4/8/2022 10:18

Cuca troca elogios com Abel Ferreira após a partida

Treinador adversário fez uma análise breve do que foi visto durante os 90 minutos e fez elogios para uma peça importante do Verdão

O Palmeiras viajou para Belo Horizonte com apenas um objetivo: conseguir um bom resultado no jogo de ida pela Libertadores para poder entrar em campo com menos pressão na próxima semana, dentro de casa. A equipe comandada por Abel Ferreira não começou bem, chegou a sofrer um 2 a 0, mas não abaixou a cabeça e chegou a igualdade no finalzinho.



O placar de 2 a 2 é considerado interessante ao Verdão, que pode avançar caso consiga uma vitória simples dentro do Allianz Parque, no próximo dia 10. Além disso, a reação demonstrada dentro de campo, sem se abater com o adversário mostrando superioridade por um momento, deixa claro a força, especialmente se tratando da competição continental.

Após o apito final, Cuca foi sincero no Atlético-MG: "Vai ser difícil lá, mas chegamos no vestiário de cabeça erguida. Foi um dos melhores jogos nossos, dentro de casa. O torcedor saiu frustrado pelo resultado, mas não pelo que jogamos", iniciou, completando: "Não adianta achar culpados. A responsabilidade por este empate é de todos. Tomamos o gol nos acréscimos, dolorido. O torcedor irá para casa e refletir, que não merecemos a vaia. Deixamos tudo no campo", salientou o técnico.

Além disso, o treinador atleticano ainda fez um resumo do jogo: "Foi um jogo muito aprazível de se ver, um jogo com uma intensidade muito grande das duas equipes. Quando a gente fala intensidade, não significa só atacar. É uma intensidade de armação e de defesa também. O time foi muito intenso, só que você não consegue jogar 90 minutos da mesma forma, e a gente sabia disso. Fizemos uns 70 minutos dessa forma e muito bem. Depois, automaticamente, o adversário perdendo vai ter que sair e você muda a sua postura para fazer uma jogada diferente com jogadores com características diferentes. Prender mais a bola ou de velocidade como a gente tentou", salientou. Por fim, Cuca fez questão de elogiar uma "peça-chave" do Palmeiras: Abel Ferreira.

"Hoje, um jogo diferente. Contra equipe qualificada, muito bem treinada. Fomos melhores na maior parte do jogo, mas não suficiente para vencer hoje… O Abel é um grande treinador. Antes daquele jogo contra o Santos (na final da Copa Libertadores de 2020, quando os treinadores se enfrentaram), ele não tinha título na carreira. Hoje é um grande campeão. Estudioso e deixa o máximo dentro de campo", finalizou.



Palmeiras, 2022, Cuca, Abel Ferreira



VEJA TAMBÉM
- Confira a classificação do Brasileirão atualizada
- Palmeiras vence Derby e abre nove pontos de vantagem na liderança do Brasileirão
- GOOOOOOOOOOOOOOOLLLL!! Palmeiras abre o placar em Itaquera

LEIA TAMBÉM: Barcelona observará joia Endrick em torneio na França


E MAIS: No Brasileirão, Palmeiras vai buscar título inédito na era Abel Ferreira

E MAIS: Comissão técnica do Palmeiras pediu a manutenção de jovens da base













1446 visitas - Fonte: bolavip

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Sonia Luz     

Sem contar que os gols que sofremos foram de falhas individuais... acho que falta mais atenção dos nossos jogadores.

Claudemir Costa     

Sao realmente dois grandes treinadores

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Libertadores

Qua - 21:30 - Allianz Parque -
X
Palmeiras
Atletico-MG

Brasileiro

Dom - 16:00 - Allianz Parque
3 X 0
Palmeiras
Goiás