28/7/2021 08:32

Leila contra quem? Palmeiras tem indefinição sobre eleição presidencial no clube

Mês é importante para definir chapas e oposição ainda não escolheu um nome de consenso

Com o fim do mandato do presidente Maurício Galiotte se aproximando, os bastidores do Palmeiras se agitam para as definições sobre quem serão os concorrentes na eleição no mês de novembro que escolherá o mandatário do clube até o fim de 2024.

Há uma tradição no Verdão que as chapas que concorrem ao pleito presidencial são apresentadas ou definidas até o dia 26 de agosto, data de aniversário do clube. A menos de um mês da celebração, porém, o cenário ainda é de indefinição.



Quem deve representar a situação não é segredo para ninguém. Leila Pereira, conselheira de segundo mandato e patrocinadora do Palmeiras, já afirmou ao ge que pretende ser a escolhida pelo seu grupo para disputar a sucessão de Galiotte. A chapa da presidente da Crefisa e Faculdade das Américas ainda não foi confirmada, mas o nome dela é o único articulado pela base governista.

Em um projeto de rápida ascensão no clube, Leila se transformou em força política do Verdão e acumulou nos últimos anos vitórias em pautas defendidas pela sua base no Conselho Deliberativo, como a sua primeira candidatura ao Conselho após denúncias sobre o prazo de associação, o aumento do mandato presidencial para três anos e o reconhecimento dos investimentos da Crefisa em contratações como dívida.


A oposição perdeu a atuação do ex-presidente Paulo Nobre no clube, apontado como a principal força contrária à atual administração.

O dirigente renunciou ao cargo de conselheiro vitalício por não concordar com a suspensão de membros de seu grupo devido ao caso Blackstar e hoje não reúne condições estatutárias para disputar o cargo.

Um dos punidos foi Genaro Marino, ex-vice-presidente nos dois mandatos de Paulo Nobre e no primeiro mandato de Galiotte. Ele concorreu como oposição na última disputa presidencial e optou por não liderar o grupo de Nobre na disputa deste ano.

A chapa da oposição apresentou a empresa Blackstar ao clube com uma proposta de patrocínio de R$ 1 bilhão por dez anos, mas a diretoria afirmou que as garantias bancárias eram falsas e abriu uma sindicância para punir os envolvidos, suspendendo Genaro por um ano.


Entre as alas contrárias ao presidente Maurício Galiotte, ainda não há uma definição sobre quem será o candidato e até se será apresentada uma chapa única para concorrer provavelmente com Leila Pereira.

Em entrevista ao ge em março, Saverio Orlandi admitiu ter o desejo de ser o escolhido da oposição para a disputa. Ex-diretor de futebol na gestão do presidente Affonso Della Monica, ele vinha atuando como membro do Conselho de Orientação e Fiscalização (COF) nos últimos anos.


Na visão do dirigente, porém, é necessário uma união de forças e por isso não descarta apoiar a candidatura de Luiz Pastore (MDB), primeiro suplente do Senado Federal pelo Espírito Santo.



O nome de Pastore foi apresentado como alternativa por grupos ligados aos ex-presidentes Mustafá Contursi e Arnaldo Tirone, mas não teve aceitação unânime entre os opositores. O grupo Ocupa Palestra, por exemplo, declarou em nota que "não apoiará qualquer candidatura que seja construída sem diálogo e sem compromissos mínimos de modernização e de democratização da SEP".

A oposição no Palmeiras hoje é formada por grupos divergentes entre si, o que gera uma dificuldade para se criar consenso. As duas principais alas são dos apoiadores de Paulo Nobre e a outra os de Mustafá, mas há também uma fatia que atua de forma mais independente. Apesar da tentativa de se alinhar um discurso para a eleição, estas visões diferentes têm dificultado a busca por um nome em comum.

Entre tantas indefinições, o conselheiro Paulo Jussio, empresário de 40 anos, se apresenta como uma terceira via para o pleito. Ex-diretor nas gestões de Paulo Nobre e Maurício Galiotte, ele está no Conselho Deliberativo desde 2013 e é o único que afirma neste momento que irá concorrer. Ainda não há uma composição de outros integrantes da chapa.

O processo eleitoral do Palmeiras exige o cumprimento de algumas etapas. A primeira delas é o registro das chapas e a votação no filtro do Conselho. Somente as candidaturas aprovadas por 15% do Órgão - cerca de 42 conselheiros - poderão participar da Assembleia de sócios, que definirá no mês de novembro o novo presidente do Verdão.




Palmeiras, Eleição, Diretoria



LEIA TAMBÉM: Palmeiras aposta em bom retrospecto de Abel Ferreira em clássicos para vencer Dérbi

E MAIS: Jorge pode estrear pelo Palmeiras no Dérbi deste sábado, veja




3333 visitas - Fonte: globoesporte.com

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

yoshinobu sato     

Está de volta Mattos no Palmeiras junto com Leila fudeu vai comprar INSS comprar de bacias com contrato de 20 anos lucas lima mais 10 anos chodo de Mattos

José Cândido     

Seria bom Leila e Paulo NOBRE juntos no Palmeiras

Ja q o Nobre nao concorrerá, não existe pessoa melhor q a Leila para presidencia

Alecio Ravanelli     

Leila chegou a hora administre o verdão como se fosse sua melhor empresa AVANTI PALESTRA rumo a mais vitórias

Miguel Garcia     

Com o dinheiro dos outros eu faço miseria,deuxa a Leila,unica q tem dinheiro pra segurar

Luiz Machado     

Leila alem de dar continuidade a um projeto vencedor, ja os outros fazem parte da velha retrogada política.

Erinaldo Silva     

Cuidado tia Leila

Erinaldo Silva     

Agora está aparecendo candidato para mamã o leite do clube vamos ficar olhos abertos

Roberto Tolin     

Já é sabido o vencedor, o resto fica brigando entre si. Que vença o Palmeiras

Benjamin Vainfas     

Hoje dentro da Sociedade Esportiva Palmeiras ,,só têm dois candidatos fortes e com capacidade de dirigir o Palmeiras. Leila Pereira e Paulo Nobre . O resto joga fora.

Titia Leila, tem toda à condições, de ser à PRESIDENTE do nosso Palmeiras.Sucesso??????,

Carlos Santos     

Se continuar assim provavelmente a Tia Leila vence por WO. "AVANTI PALESTRA"!!!!!!!!!!!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Libertadoores

Ter - 21:30 - Mineirão - SBT
Atlético MG
Palmeiras

Último jogo - Brasileiro

Sáb - 19:00 - Neo Química Area
Corinthians
2 1
Palmeiras
Untitled Document
Classificação
1 Atletico-MG
2 Palmeiras
3 Fortaleza EC
4 Flamengo
5 RB Bragantino
6 Corinthians
7 Internacional
8 Fluminense
9 Atletico Paranaense
10 Cuiaba
11 Ceará
12 Atletico Goianiense
13 São Paulo
14 Juventude
15 America Mineiro
16 Santos
17 Bahia
18 Grêmio
19 Sport Recife
20 Chapecoense-sc
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
46 21 14 4 3 32 13 19 EEVVE
38 21 12 2 7 33 25 8 DVDVD
36 22 10 6 6 30 23 7 EDDDV
35 19 11 2 6 36 19 17 EVVDE
33 21 8 9 4 32 24 8 VEDED
33 22 8 9 5 22 19 3 VEEEV
32 21 8 8 5 26 22 4 EEVVV
32 22 8 8 6 24 24 0 EVVEV
30 21 9 3 9 29 26 3 DEDVV
29 22 6 11 5 23 22 1 EVVEE
28 21 6 10 5 20 21 -1 EDDEV
27 21 6 9 6 17 20 -3 EEEDE
27 22 6 9 7 18 23 -5 EDVEE
26 22 6 8 8 21 25 -4 EEDDV
24 22 5 9 8 19 24 -5 VVEEE
24 22 5 9 8 20 28 -8 DDEED
23 22 6 5 11 25 35 -10 DVEED
22 20 6 4 10 17 22 -5 VDVVD
17 22 3 8 11 8 19 -11 EEDDD
10 22 1 7 14 17 35 -18 EDVDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Bragantino
2 Palmeiras
3 Novorizontino
4 Ituano
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
23 12 6 5 1 15 7 8 VVEEE
21 12 6 3 3 18 10 8 DDVVV
19 12 5 4 3 17 12 5 VEDED
13 12 4 1 7 10 14 -4 DVVDD
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Defensa Y Justicia
3 Independiente Del Valle
4 Universitario
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD