20/4/2017 16:41

Fernando Prass pede equilíbrio contra a Ponte Preta

(Foto: Marcos Ribolli)

Logo após o treino com os portões fachados realizado na manhã desta quinta-feira (20), na Academia de Futebol, o goleiro Fernando Prass atendeu a imprensa em entrevista coletiva.

Autor da cobrança que deu o título da Copa do Brasil de 2015 ao Palmeiras contra o Santos, Prass desconversou se baterá caso o Verdão vença a Ponte Preta por três gols de diferença no próximo sábado (22). "Eu vou tentar defender (pênaltis), bater não é comigo. Têm outros que batem melhor, mas se o treinador quiser e eu estiver confiante, bato", disse o arqueiro do Verdão.

Confira trechos da coletiva do goleiro palmeirense:

Momento de decisão
"Eu me inspiro no que posso deixar marcado na história do clube se eu fizer determinada coisa. Ganhando títulos ou jogos nesta situação. Tem duas maneiras de ver, o lado bom ou ruim. Você escolhe o lado que quer analisar. Eu vejo pelo lado bom. Temos a chance de chegar de uma maneira histórica, que vai ser lembrada. Ninguém lembra do ano passado, mas uma semifinal como essa, se tivermos êxito, vai ficar marcado. Uma das coisas que me motivam é marcar o nome na história - disse o atleta, um dos líderes do elenco alviverde".

Apoio da torcida
"A resposta da torcida foi sensacional. Na terça-feira tive que sair para ir no shopping e todos que me abordavam falavam que estariam no Allianz e que eles acreditavam e para nós acreditarmos. Passei por diversas situações aqui, Série B com o Pacaembu cheio, brigamos para não cair em 2014 com estádios cheios, e agora é uma coisa de maluco, mas que a torcida já deu mostras de apoio. Independentemente se classificar ou não, quem vier ou assistir de casa vai sair orgulhoso porque vamos dar o que eles querem, que é entrega até o último minuto".

Pressão por golear
É conseguir dosar as situações. Não tem como, quando entrar em campo no sábado, estádio pulsando, vai arrepiar, vai estar com a adrenalina a mil e é bom porque dá um gás extra para correr. Tem de saber usar isso. Se você se pilhar demais, o fio vira, mas é trabalhar a cabeça para usar o barulho da arquibancada sem perder a concentração para que ajude e não atrapalhe".

Equilíbrio
Para um jogo assim, em que temos de conseguir um placar elevado, não dá para se querer ter só coração ou só organização. Principalmente o lado emocional, ele entra na parte tática e técnica também. Temos de que tentar achar um equilíbrio para ter um lado emocional forte, porque vai ter uma energia forte na arena e que a gente saiba usar isto na medida certa para nos fazer melhorar e não passar do limite, porque senão atrapalha. Temos de ter tudo no nível ideal para fazer um jogo quase que perfeito".

8214 visitas - Fonte: Verdão Web

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

George Coutinho     

acho q o prass nao esta em condicoes fisicas e mental pra voltar a ser ritular..tomou 3 gols q o jailson jamais tomaria...esse cara fudeo o palmeiras...a atuacao dele foi pessima.....o primeiro gol q tomamos dava pra ele ter saido cm as maos....jailson tem q ser titular..chega..prass ja era...

Geraldo Dias     

Grupo do Brasileirão acesse o link.

https//chat.whatsapp.com/HanEqKEIKIMKKG3JcTxWA

Luciano Rossi     

Prass vai treinar Saida de gol pare de tomar bola entre as pernas, para de deitar . Cara não adianta pegar tudo e tomar gol besta.Inclusive esse Jean tem ir pro banco de reservas,pois nem deveria ter voltado,comprometeu toda a zaga. Fica esperto Prass, Jailson ta na sua cola. Vamos ganhar porco.

Chico Hernandez     

5 x 0 - 3 de Borja Dudu e Mila

3 a 0 ganhamos no pênaltis

Everton Barros     

oi boa tarde desbloqueio todos os canais fechados de TV por assinatura de qualquer lugar do Brasil Premiere combate telecine HBO e canais adultos e também reduzimos o valor da sua fatura mais informações sobre o assunto chamar no ZAP 11961642330

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias