11/3/2014 10:41

Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos não se cruzavam no torneio desde 2002. Primeiros jogos são nesta quarta-feira

Leandro Martins/Futura Press

Há 12 anos, em 2002, na última temporada antes da implantação dos pontos corridos no Campeonato Brasileiro, Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos entraram na Copa do Brasil encarando a competição como prioridade no seu calendário do primeiro semestre. Em 2014, a história de repete depois de uma temporada frustrada com a consequente ausência dos quatro grandes da Libertadores.

São Paulo e Palmeiras estreiam nesta quarta-feira contra CSA-AL e Vilhena-RO, respectivamente. Como visitantes, tentam eliminar a partida de volta com uma vitória por dois ou mais gols. O mesmo tentarão Corinthians e Santos. O time do Parque São Jorge estreia contra o Bahia de Feira de Santana no dia 19, e os santistas contra o Mixto-MT, em 2 de abril, em Cuiabá.

Em 2013, o primeiro ano desde 2004 em que os times que disputam a Libertadores também jogaram a Copa do Brasil, o São Paulo foi a ausência entre os grandes paulistas por ter sido obrigado a defender seu título da Copa Sul-Americana no segundo semestre. Corinthians e Palmeiras entraram nas oitavas de final por terem jogado a Libertadores e o Santos iniciou o torneio desde a primeira fase. Em 2014 estão todos juntos desde o começo. Um encontro entre eles só pode acontecer a partir das oitavas de final, quando os confrontos serão apontados por sorteio.

Palmeiras
Para tentar esquecer o fracasso do ano passado - quando foi eliminado pelo Atlético-PR já no primeiro mata-mata - o Palmeiras terá força máxima desde a estreia. O técnico Gilson Kleina poupou os titulares na última rodada do Paulistão para tê-los descansados para o primeiro duelo na competição nacional, às 19h30, em Vilhena.

"No ano passado, nós entramos já com o campeonato em andamento e pegamos adversários mais qualificados, era briga de cachorro grande. Este ano, nós vamos desde o início nas fases preliminares e a expectativa é boa. Hoje nós temos um grupo melhor, mais homogêneo, com mais qualidade e quantidade. Kleina não precisa improvisar, como era no ano passado", disse o goleiro Fernando Prass ao iG Esporte.

"O grupo está junto há um tempo, se qualificou e está com o mesmo treinador há dois anos. É claro que é uma competição muito difícil, porque são jogos eliminatórios, então um mau dia pode acarretar uma eliminação. Mas ao contrário também é verdade e você pode ficar a dois jogos do título", completou. Campeão em 2012, o Palmeiras busca o terceiro título de Copa do Brasil da sua história.




LEIA TAMBÉM:[ENQUETE] Você concorda com o cartão amarelo dado a Felipe Melo no clássico contra o Santos?

3000 visitas - Fonte: IG Noticias

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias