2/12/2021 15:23

Gol de Deyverson, que decidiu a Libertadores, nasceu de falha de Andreas Pereira e situação tática criada pelo Palmeiras.

Entendendo a complexidade de um só lance

Como você vê o gol de Deyverson, que decidiu a Libertadores: uma falha individual de Andreas Pereira ou um erro forçado pela marcação pressão do Palmeiras? No fim das contas, as duas coisas estão certas. Elas coexistem. E dizem muito sobre a forma que vemos o jogo.

O escritor David Foster Wallace diz que é impossível sabermos a verdade, por um motivo simples: tudo o que vivemos e pensamos teve um protagonista: você. Tudo o que você diz e acha sobre o mundo tem um viés, por menor que seja, da sua visão de mundo e de seus valores.



É por isso que um jogo produz opiniões e sensações tão diferentes. Já parou pra pensar que todo mundo vê o mesmo jogo, e mesmo assim, todo mundo tem uma impressão ou algo diferente a dizer? Vai no que David fala: o jogo que você vê é aquele que sua mente diz pra você. Não exatamente o que aconteceu. Por isso tem tanta opinião diferente sobre o gol de Deyverson: cada um puxa a sardinha para o seu lado.

No fim, todas essas opiniões podem coexistir. O gol do Palmeiras foi um erro do Andreas, provocado pela má decisão do jogador....e, ao mesmo tempo, foi uma situação tática pensada por Abel Ferreira no intervalo da prorrogação. Entender essa teia de decisões complexas que é o jogo nos ajuda a ter uma visão mais ampla do que acontece em campo.

Entendendo a complexidade de um só lance
O Flamengo jogou mal no primeiro tempo e melhorou na segunda etapa, muito por conta de Andreas. Renato mudou seu posicionamento: ele ficou mais à frente, nas costas da pressão do Palmeiras. Assim, ele tinha espaço e tempo para receber a bola e pensar o jogo pros atacantes.

Esse posicionamento cansa o Danilo e Zé Rafael, que saíram. Danilo Barbosa entrou e ficou confuso com a movimentação de Andreas, o que gerou ainda mais espaço em campo. Espertamente, Arrascaeta começa a buscar a bola ali, pra servir ao ataque - foi assim que a grande chance de Michael nasce.

Abel entendeu isso e substituiu Veiga, que cansou, por Deyverson. Mas antes do futuro herói do Palmeiras entrar, ele é orientado por João Martins, auxiliar de Abel, junto do Danilo Barbosa. João mostra uma foto, que parece ser da saída de bola do Flamengo, com os palmeirenses olhando atentamente.

Essa orientação seria uma forma de mudar a marcação do Palmeiras. Quando a prorrogação começa, o Palmeiras fica 3 minutos com a bola. No primeiro segundo do Flamengo com a posse, dá pra ver uma disposição totalmente diferente do Palmeiras. Veja Rony, Deyverson e o Wesley em funções distintas do que fizeram nos lances acima.

Um minuto antes do gol, acontece isso: o Deyverson pressiona o David Luiz, o Rony pega o R. Caio e o Danilo Barbosa sai lá de trás e vem marcar o volante que fica na frente quando o Arão se enfia entre a zaga do Flamengo.

Deyverson faz a falta e o Arão, vendo que ficou difícil pro zagueiro jogar, sobe e ocupa a região do lateral. Isso provoca um espaço vazio no campo, que o Andreas ocupa, no intuito de ajudar os zagueiros a avançarem e escaparem da pressão do Palmeiras.

Andreas passou 45 minutos sem receber pressão nenhuma do Palmeiras, com muito tempo pra jogar. Nesse instante, o Flamengo não tinha ficado nem 30 segundos com a bola. Era simplesmente impossível entender a mudança de postura do adversário nesse contexto.

.O mesmo desenho da pressão acontece. Danilo Barbosa tira a linha de passe do Arão, que trocou de posição com Andreas. O Deyverson novamente pressiona o David Luiz e obriga o passe a ir pro Andreas.

Andreas reage mal a todo esse contexto. Primeiro, ele fica olhando pro Danilo Barbosa, o único que encurtou pra ele no segundo tempo. E não calcula que o Deyverson, que tem como característica pressionar zagueiros até´o fim, pode trocar a pressão no David Luiz nele.

O erro de cálculo faz ele posicionar mal o corpo e virar de frente pro gol, o que é péssimo, porque não te permite olhar pro campo e entender o que está acontecendo. Isso sem tirar o mérito de Deyverson, que troca a pressão. Um milésimo de segundo a menor e ele não teria chegado.

É tanta coisa acontecendo que é impossível dizer, com exata precisão, se foi uma tática do Palmeiras ou uma falha individual do Andreas. Na verdade, foram as duas coisas. Ao mesmo tempo. E uma não exclui a outra!
Jorge Jesus e Abel Ferreira, que venceram as últimas 3 Libertadores, já deram declarações de que o "jogador brasileiro precisa aprender a jogar sem a bola". Vale também para a forma como vemos o jogo.



Se olhamos apenas para a bola, tendemos a buscar culpas individuais pro que acontece em campo. É sempre o jogador que erra ou o técnico que é o culpado. Nunca tem mérito do outro lado, nunca tem o peso do contexto, nunca tem o coletivo. Veja bem: não é parar de olhar a bola e achar que tudo é tática. Não é isso. É apenas enxergar o entorno e entender que o futebol é um esporte essencialmente tático, técnico, físico e mental. Que o contexto afeta o individual.



VEJA TAMBÉM
- Palmeiras inicia 2022 com time 'camaleão', tendo Piquerez como curinga
- Leitores do Verdão Web podem ganhar R$5 em cada vitória do Palmeiras com o código VERDAOWEB
- Patrick de Paula vaza nova camisa do Palmeiras para a temporada; veja o vídeo

LEIA TAMBÉM: Fifa adia inscrições para o Mundial de Clubes, e Palmeiras ganha tempo por reforços


E MAIS: Gigantes da Europa travam "guerra fria" por Endrick, joia do Palmeiras

E MAIS: Abel terá reunião no Palmeiras, e projeta revezamento no elenco até o Mundial


CEBOLINHA NO FLAMENGO OU PALMEIRAS? LISTA PRO MUNDIAL; DIEGO COSTA VEM HJ? ANDREAS: MICHAEL E MAIS









2307 visitas - Fonte: Globoesporte.com

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Qui - 21:30 - Allianz Parque - Premiere
Palmeiras
Ceará

Último jogo - Brasileiro

Qui - 21:30 - Allianz Parque
Palmeiras
1 0
Ceará
Untitled Document
Classificação
1 Atletico-MG
2 Flamengo
3 Palmeiras
4 Fortaleza EC
5 Corinthians
6 RB Bragantino
7 Fluminense
8 America Mineiro
9 Atletico Goianiense
10 Santos
11 Ceará
12 Internacional
13 São Paulo
14 Atletico Paranaense
15 Cuiaba
16 Juventude
17 Grêmio
18 Bahia
19 Sport Recife
20 Chapecoense-sc
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
84 38 26 6 6 67 34 33 EVVVD
71 38 21 8 9 69 36 33 EVEDD
66 38 20 6 12 58 43 15 DEVEV
58 38 17 7 14 44 45 -1 VDVDV
57 38 15 12 11 40 36 4 VDVED
56 38 14 14 10 55 46 9 DEDDV
54 38 15 9 14 38 38 0 VVDDV
53 38 13 14 11 41 37 4 DEVEV
53 38 13 14 11 33 36 -3 EVVVV
50 38 12 14 12 35 40 -5 DVEVE
50 38 11 17 10 39 38 1 EVDED
48 38 12 12 14 44 42 2 DDEDD
48 38 11 15 12 31 39 -8 EVDVD
47 38 13 8 17 41 45 -4 EDVEE
47 38 10 17 11 34 37 -3 EDDVE
46 38 11 13 14 36 44 -8 EVDDV
43 38 12 7 19 44 51 -7 EDVEV
43 38 11 10 17 42 51 -9 VDDVD
38 38 9 11 18 24 37 -13 VDEVE
15 38 1 12 25 27 67 -40 DDDDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Bragantino
2 Palmeiras
3 Novorizontino
4 Ituano
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
23 12 6 5 1 15 7 8 VVEEE
21 12 6 3 3 18 10 8 DDVVV
19 12 5 4 3 17 12 5 VEDED
13 12 4 1 7 10 14 -4 DVVDD
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Defensa Y Justicia
3 Independiente Del Valle
4 Universitario
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD