27/1/2020 11:26

Primeiro Choque Rei de 2020 tem Palmeiras mais incisivo, São Paulo mais cauteloso e o desentrosamento natural do início de temporada

Time de Vanderlei Luxemburgo coloca duas bolas na trave, mas para no eficiente bloqueio defensivo da equipe de Fernando Diniz; jogando no meio-campo, Daniel Alves desperdiçou a melhor chance da partida no início da segunda etapa

Crédito: Reprodução / Site Oficial / Palmeiras


O primeiro Choque Rei de 2020 reuniu dois times com estilos bem marcantes e característicos. O Palmeiras de Vanderlei Luxemburgo trazia uma propensão maior para o ataque com seu quarteto ofensivo formado por Dudu, Lucas Lima, Luiz Adriano e o jovem (e promissor) Gabriel Verón. Já o São Paulo de Fernando Diniz valorizava mais a posse de bola e entrou em campo mais fechado e compactado na defesa e de olho nos contra-ataques. O resultado desse embate foi duas bolas na trave para o Verdão, uma chance incrível desperdiçada por Daniel Alves para o Tricolor Paulista, duas equipes que ainda buscam entrosamento e a melhor forma física e um zero a zero teimoso, porém bastante justo diante do que se viu na Fonte Luminosa, em Araraquara. As ideias eram boas e as intenções melhores ainda. Mas o primeiro Choque Rei da temporada acabaria marcado pelos problemas naturais que toda equipe enfrenta e cada início de temporada.




LEIA TAMBÉM:Luxemburgo justifica opção por Veron contra o São Paulo e diz que Raphael Veiga irá disputar posição com Lucas Lima

É bem verdade que o São Paulo controlou melhor as ações no meio-campo jogando no 4-1-4-1 usual de Fernando Diniz e compactando bem seus setores à frente da área de Tiago Volpi. Do outro lado, o Palmeiras encontrava certa dificuldade para atacar, já que, além dos espaços entre as linhas do time de Vanderlei Luxemburgo (que mandou sua equipe armada no 4-2-3-1), Dudu e Gabriel Verón estavam mais presos nos lados do campo e pouco encostavam em Luiz Adriano. A situação só melhorou depois da parada técnica, quando o treinador alviverde deu mais dinâmica ao ataque da sua equipe. O Palmeiras melhorou com mais movimentação do trio de meias atrás de Luiz Adriano e também mais participação por dentro com as chegadas de Gabriel Menino e Ramires. Duas chances claras de gol e superioridade clara para o lado alviverde nos vinte minutos finais da primeira etapa, mas sem conseguir vencer Tiago Volpi. O São Paulo, apesar de ter mais a bola, sofria com a falta de intensidade.



Luxemburgo mandou o Palmeiras a campo armado no 4-2-3-1, mas sua equipe só conseguiu criar chances quando Dudu, Gabriel Verón e Lucas Lima começaram a se movimentar mais atrás de Luiz Adriano. Já o São Paulo teve um início melhor de partida criando superioridade numérica no meio-campo, mas sem a intensidade que o 4-1-4-1 de Fernando Diniz exige.

Na volta do intervalo, Fernando Diniz sacou Helinho e mandou Liziero para o jogo. Daniel Alves passou a jogar mais solto (partindo da direita) e desperdiçou a melhor chance do jogo ao receber passe longo de Tiago Volpi e chutar em cima de Weverton. No rebote, Pablo acertou Felipe Melo. Luxemburgo respondeu com Willian Bigode e Zé Rafael nos lugares de Gabriel Verón e Ramires, respectivamente. Poucos minutos depois, Luiz Adriano acertou o travessão após cruzamento preciso de Marcos Rocha. Diniz aumentou o poder de fogo do São Paulo com as entradas de Éverton e Alexandre Pato e o retorno de Daniel Alves para o meio-campo e Vítor Bueno circulando mais por dentro. No entanto, a impressão que ficou do Tricolor Paulista foi a de que o time ainda carece da intensidade necessária para fazer a estratégia de Fernando Diniz dar certo. Ao mesmo tempo, o Palmeiras de Vanderlei Luxemburgo também sentiu o início de temporada e o forte calor em Araraquara.




Fernando Diniz mexeu na sua equipe após o intervalo, mas viu o São Paulo sem a intensidade necessária para fazer a bola chegar no ataque mesmo com Éverton Cardoso e Pato no ataque. Do outro lado, o Palmeiras de Luxemburgo seguia desperdiçando chances, sentindo o forte calor e a falta de ritmo típica de um início de temporada.

O primeiro Choque Rei de 2020 foi um jogo movimentado, com boas ideias de seus treinadores, mas com os sintomas de quem está apenas no segundo jogo oficial da temporada. E essa falta de ritmo também se fez presente na Fonte Luminosa. Ao final da partida, no entanto, parece que o Palmeiras está mais arrumado e com uma ideia mais clara do que quer em campo do que o São Paulo. Lucas Lima, Ramires e Gabriel Verón estiveram bem. Assim como Felipe Melo jogando como zagueiro. Por outro lado, o time precisa depender menos de Dudu. Já o Tricolor Paulista segue com os mesmos problemas de 2019. O time carece de intensidade, de mais vontade e de mais disposição de seus jogadores. Daniel Alves era o único com um pouco de lucidez no meio-campo tricolor apesar dos bons nomes em campo. Liziero merece mais chances pela inteligência tática pelo menos até que Hernanes recupere a forma física e seu bom futebol. E isso sem falar em Alexandre Pato, totalmente apático mais uma vez.

Diante do que se viu em campo, a única coisa que ficou faltando no clássico entre Palmeiras e São Paulo foram os gols. Ou pelo menos um deles. Mesmo assim e apesar de todos os problemas, as duas equipes iniciam a temporada de 2020 com boas ideias e a esperança de que as coisas podem ser melhores em pouco tempo. Pelo menos é o que as duas torcidas aguardam ansiosamente.



Palmeiras, verdão, alviverde, Alianz Parque, CT da barra funda, paulista, libertadores, mundial, brasileiro, copa do brasil, Vanderlei Luxemburgo, técnico,




PALMEIRAS CAMPEÃO MUNDIAL? SÃO PAULO CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL? PALPITES PARA O ANO DE 2020

LEIA TAMBÉM: Resumo de 2020: Palmeiras mantém consistência com quinta vitória

LEIA TAMBÉM: [COMENTE] Procurado pelo Athletico, para você, o Palmeiras deveria reabrir as negociações por Rony?

LEIA TAMBÉM: Após não acerto com Daniel Muñoz, Palmeiras surpreende e prepara oferta por lateral do Independiente


588 visitas - Fonte: TORCEDORES

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

joao paulo     

DESBLOQUEAMOS OS CANAIS PREMIER, TELLECINE, COMBATTE E CANAIS ADULTOS PARA ASSINANTES DE TV POR ASINATURA DE QUALQUER LUGAR DO BRASIL E TAMBÉM REDUZIMOS O VALOR DA FATURA. SÓ PAGA DEPOIS QUE O SERVIÇO FOR FEITO. WHATSAPP 11957540287

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Sáb - 16:00 - Pacaembu - Premiere
Santos
Palmeiras

Último jogo - Paulista

Qui - 21:30 - Allianz Parque
Palmeiras
1 0
Guarani
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Palmeiras
3 Santos
4 Corinthians
5 Internacional
6 São Paulo
7 Grêmio
8 Bahia
9 Atletico Paranaense
10 Atletico-MG
11 Botafogo
12 Goiás
13 Vasco DA Gama
14 Ceará
15 Fortaleza EC
16 Fluminense
17 Cruzeiro
18 CSA
19 Avai
20 Chapecoense-sc
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
49 22 15 4 3 47 20 27 VVVVE
46 22 13 7 2 38 17 21 VVVVE
41 22 12 5 5 33 23 10 EDDEV
38 21 10 8 3 24 13 11 VEDVV
37 22 11 4 7 28 21 7 VVVDE
36 22 9 9 4 23 15 8 DEVDE
34 22 9 7 6 37 25 12 VVVVD
34 21 9 7 5 25 18 7 VVEDV
30 21 9 3 9 30 21 9 VEDEV
27 20 8 3 9 24 24 0 DDDDD
27 21 8 3 10 19 23 -4 DVEDD
27 21 8 3 10 21 32 -11 DDDVV
24 21 6 6 9 19 28 -9 DDVED
23 21 6 5 10 21 21 0 DEEDE
22 21 6 4 11 23 31 -8 VDEDD
22 22 6 4 12 24 34 -10 DVDEV
19 21 4 7 10 17 30 -13 VDDDE
19 22 4 7 11 11 33 -22 VEVDD
16 21 3 7 11 12 31 -19 VDVVD
14 20 3 5 12 17 33 -16 EDDDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota