30/7/2021 12:50

Opinião: Borja volta humilde e quer ficar no Palmeiras

O colombiano percebeu o quanto errou na sua primeira passagem no clube. A diretoria quer vendê-lo. Ele quer ficar. O técnico Abel Ferreira será fundamental na decisão. Torcida o aceita de volta

Ele não esperava a recepção que teve.



Com jogadores brincando, o abraçando, felizes por sua volta.

Dirigentes também felizes.

As redes oficiais do clube dando espaço para suas opiniões, mostrando cenas da felicidade explícita dos companheiros.


Torcedores, em enquetes, pedindo nova chance.

E o técnico Abel Ferreira disposto a aceitá-lo no elenco.

Todo esse cenário mexeu com Borja. Depois de três temporadas sem se entregar, encarando o clube brasileiro como mero trampolim para voltar à Europa, sem envolvimento de alma, o colombiano parece ter entendido o tempo que perdeu.


Fechado em si mesmo, desabafando suas frustrações com o venezuelano Guerra, que foi contratado por sua causa. Para ser o meia que o garantiria como artilheiro. Afinal, a dupla havia dado muito certo no Atlético Nacional, campeão da Libertadores, em 2016.

Os dois se tornaram grandes decepções. Guerra foi parar no Delfines del Leste, equipe da República Dominicana. E Borja, depois de três temporadas, não agradar Eduardo Baptista, Cuca, Felipão e Mano Menezes, a diretoria se cansou das queixas dos treinadores.


Fla encontrou no rival Atlético, um aliado. Público no Mineirão
Apesar Roger Machado gostou do seu futebol, mas uma artroscopia no joelho direito acabou com a convivência. Porque na volta, recuperado, o atacante não encontrou mais o treinador, demitido.

A principal reclamação dos técnicos foi a falta de envolvimento com o clube. E ela fazia aflorar o pior no seu futebol. A falta de habilidade, por ter atuado muito pouco na base. A falta de verdadeira intimidade, cumplicidade com os companheiros de time.

As reclamações, o estrelismo ao ser substituído ou não começar uma partida.

Somado a tudo isso, a declaração de amor ao Junior Barranquilla, onde foi jogar por empréstimo. Mas não foi comprado.


Tudo pesou para que a diretoria do Palmeiras tivesse muitas restrições a Borja.

O presidente Mauricio Galiotte encarregou o gerente Anderson Barros de encontrar um clube interessado. O atacante tem contrato com o Palmeiras até o final de 2022.

Aos 28 anos, Borja sabe que está em um elenco fortíssimo. Com treinador e com jogadores que o aceitam. Situação que não enxergava desde que chegou ao Palmeiras.

Ele sabe que o clube gastou R$ 70 milhões com o Atlético Nacional.

É a contratação mais cara da história palmeirense.

E precisa dar retorno. Ou dentro do campo ou sendo vendido.

Só que desta vez, ele quer ficar.

Fez 109 jogos pelo Palmeiras e 35 gols. Marcou 11 deles na Libertadores.

Nas 59 partidas pelo Junior Barranquila, marcou também 35 gols. Se tornou jogador da Seleção Colombiana. Ficou um ano e meio no seu país. Seis meses parado, por conta da pandemia.



Ele acreditou que seria rejeitado, colocado para treinar separado no seu retorno obrigatório ao Palmeiras. Só que Abel Ferreira não quis essa situação. O técnico português quer perceber o quanto Borja quer ficar.

O atacante está mesmo mudado, humilde.

"Sinto que melhorei muitas coisas. Quando cheguei ao Brasil, tinha 23 anos, agora estou um pouco mais maduro e feliz de estar de novo aqui no Palmeiras."

A situação pode ser revertida.

Abel Ferreira já tem o atacante de lado do campo, experiente, habilidoso, que desejava. Dudu voltou ao clube.

E ele insistia em um artilheiro.

Borja está à disposição.

Desta vez focado no Palmeiras.

Querendo ficar.

Pelo menos no próximo ano e meio.

A diretoria estuda o que fazer.

E Abel Ferreira seguirá observando Borja.

Para inscrevê-lo ou não nas quartas da Libertadores.








Palmeiras, Borja, Mercado



LEIA TAMBÉM: Palmeiras tem reunião e define metas para ser campeão brasileiro

E MAIS: Endrick marca em vitória, e Palmeiras e vira líder do Brasileirão Sub-20




1311 visitas - Fonte: R7.com

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Moises Bilby     

E isso ai tem que ter o cara pra dar o passe pro borja e quem pode fazer isso e o scarpa ze rafael ou felipe melo que tem bom passe .Era pra ser o lucas lesma mais ele se queimou

Wagner Sante     

Acho q agora ele volta com mais vontade de jogar.

Vítor De Folco     

Nao deve ser vendido precisa ficar no time .É GOLEADOR NATO.

Borja vai fazer muitos gols pelo verdáo aonde

Sou contra a volta só pq durante a copa América antes do contrato dele acabar deu entrevista e quando perguntado sobre qual seria a sua preferencia onde jogar o segundo semestre ele disse que queria continuar na Colombia pq achava que o clube de coração dele iria fazer um esforço e compra-lo, agora que ficou sem esta muito feliz e voltar. Não confio em pessoas assim por mim se achar proposta deixa ir.

Carlos Santos     

O estilo de Borja é diferente do Luis Adriano e do Deyverson, Borja é um centroavante que não fica fixo na area, Borja é como se fosse uma flecha, tem que ter o arco que faça os lançamentos, no caso um bom armador que faça lançamentos na diagonal que é a especialidade do Miguel Borja, nesse quesito ele é imbatível.

Centro avante não tem que se matar de correr, tem que poupar energias para, numa arrancada fazer gols. Vendo os números, o Borja é um goleador. Na mão do Abel, fará muitos gols... Avante Palestra !!!

Altair Ferreira     

Centravante e pra ficar na area esparando os cruzamentos quem deve correr sao os laterais os pontas

Luciano Casanova     

Horrivel esse jogador nao corre

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Libertadores

Ter - 21:30 - Allianz Parque - SBT
Palmeiras
Atlético MG

Último jogo - Brasileiro

Sáb - 17:00 - Arena Condá
Chapecoense
0 2
Palmeiras
Untitled Document
Classificação
1 Atletico-MG
2 Palmeiras
3 Flamengo
4 Fortaleza EC
5 RB Bragantino
6 Internacional
7 Corinthians
8 Fluminense
9 Atletico Paranaense
10 Cuiaba
11 Atletico Goianiense
12 São Paulo
13 Ceará
14 Santos
15 Bahia
16 Juventude
17 America Mineiro
18 Grêmio
19 Sport Recife
20 Chapecoense-sc
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
45 20 14 3 3 32 13 19 VEEVV
38 20 12 2 6 32 23 9 DDVDV
34 17 11 1 5 35 17 18 DVEVV
33 21 9 6 6 29 23 6 EEDDD
33 20 8 9 3 31 22 9 DVEDE
29 20 7 8 5 24 22 2 VEEVV
29 20 7 8 5 19 17 2 VVVEE
28 20 7 7 6 20 21 -1 EVEVV
27 20 8 3 9 25 24 1 DDEDV
27 20 6 9 5 21 20 1 DVEVV
26 20 6 8 6 17 20 -3 VEEED
25 20 6 7 7 18 23 -5 VVEDV
25 20 5 10 5 19 21 -2 DEDDE
24 21 5 9 7 20 25 -5 EDDEE
23 21 6 5 10 25 33 -8 DDVEE
23 21 5 8 8 18 25 -7 EEEDD
21 19 5 6 8 17 22 -5 VEDVV
19 18 5 4 9 14 18 -4 DVVDV
17 21 3 8 10 8 18 -10 DEEDD
10 21 1 7 13 17 34 -17 EEDVD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Bragantino
2 Palmeiras
3 Novorizontino
4 Ituano
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
23 12 6 5 1 15 7 8 VVEEE
21 12 6 3 3 18 10 8 DDVVV
19 12 5 4 3 17 12 5 VEDED
13 12 4 1 7 10 14 -4 DVVDD
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Defensa Y Justicia
3 Independiente Del Valle
4 Universitario
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD