11/10/2017 13:23

Em retorno ao Palmeiras, Valdívia começa com aplausos, mas termina noite chamado de 'veado' e saída pelos fundos

Valdivia voltou ao Allianz Parque na noite desta terça-feira

Dois anos após deixar o Palmeiras, Valdívia retornou ao gramado do Allianz Parque na noite desta terça-feira, pela seleção chilena. Só não imaginava que uma noite onde começou ovacionado pelas arquibancadas terminaria com xingamentos das arquibancadas, eliminação de seu país e "saída à francesa".



Os jogadores chilenos demoraram uma hora e meia para deixar o vestiário após a derrota por 3 a 0, que tirou o time de Valdívia da Copa do Mundo de 2018. E o camisa 10 não saiu pela zona mista, local onde quase todos os atletas e até o presidente da Federação Chilena passaram.

Segundo pessoas que faziam a segurança do estádio, os jogadores que não saíram por esse local deixaram o Allianz Parque pelos fundos ou em veículos de amigos ou parentes que estavam estacionados dentro da arena. Valdívia, no caso, foi um desses chilenos.

Seus conterrâneos passaram pela zona mista de cabeça baixa e abatidos pela eliminação. Apenas o goleiro Bravo conversou com a imprensa, mesmo que rapidamente. Arturo Salah, presidente da Federação Chilena, deixou o vestiário 40 minutos antes dos atletas e deu explicações aos jornalistas de seu país.

Valdívia começou a noite ovacionado pelo Allianz Parque, ao ter seu nome exibido no telão em meio à escalação chilena. Para se ter uma ideia, apenas Neymar e Gabriel Jesus receberam tamanhos aplausos - principalmente o centroavante que atuou no clube até o ano passado.

No entanto, em meio ao segundo tempo, principalmente após ser mostrado no telão reclamando com a arbitragem, Valdívia ouviu as arquibancadas dispararem em uníssono: "Valdívia, veado", foi o grito de um setor considerável presente na torcida que foi ao Allianz Parque.

O retorno do meia ao clube onde passou boa parte da carreira não foi do jeito que Valdívia esperava. Afinal, não eram apenas torcedores palmeirenses presentes nas arquibancadas, já que tratava-se de um jogo da seleção brasileira.

Mesmo assim, por outro lado, o atleta não vem tendo boa relação com o time que defendeu por sete anos, em duas passagens.

Nos últimos tempos, o meia vem sendo pivô de brigas judiciais com a diretoria do Palmeiras, mas sempre faz questão de exaltar o clube nas redes sociais. Atualmente no Colo Colo, Valdivia está com 33 anos.

Camisa 10 do Chile na noite desta terça, o jogador ainda teve que conviver com a dor de ver seu país fora do Mundial, justamente com a geração mais vitoriosa da história chilena. Com direito a dois títulos de Copa América - o meia esteve presente em um deles, em 2015. No entanto, não estará no Mundial do ano que vem.

2892 visitas - Fonte: ESPN

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Renan Sulaiman     

pé de chinelo fraco

Thiago Silva     

LIBERAMOS OS CANAIIS PARA ASSINANTES DE TV DE TODO BRASIL TAMBÉM REDUZIMOS O VALOR DA CONTA
WHATSAPPP 11958694345

mercenário veio se curar no dm do Palmeiras depois ainda queria indenização

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias