19/4/2017 20:59

Cofre cheio: Palmeiras é o líder em arrecadação com bilheteria em 2017

Nas nove vezes que atuou em casa, o Verdão faturou R$ 15,4 milhões. Na sequência aparece o Flamengo, com uma receita no valor de R$ 10,8 milhões

Palmeiras lidera a arrecadação na temporada 2017 graças aos bons públicos na sua Arena (Foto: Marcos Ribolli)

Se o São Paulo, mesmo com a campanha irregular que vem apresentando até o momento na temporada, ainda lidera a média de público do futebol brasileiro em 2017, com cerca de 32.500 espectadores por partida, no quesito renda quem está com motivos para sorrir é o Palmeiras. Afinal de contas, nenhum clube faturou mais que o atual campeão do Brasileiro. Na disputa pelos títulos da Taça Libertadores e do estadual, o Verdão já arrecadou R$ 15,4 milhões. Lembrando que nos dois levantamentos, o GloboEsporte.com leva em consideração os confrontos realizados como mandante pelas 60 equipes das Séries A, B e C da principal competição nacional.

Nas nove vezes que atuou em casa, o time comandado pelo técnico Eduardo Baptista teve renda bruta média de aproximadamente R$ 1,7 milhão por partida. O maior faturamento foi registrado no duelo contra o Peñarol (R$ 2,58 milhões), pelo torneio contimental, quando venceu por 3 a 2 no último minuto. Tal quantia é a terceira maior renda num único jogo em 2017, atrás apenas do Flamengo, que conseguiu R$ 3,6 milhões na goleada por 4 a 0 sobre o San Lorenzo e outros R$ 3,3 milhões, na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-PR, ambas pela mesma competição.

A segunda maior arrecadação do Palmeiras (R$ 2,56 milhões) também foi obtida na Libertadores, só que no difícil triunfo sobre o Jorge Wilstermann-BOL por 1 a 0. Na sequência aparece o clássico contra o São Paulo (R$ 2,3 milhões), pelo Paulistão. Na ocasião, o Verdão venceu por 3 a 0. Por outro lado, a sua pior receita (R$ 1,03 milhão) foi no jogo de volta contra o Novorizontino pelas quartas de final do estadual.

Depois do Palmeiras, o clube que mais ganhou dinheiro foi justamente o Rubro-Negro carioca. No total foram 11 partidas como mandante, o que gerou uma arrecadação de R$ 10,8 milhões. Além das partidas pela Libertadores citadas acima, vale destacar a renda (R$ 1,27 milhão) que conseguiu no empate por 2 a 2 com o Vasco pelo Carioca, em Brasília. O seu pior faturamento (R$ 27.440) foi no triunfo por 3 a 0 diante do Bangu, no Raulino de Oliveira, pelo estadual. Embora o preço médio do ingresso nos jogos do Fla (R$ 55) seja apenas três reais mais barato que nas partidas do Verdão (R$ 58), a diferença de arrecadação entre os dois clubes é de R$ 4,6 milhões. Um dos motivos é a presença mais constante dos palmeirenses desde que a sua Arena foi inagurada, em novembro de 2014.



Jogos do Fla pela Libertadores no Maracanã garantiram boas rendas (Foto: Fred Gomes/GloboEsporte.com)

Famoso pela sua fiel torcida, o Corinthians aparece na terceira colocação, com um total de R$ 9,55 milhões em nove confrontos disputados na sua Arena. A melhor renda (R$ 1,99 milhão) foi no clássico contra o Santos, quando venceu por 1 a 0, pela sétima rodada do Paulista. O pior (R$ 473.376) aconteceu na terceira rodada pela mesma competição, na vitória sobre o Novorizontino por 1 a 0.

Embora o preço médio (R$ 26) que o São Paulo cobra pela entrada nos jogos em casa seja bem menor que outros times, o Tricolor Paulista já soma R$ 8,66 milhões em 10 duelos, ocupando a quarta posição. Não é à toa que é o primeiro em média de público. Neste caso, a matémática é simples: com ingresso mais barato, a torcida tende a comparecer em maior número. Foi o que aconteceu no empate por 1 a 1 com o Corinthians - renda de R$ 1,35 milhão - e na vitória por 5 a 2 sobre a Ponte Preta - renda de R$ 1,31 milhão - ambos pela fase de classificação do estadual, quando mais de 50 mil pagantes foram ao Morumbi.


(Foto: GloboEsporte.com)

O Botafogo fecha o top 5, com R$ 6,51 milhões em receitas com bilheteria nos 10 jogos que teve o mando de campo. Destaque para os confrontos pela Libertadores, quando ganhou por 2 a 1 do Colo Colo (renda de R$ 1,89 milhão), e Estudiantes (renda de R$ 1,72 milhão), além do Olimpia por 1 a 0 (renda de 1,39 milhão). Nos três jogos, os torcedores encheram o Engenhão, apesar de o preço do bilhete ser mais caro que o cobrado no Carioca. Por sua vez, o Glorioso só faturou R$ 64.050 na vitória sobre o Macaé por 2 a 1, pelo estadual.

Entre os 10 primeiros clubes com maior arrecadação na atual temporada ainda temos Grêmio (R$ 6 milhões), Internacional (R$ 4,1 milhões), Atlético-PR (R$ 3,6 milhões), Cruzeiro (R$ 3,5 milhões) e Fluminense (R$ 3,4 milhões).

13200 visitas - Fonte: Globo Esporte

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Cadê o Sardinhas ai no Ranking kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Marcelo Silva     

pra superar a ponte
prass.jean.mina.vhugo.egidio.melo.keno.roger guedes.dudu.wilian e borjas

Helio Perazzolo     

Eduardo cagao... Borja bosta.... e time mercenário pq Paulista paga pouco... e nós os torcedores de palhaços nessa?? pagando caro pra ver esse time caríssimo.... que só joga seca torcida empurrar???

Helio Perazzolo     

bosta do Borja... cocalero... caro pra cacete pra fazer bosta nenhuma....

Attilio Bellini     

Prass Fabiano Mina Dracena Egídio Felipe Melo Michel Bastos Roger Guedes Guerra Dudu William // Palmeiras 4 a O

DESBLOQUEAMOS OS CANAIS PREMIERE, TELECINE, HBO, COMBATE, CANAIS ADULTOS PARA ASSINANTES DE TV POR ASSINATURA DE QUALQUER LUGAR DO BRASIL E TAMBÉM REDUZIMOS O VALOR DA FATURA.
WHATSAPP 11949348549

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias