24/10/2021 09:25

Ex-Palmeiras sofre com dialetos, mas é ídolo no "Brasil da África"

Desde 2016, Ricardo Nascimento veste semanalmente camisas amarelas, calções azuis e mais brancas para jogar futebol. Quem o vê de longe com esse uniforme talvez até chegue a imaginar que ele está se preparando para uma partida da seleção brasileira.



Mas a seleção do zagueiro baiano de 34 anos, que já passou pelo Palmeiras, é outra. Ele disputa atualmente a sexta temporada pelo Mamelodi Sundowns, clube da África do Sul conhecido como "The Brazilians" (Os Brasileiros, em inglês) justamente pela vestimenta inspirada na equipe pentacampeã mundial.


"No começo, essa semelhança com o uniforme do Brasil me ajudou demais. Eu era o brasileiro do time brasileiro da África do Sul. Acho que até por isso fui muito bem acolhido por todos", disse o defensor, em entrevista por telefone ao "Blog do Rafael Reis".


Os Sundowns são o clube mais poderoso e vitorioso do futebol sul-africano. A equipe tem 14 títulos nacionais no currículo, oito só neste século, e venceu as quatro últimas temporadas da Premier Division, a primeira divisão do país.


A possibilidade de atuar em um clube de elite foi, aliás, o motivo pelo qual Ricardo Nascimento deixou de lado uma carreira na Europa para ser o único jogador brasileiro atuando profissionalmente na África do Sul.


O primeiro convite para trocar a Acadêmica, clube tradicional de Portugal, pelos Sundows veio em 2015 e foi recusado. No ano seguinte, com o time bem cotado para ganhar a Liga dos Campeões da África (o que acabou acontecendo) e disputar o Mundial de Clubes, o zagueiro brasileiro não resistiu.


"Eu tinha esse sonho de jogar o Mundial. Mas, a princípio, não queria me mudar para a África. Saí de férias e resolvi aproveitar para conhecer o clube. Acabei ficando, Foi a decisão mais correta da minha vida", afirmou o jogador, que participou de duas partidas do torneio da Fifa (derrotas para Kashima Antlers e Jeonbuk Hyundai).


E não há mesmo motivos para Ricardo Nascimento se arrepender dessa escolha. Já são mais de 140 partidas e oito títulos conquistados pelo Sundowns. O brasileiro tem tanto moral no seu clube que não é raro que ele use a braçadeira de capitão.


"Só não consigo me comunicar muito bem. Aqui, só falar inglês não resolve. São muitos dialetos", confessou.


O sucesso na terra que sediou a Copa do Mundo de 2010 fez o zagueiro até pensar em jogar pela seleção sul-africana. Ele está em processo de naturalização, mas admite que perdeu um pouco de vontade de defender os Bafana Bafana depois da saída do técnico Molefi Ntseki, em março.


"Já tive mais vontade [de defender a seleção]. Hoje, posso falar que virei torcedor e que estou na torcida para eles se classificarem para a próxima Copa. Mas é claro que, se aparecer a oportunidade, estou aqui para ajudar."


Outro desejo que ficou pelo caminho foi o de retornar ao Brasil, onde jogou pela última vez em 2012, no Olé Brasil, após passagens por Comercial de Ribeirão Preto e pelo time B do Palmeiras.



"Por causa da idade, acho que não volto mais. Em princípio, a ideia é aposentar por aqui, onde construí uma trajetória linda", completa Ricardo Nascimento.

#palmeiras #verdao #alviverde #ricardonascimento #expalmeiras



LEIA TAMBÉM: Sai ou fica? Abel não deu indício de que sairá e deixa Palmeiras seguro



E MAIS: [ANÁLISE] Palmeiras soma mais um ponto e garotos deixam boa impressão de olho em 2022



E MAIS: "Entrou o presepeiro", Deyverson diz que foi menosprezado por atleta do Fla









963 visitas - Fonte: Uol Esportes

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Qui - 21:30 - Allianz Parque - Premiere
Palmeiras
Ceará

Último jogo - Brasileiro

Seg - 19:00 - Arena da Baixada
Athletico-PR
0 0
Palmeiras
Untitled Document
Classificação
1 Atletico-MG
2 Flamengo
3 Palmeiras
4 Corinthians
5 Fortaleza EC
6 RB Bragantino
7 Fluminense
8 America Mineiro
9 Atletico Goianiense
10 Ceará
11 Santos
12 Internacional
13 São Paulo
14 Atletico Paranaense
15 Cuiaba
16 Bahia
17 Juventude
18 Grêmio
19 Sport Recife
20 Chapecoense-sc
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
84 37 26 6 5 64 30 34 VEVVV
71 37 21 8 8 69 34 35 VEVED
63 37 19 6 12 57 43 14 DDEVE
57 37 15 12 10 40 35 5 DVDVE
55 37 16 7 14 42 44 -2 DVDVD
53 37 13 14 10 54 46 8 VDEDD
51 37 14 9 14 35 38 -3 DVVDD
50 37 12 14 11 39 37 2 EDEVE
50 37 12 14 11 31 36 -5 EEVVV
50 37 11 17 9 39 37 2 VEVDE
49 37 12 13 12 34 39 -5 VDVEV
48 37 12 12 13 44 41 3 DDDED
48 37 11 15 11 31 37 -6 VEVDV
46 37 13 7 17 40 44 -4 DEDVE
46 37 10 16 11 33 36 -3 VEDDV
43 37 11 10 16 41 49 -8 EVDDV
43 37 10 13 14 35 44 -9 DEVDD
40 37 11 7 19 40 48 -8 VEDVE
37 37 9 10 18 23 36 -13 DVDEV
15 37 1 12 24 27 64 -37 DDDDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Bragantino
2 Palmeiras
3 Novorizontino
4 Ituano
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
23 12 6 5 1 15 7 8 VVEEE
21 12 6 3 3 18 10 8 DDVVV
19 12 5 4 3 17 12 5 VEDED
13 12 4 1 7 10 14 -4 DVVDD
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Defensa Y Justicia
3 Independiente Del Valle
4 Universitario
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD