champions (Atlético de Madri 0 x 0 Chelsea), em que o árbitro ficou assustado com o que viu e, por filosofia, deu nove minutos de extra (no total). O árbitro pode ter atitudes proativas.



Ele tem que começar a punir desde o início, fazendo uma arbitragem preventiva. Dar um amarelo a um goleiro que retardar. Tem artimanhas, dentro da regra, para preservar. Fair play também faz parte disso, não é só devolver a bola.



O que me preocupa é quando todos os jogos têm esse padrão. Uma das partes da lei do jogo diz que, quando uma equipe insiste em fazer falta, ela tem que ser punida com o amarelo, e os árbitros brasileiros não percebem como um todo. Tem que coibir mais para ajudar esse tempo de bola em jogo - disse.



A Fifa recomenda que 60 minutos é o tempo mínimo aceitável de bola rolando para uma partida de futebol, sendo 70 minutos o ideal. Na rodada inicial do Brasileirão, nenhum dos dez jogos alcançou a recomendação.



Para Gaciba, a média de 1,6 gol por jogo da jornada ficou bastante abaixo da média do torneio em 2013, que registrou 2,5 tentos por partida.



- A culpa é do sistema como um todo. É como descobrir quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha, pois não existe inocente, todos são culpados. Acho que esse levantamento mostra o espetáculo que está sendo mostrado ao público.



Não podemos ter essa média baixíssima em uma rodada inteira. Nenhum dos jogos teve uma hora de espetáculo para um torcedor que paga 90 minutos com acréscimos.



O futebol brasileiro como um todo. Média foi de 34,5 faltas por jogo, que é muito alta. Chegamos a ter 52 faltas em um jogo (Chapecoense 0 a 0 Coritiba). Tivemos três empates em 0 a 0 nesta primeira rodada, o que nunca tinha acontecido nos pontos corridos - disse.



VEJA TAMBÉM
- Empresário diz que valor de Danilo aumentou após convocação para a Seleção
- Palmeiras pode igualar seu melhor início na história da Libertadores
- Endrick e Palmeiras chegam a um acordo e joia vai assinar o seu primeiro contrato profissional com o Verdão

LEIA TAMBÉM: Barcelona observará joia Endrick em torneio na França


E MAIS: No Brasileirão, Palmeiras vai buscar título inédito na era Abel Ferreira

E MAIS: Comissão técnica do Palmeiras pediu a manutenção de jovens da base













3792 visitas - Fonte: GE

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Sáb - 16:30 - Allianz Parque - Premiere
Palmeiras
Bragantino

Último jogo - Copa do Brasil

Sáb - 21:00 - Arena Barueri
Palmeiras
2 1
Juazeiro
Untitled Document
Classificação
1 Atletico-MG
2 Flamengo
3 Palmeiras
4 Fortaleza EC
5 Corinthians
6 RB Bragantino
7 Fluminense
8 America Mineiro
9 Atletico Goianiense
10 Santos
11 Ceará
12 Internacional
13 São Paulo
14 Atletico Paranaense
15 Cuiaba
16 Juventude
17 Grêmio
18 Bahia
19 Sport Recife
20 Chapecoense-sc
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
84 38 26 6 6 67 34 33 EVVVD
71 38 21 8 9 69 36 33 EVEDD
66 38 20 6 12 58 43 15 DEVEV
58 38 17 7 14 44 45 -1 VDVDV
57 38 15 12 11 40 36 4 VDVED
56 38 14 14 10 55 46 9 DEDDV
54 38 15 9 14 38 38 0 VVDDV
53 38 13 14 11 41 37 4 DEVEV
53 38 13 14 11 33 36 -3 EVVVV
50 38 12 14 12 35 40 -5 DVEVE
50 38 11 17 10 39 38 1 EVDED
48 38 12 12 14 44 42 2 DDEDD
48 38 11 15 12 31 39 -8 EVDVD
47 38 13 8 17 41 45 -4 EDVEE
47 38 10 17 11 34 37 -3 EDDVE
46 38 11 13 14 36 44 -8 EVDDV
43 38 12 7 19 44 51 -7 EDVEV
43 38 11 10 17 42 51 -9 VDDVD
38 38 9 11 18 24 37 -13 VDEVE
15 38 1 12 25 27 67 -40 DDDDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Ituano
3 Botafogo SP B
4 Mirassol
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
30 12 9 3 0 17 3 14 VVVVE
19 12 5 4 3 19 12 7 DVEVE
18 12 5 3 4 10 12 -2 EVDVD
17 12 4 5 3 17 17 0 VEEDD
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Defensa Y Justicia
3 Independiente Del Valle
4 Universitario
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD