Depois de 17 Copas, Seleção não terá jogadores de times paulistas

8/5/2014 07:37

Depois de 17 Copas, Seleção não terá jogadores de times paulistas

Felipão convoca apenas quatro que atuam no país, e clubes de São Paulo ficam sem representante na Seleção pela primeira vez na era do futebol profissional

Depois de 17 Copas, Seleção não terá jogadores de times paulistas

Depois de 17 Copas, São Paulo não terá representantes na Seleção (Foto: Info globoesporte.com)



Os torcedores dos clubes paulistas que quiserem acompanhar seus jogadores na Copa do Mundo, terão de assistir a jogos do Uruguai ou do Chile. Luiz Felipe Scolari anunciou na quarta-feira sua lista de 23 convocados para o Mundial e não chamou nenhum atleta que atua em São Paulo.



Um fiasco para o futebol mais rico do país. Um fato inédito desde 1934, quando discussões sobre a transição do amadorismo para o profissionalismo impediram a presença paulista no Mundial da Itália. Fred, do Fluminense, Victor e Jô, do Atlético-MG, e Jefferson, do Botafogo, foram os únicos jogadores convocados que atuam em território nacional.



Diversos atletas de equipes paulistas chegaram a ser testados por Felipão. Luis Fabiano, Osvaldo e Pato, todos do São Paulo, Jadson, Ralf e o goleiro Matheus Vidotto, hoje no Corinthians, Arouca e Leandro Damião, do Santos, e o palmeirense Leandro. Todos ficaram pelo caminho.



A confirmação da Seleção sem esses jogadores comprova o mau momento do futebol no estado, que, pela primeira vez em 15 anos, ficou sem um clube na Libertadores. Por outro lado, neste início de Campeonato Brasileiro, o Corinthians lidera.



Ironicamente, ao lado de Felipão no anúncio da lista, estava Marco Polo Del Nero, presidente da Federação Paulista de Futebol. Ele deixará o cargo em janeiro de 2015 e, a partir de abril, assumirá a CBF em substituição a José Maria Marin.



Como forma de consolo, Palmeiras, Santos e São Paulo deverão ceder atletas a outras seleções nos próximos dias. O palmeirense Valdivia e o santista Mena são frequentemente convocados por Jorge Sampaoli no Chile, enquanto o são-paulino Alvaro Pereira disputará sua segunda Copa do Mundo pelo Uruguai. Eguren e Victorino, do Verdão, também são cotados para defender a Celeste.



A presença de paulistas sempre foi habitual, mas o declínio já havia sido indicado em 2010, quando apenas Robinho, em passagem relâmpago pelo Santos, esteve na África do Sul.



O atacante era um dos destaques da seleção brasileira comandada pelo técnico Dunga.



Não foi a primeira vez que só um atleta do estado vestiu a amarelinha num Mundial. Em 1998 e 1990, Zé Carlos e Ricardo Rocha, ambos do São Paulo, foram convocados. No último título nacional, o penta em 2002, havia cinco jogadores do estado. O principal destaque foi o goleiro palmeirense Marcos.



Mais antigamente, São Paulo chegou a ser o grande fornecedor da Seleção. O recorde de convocações ocorreu no bi mundial, em 1962. Foram 14 paulistas, com destaque para os santistas Gilmar, Mauro, Mengálvio, Zito, Coutinho, Pepe e Pelé.



As vagas não se restringiram aos quatro grandes. Portuguesa, Ponte Preta, Guarani e até a Portuguesa santista, com o meio-campo Argemiro, em 1938, foram fonte de mão-de-obra.



Nos dois primeiros Mundiais, a ausência de paulistas se deu por motivos políticos. Em 1930, Rio de Janeiro e São Paulo se viam envolvidos em disputas de poder econômico.



O cenário era o pano de fundo para o desentendimento entre a CBD (Confederação Brasileira de Desportos), que comandava o futebol no Brasil e não convidou para integrar a comissão técnica na Copa do Uruguai nenhum membro da Apea (Associação Paulista de Esportes Atléticos).



Em represália, a Associação vetou a participação de jogadores do estado. Os cariocas formaram toda a seleção brasileira. Quatro anos depois, na Copa da Itália, o futebol já estava se profissionalizando em São Paulo, prática condenável pela CBD. Em nova briga, mais uma vez a equipe viajou muito desfalcada e não durou mais do que uma partida.



VEJA TAMBÉM
- Palmeiras desembarca em Quito com elenco quase completo para partida decisiva.
- Luan elogia desempenho no Palmeiras e ignora "reformulação" no clube
- Romulo busca espaço no Palmeiras durante período de adaptação no clube.





12918 visitas - Fonte: GE

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

publicidade
publicidade

Brasileiro

Qua - 20:00 - Arena Barueri -
X
Palmeiras
Internacional

Brasileiro

Dom - 18:30 - Manoel Barradas
0 X 1
Vitoria
Palmeiras