8/10/2021 12:01

Sob pressão e críticas, Abel tem primeiro contato com torcida do Palmeiras

O Palmeiras anunciou a contratação de Abel Ferreira em 30 de outubro do ano passado. Apesar de ter deixado claro em sua primeira entrevista no clube que chegava ao Brasil para ganhar títulos, nem ele mesmo esperava que tudo acontecesse tão rápido. Pouco mais de quatro meses depois de ter chegado a São Paulo, já tinha cravado seu nome na história do Alviverde ao comandar o time nas conquistas da Libertadores e da Copa do Brasil.







Quase um ano após ser contratado, Abel terá, enfim, seu primeiro contato com a torcida no Allianz Parque, sábado (9), diante do Reb Bull Bragantino. Embora esteja na final da Libertadores pelo segundo ano seguido, é fato que o encontro entre técnico e fãs pela primeira vez no estádio terá um sabor agridoce.





Ao mesmo tempo em que empilha vitórias e recordes na Libertadores e ocupa a terceira colocação no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras vive uma instabilidade no certame nacional.





O retrospecto recente no Brasileirão tem aproveitamento de equipes que lutam para não serem rebaixadas. Nos últimos dez jogos pelo torneio, apenas duas vitórias, diante de Chapecoense e Athletico-PR. Também empatou com Juventude e São Paulo. Mas perdeu para Fortaleza, Atlético-MG, Cuiabá, Flamengo, Corinthians e América-MG. Assim, de 30 pontos disputados, a equipe de Abel Ferreira somou apenas oito, aproveitamento de 26,6%.





"O jogo se divide em dois momentos, com bola e sem bola. Com bola, temos que ser Palmeiras, assumir e jogar, não se esconder do jogo. E nisso temos que melhorar muito", lamentou Abel Ferreira, após a derrota para o América-MG, de virada, na última quarta-feira (6).





As razões para o time ter despencado na tabela — fazendo com que o time entregasse a liderança para o Atlético-MG, vendo o Galo abrir uma vantagem de 11 pontos e perdendo inclusive a vice-liderança no saldo de gols para o Flamengo —, passam pelo momento de fragilidade da defesa, e queda de eficiência no ataque.





Em 23 jogos no Brasileiro até aqui, o Palmeiras sofreu 28 gols, sendo que 16 deles foram nas últimas dez partidas. O time marcou 35 tentos no torneio, mas o desempenho nos dez confrontos mais recentes no Brasileirão evidenciam a dificuldade que a equipe de Abel enfrenta para furar as defesas adversárias, com apenas dez bolas nas redes.





"O Palmeiras não se resume só a transição. O treinador pede que coloquem a qualidade a serviço da equipe, que se arrisquem, que se mostrem para jogar. O América fez o que nós devíamos fazer com bola, fazer o que o Ademir fez, levar para o um contra um, assumir. Mas não tivemos capacidade de impor nosso jogo com bola, e temos qualidade para isso", pediu Abel.





Além de precisar resolver os problemas do time na preparação para a final da Libertadores, em 27 de novembro, e também visando a recuperação no certame nacional, Palmeiras e Abel ainda lidam com a incerteza sobre o futuro. O título da Libertadores sela a permanência do português no clube. Leila Pereira, que será empossada presidente nas eleições — ela não terá adversários pelo cargo —, já disse que deseja manter o português no cargo. Só que derrota para o Flamengo, principal rival palmeirense pelos títulos nos últimos anos, pode significar o fim da passagem dele pelo Brasil.





O português, porém, já demonstrou que não sabe lidar bem com questionamentos. Após o apito final diante do Atlético-MG, que carimbou a presença alviverde na final da Libertadores, Abel desabafou contra o "vizinho", personagem imaginário que serviu para que o treinador reagisse às críticas que recebe, e que ele considera injustas.







Aí então há mais um ponto sensível. É fato que Abel é idolatrado pela maioria dos torcedores, gratos pelos títulos conquistados. E os 30% que vão ocupar as cadeiras do Allianz Parque, amanhã (9), contra o Red Bull Bragantino, deverão apoiar o time ao invés de criticar. Mas o histórico de cobranças da torcida do Palmeiras mostra que nem mesmo os maiores ídolos do clube escapam das críticas dos torcedores alviverdes.



#palmeiras #verdao #alviverde #abelferreira #torcida



LEIA TAMBÉM: Galatasaray prepara oferta para Felipe Melo encerrar carreira na Turquia



E MAIS: Com mais opções, Palmeiras trabalha por evolução defensiva até a Libertadores





E MAIS: Com Libertadores e venda de Viña, Palmeiras alcança superávit até agosto, veja os valores










1284 visitas - Fonte: Uol Esportes

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Francisco Totolo     

Até quando o Abel é culpado ? sera que se fosse o Guadiola faria esse time jogar ? ou sera preciso reforcary o time assim como fez o Flamengo o Atletico ou ate os gambás bem dispensa o Abel contata quem ? O Cebola continua sera que o os jogadores vão melhorar ? Nao tem como é apenas uma ma fase do time infelizmente aconteceu ! tem que dar rempo ao tempo nao se pode fazer nada tem que tentar treinaram mais os resultados podem aparecer pra mim o tecnico que foi campeao da Copa do Brasil e da libertadores e ja o finalista de outra libertadores nao se pode desprezar assim tao facil a torcida tem que esquecer esse ódio ninguém no Palmeiras ganhou tudo isso em tao pouco tempo de trabalho no Palmeiras melhorar ores i A

pés de ratos super bem pagos e ainda fazem corpo mole.

Roberto Tolin     

Já sabemos como vai ser né? Os idiotas caindo pra cima do Abel e defendendo os pés de rato que são os verdadeiros responsáveis por essa situação.

TALVES SEJA BOM PRO TIME ACORDAR .PALMEIRAS PERDE FORÇAS NO FINAI DE JOGO. BORA TORCER PRO TIME PORRA . E CANTAR GRITAR NOS SOMOS 12°JOGADOR . ALEGRUA ALEGRIA SOU PALMEIRAS ATE MORRER

Vamos ver se muda alguma coisa, como vergonha e jogam bola.

Vai ver sua batata assar amanhã....não conheces a mancha, a turma do amendoim...

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Seg - 21:30 - Allianz Parque - Premiere
Palmeiras
Sport

Último jogo - Brasileiro

Qua - 19:00 - Castelão
Ceará
1 2
Palmeiras
Untitled Document
Classificação
1 Atletico-MG
2 Flamengo
3 Palmeiras
4 Fortaleza EC
5 RB Bragantino
6 Corinthians
7 Internacional
8 Fluminense
9 Cuiaba
10 Atletico Paranaense
11 Atletico Goianiense
12 São Paulo
13 America Mineiro
14 Ceará
15 Santos
16 Bahia
17 Juventude
18 Sport Recife
19 Grêmio
20 Chapecoense-sc
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
56 26 17 5 4 42 19 23 VEVVD
46 24 14 4 6 46 21 25 VEVVE
46 27 14 4 9 40 33 7 DDEVV
45 27 13 6 8 35 30 5 DVDVV
42 26 10 12 4 42 31 11 EEVVE
40 27 10 10 7 28 24 4 EVDVD
39 26 10 9 7 34 27 7 DEVVD
36 26 9 9 8 25 27 -2 VDEDV
35 27 7 14 6 26 26 0 DEEVE
34 26 10 4 12 32 33 -1 DVDED
34 26 8 10 8 22 24 -2 VDEDV
34 27 7 13 7 22 26 -4 EEEEV
32 27 7 11 9 25 29 -4 VVEDE
31 26 6 13 7 25 29 -4 EDEED
29 26 6 11 9 23 32 -9 DEVDE
28 26 7 7 12 28 38 -10 DDVEE
28 27 6 10 11 27 36 -9 EDEDD
27 27 6 9 12 14 22 -8 VVVDE
26 25 7 5 13 23 30 -7 DEDDV
13 27 1 10 16 24 46 -22 EEDED
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Bragantino
2 Palmeiras
3 Novorizontino
4 Ituano
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
23 12 6 5 1 15 7 8 VVEEE
21 12 6 3 3 18 10 8 DDVVV
19 12 5 4 3 17 12 5 VEDED
13 12 4 1 7 10 14 -4 DVVDD
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Defensa Y Justicia
3 Independiente Del Valle
4 Universitario
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD