13/4/2014 07:35

Paulista: Santos encara o Ituano e tenta reviver seus melhores dias para ser campeão

Derrota por 1 a 0 para o Ituano há uma semana, a equipe de Oswaldo de Oliveira promete outra postura no Pacaembu, já que precisa vencer para ser campeão

A palavra "agressividade" foi exaustivamente repetida pelos jogadores do Santos entre os dois jogos decisivos do Campeonato Paulista. Após perder por 1 a 0 para o Ituano há uma semana, a equipe comandada por Oswaldo de Oliveira passou a prometer adotar outra postura no estádio municipal a partir das 16 horas (de Brasília) deste domingo.

"O nosso time foi diferente. Todo o mundo viu isso. A própria torcida que estava lá, apoiando os nossos jogadores, percebeu. A gente deixou o Ituano jogar, e isso facilitou o estilo pegado deles", reconheceu o centroavante Leandro Damião, animado para reverter o tropeço com uma vitória por ao menos dois gols de diferença. "Com certeza, vamos brigar muito mais agora. Já analisamos os nossos erros", complementou o reforço de R$ 42 milhões.

Mesmo que ainda não tenha encantado os torcedores do Santos, Damião tem na final com o Ituano a oportunidade de se mostrar importante logo em seu primeiro torneio depois de deixar o Internacional. "Essa é a nossa expectativa", avisou Oswaldo, que quer o centroavante como referência de uma equipe que fez do meio-campista Cícero o melhor do Estadual e voltou a revelar novatos, como o atacante Geuvânio.

Para que a melhor campanha da primeira fase da competição tenha ainda mais valor, no entanto, o técnico do Santos é cauteloso para não se tornar uma nova vítima do Ituano. A equipe dirigida por Doriva já avançou em um grupo em que o Corinthians acabou eliminado, derrotou o São Paulo e desclassificou o Palmeiras nas semifinais.

"Sei que somos o time grande contra o de menor expressão. Mas, do outro lado, estão jogadores de qualidade, que já atuaram em grandes e clubes e estão fazendo um excelente trabalho", respeitou o zagueiro David Braz, embora confiante. "Se fizermos aquilo que mostramos no campeonato todo, com agressividade, temos tudo para vencer."

Oswaldo não quer apenas mudar a postura santista em relação ao primeiro duelo com o Ituano. O técnico também ensaiou a entrada do volante Alison no lugar do meia-atacante Gabriel, para dar a agressividade que faltou à marcação e para liberar Cícero para apoiar o setor ofensivo. A alteração foi aprovada pelos demais titulares.

"A gente precisa atacar sem deixar a zaga exposta. Podemos fazer isso dessa maneira. O Santos sempre jogou firme para vencer, e não será diferente agora. É decisão. É tudo ou nada", incentivou o volante Aoruca, presente nas últimas três conquistas estaduais do clube do litoral (em 2010, 2011 e 2012), que almeja a 21ª em sua história.

Mas a promoção de Alison não será a única novidade na escalação santista. O lateral direito Cicinho retomará a vaga ocupada por Bruno Peres após cumprir suspensão. Mena fará o mesmo com Emerson na esquerda, apesar de estar abalado pela morte do pai, Eugenio, e de ter perdido alguns treinamentos na semana.

Do outro lado, o Ituano provavelmente contará com a mesma formação que já superou o Santos no Pacaembu, mesmo com os segredos e cuidados de Doriva. Preocupado com a exposição na decisão estadual, o clube do interior chegou a impedir o acesso às suas atividades de veículos de imprensa que detalharam a configuração tática a ser utilizada na primeira final.

Campeão paulista em 2002, em um torneio que não contou com as presenças dos quatro grandes do Estado, o Ituano sabe que (diferentemente do Santos) não deve mudar de postura para surpreender. Afinal, foi com a agressividade ambicionada pelo seu oponente que o até então azarão formou a defesa menos vazada do torneio.

"Sabemos marcar bem e jogar. O time não é retranqueiro. Chegamos a colocar o Santos na roda. Mas podem falar o que quiserem, até de zebra, se formos campeões", bradou o goleiro Vágner, que levantará o troféu caso não seja vazado neste fim de semana. Uma derrota por um gol de diferença levará a definição do título para a disputa de pênaltis.

FICHA TÉCNICA

SANTOS X ITUANO

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 13 de abril de 2014, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Júnior e Danilo Ricardo Simon Manis (ambos de SP)

SANTOS: Aranha; Cicinho, Neto, David Braz e Mena; Alison, Arouca e Cícero; Geuvânio, Leandro Damião e Thiago Ribeiro
Técnico: Oswaldo de Oliveira

ITUANO: Vágner; Dick, Alemão, Anderson Salles e Dener; Josa, Paulinho, Jackson Caucaia e Cristian; Rafael Silva e Esquerdinha
Técnico: Doriva



VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Farelos Jurídicos preparou para você

LEIA TAMBÉM: Ganchos e Libertadores podem fazer Palmeiras voltar a dividir times

LEIA TAMBÉM: Convocado por Tite, Weverton briga para ser dono de recorde no Palmeiras

LEIA TAMBÉM: Torcedores do Bahia se unem e vão à Justiça contra Palmeiras e Allianz Parque por tela no setor visitante



2853 visitas - Fonte: IG Noticias

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias