23/11/2021 15:25

Em busca do Tri! Veja dez jogos que marcaram a história do Palmeiras na Libertadores

Verdão faz a final contra o Flamengo neste sábado em Montevidéu

Atual campeão sul-americano, o Palmeiras disputa neste sábado, contra o Flamengo, em Montevidéu, sua sexta final de Libertadores.

A nova decisão referenda a relação do Palmeiras com o torneio. O Verdão é o clube brasileiro com mais participações na Libertadores. Está em sua 21ª campanha. Soma dois títulos (em 1999 e 2020) e três vices (em 1961, 1968 e 2000).



É uma longa trajetória recheada por jogos muito marcantes, que ajudaram a construir a história do clube no maior campeonato do continente. Abaixo, o ge relembra dez deles.

04/06/1961 - Independiente 0x2 Palmeiras

O Palmeiras estreou na Libertadores no segundo ano do torneio. Em Buenos Aires, o Verdão venceu o Independiente por 2 a 0, gols de Gildo e Zequinha.

O time palmeirense, dirigido pelo uruguaio Armando Renganeschi, entrou em campo com Valdir; Djalma Santos, Valdemar Carabina, Aldemar e Geraldo Scotto; Zequinha, Chinesinho, Julinho, Romeiro, Geraldo José e Gildo.

Naquela campanha, o time alviverde conseguiu o feito de ser o primeiro brasileiro a decidir a competição. O título, porém, ficou com o Peñarol.

09/03/1994 - Palmeiras 6x1 Boca Juniors

O início da década de 1990 ficou marcado por equipes de qualidade e grandes vitórias do Palmeiras. Um dos triunfos mais importantes ocorreu na Libertadores de 1994, ainda pela fase de grupos.

Contra o Boca Juniors, no antigo estádio Palestra Italia, o Verdão goleou por 6 a 1 naquela que é a maior goleada sofrida pelos argentinos no torneio.

O Palmeiras de Vanderlei Luxemburgo jogou com Sérgio; Claudio, Antônio Carlos, Cleber e Roberto Carlos; César Sampaio (Tonhão), Amaral, Mazinho (Jean Carlo) e Zinho; Edilson e Evair. Os gols foram marcados por Cleber, Roberto Carlos, Evair (duas vezes), Edilson e Jean Carlo.

04/04/1995: Palmeiras 7x0 El Nacional

A temporada de 1995 foi de transição no Palmeiras. Após os bicampeonatos do Paulistão e do Brasileirão de 1993 e 1994, o time, na época comandado por Valdir Espinosa, teve mudanças no elenco e novas apostas.

Antes de parar nas quartas de final da Libertadores, o Verdão aplicou sua maior goleada no torneio: 7 a 0 contra os equatorianos do El Nacional, ainda pela fase de grupos.

Os gols do Verdão foram marcados por Edmundo (duas vezes), Rivaldo (duas vezes), Valber (duas vezes) e Paulo Isidoro. A equipe entrou em campo com Velloso; Flavio Conceição, Antônio Carlos (Tonhão), Cleber e Roberto Carlos; Amaral, Mancuso, Paulo Isidoro e Valber (Alex Alves); Rivaldo e Edmundo.

12/05/1999: Corinthians 2x0 Palmeiras

O Dérbi estreou na Libertadores em 1999. Depois dos dois confrontos na fase de grupos, os rivais voltaram a se enfrentar nas quartas de final. Os dois duelos foram marcados por grandes lances e muita emoção.

No jogo de ida, o Verdão venceu por 2 a 0, em noite de consagração de Marcos. Na volta, vivendo seus primeiros momentos como "São Marcos", o goleiro foi decisivo nas cobranças de pênaltis – os alvinegros venceram no tempo normal pelo mesmo placar, mas os palmeirenses ficaram com a classificação.

26/05/1999: Palmeiras 3x0 River Plate

Um jogo perfeito fez o Palmeiras se classificar para a final da Libertadores de 1999. No Palestra Italia, a equipe de Felipão contou com grande apoio dos torcedores e venceu o River Plate por 3 a 0.

Na primeira etapa, Alex e Roque Junior acabaram com a vantagem argentina no confronto – o River havia vencido em Buenos Aires por 1 a 0. No segundo tempo, o Verdão apostou nos contra-ataques e definiu o confronto com um belo gol de Alex.

16/06/1999: Palmeiras 2x1 Deportivo Cali

Foi o jogo do primeiro título do Palmeiras na Libertadores. Contra o Deportivo Cali, da Colômbia, o time alviverde venceu por 2 a 1 no tempo normal – todos os gols foram marcados no segundo tempo – e teve de enfrentar mais uma disputa por pênaltis.

Nas cobranças, Zinho desperdiçou a primeira tentativa, mas depois Junior Baiano, Roque Junior, Rogério e Euller marcaram. Os colombianos perderam as duas últimas penalidades, com Bedoya e Zapata.

06/06/2000: Palmeiras 3x2 Corinthians

O Corinthians também cruzou o caminho do Palmeiras na Libertadores de 2000. E o final foi feliz para os alviverdes, mais uma vez.

Com um total de 12 gols marcados nas duas semifinais (4 a 3 para o Timão na ida e 3 a 2 para o Verdão na volta), o clássico foi decidido mais uma vez nas cobranças de pênaltis.

Depois de nove acertos (cinco do Verdão e quatro do Timão), Marcelinho Carioca parou em defesa de Marcos. O lance iniciou uma grande comemoração no gramado, com direito a provocações, e até hoje é festejado pelos palmeirenses.

12/04/2017: Palmeiras 3x2 Peñarol

O jogo entre Palmeiras e Peñarol em abril de 2017 não valeu título ou classificação no mata-mata, mas tem um peso importante na história recente do Allianz Parque. Em seu quinto jogo de Libertadores no estádio, o Verdão superou as adversidades com uma vitória por 3 a 2 e gol aos 54 minutos do segundo tempo.

Os uruguaios abriram o placar, mas o Verdão virou com gols de Willian e Dudu. Os visitantes igularam novamente o marcador, e o jogo passou a ganhar disputas mais acirradas, com direito a retranca do adversário.

Dudu foi expulso após sofrer uma falta e reclamar com o árbitro, mas Fabiano cabeceou nos acréscimos para decidir a vitória palmeirense. Foi a senha para uma grande festa dentro de campo e nas arquibancadas da arena.

05/01/2021: River Plate 0x3 Palmeiras

O River Plate chegou para enfrentar o Palmeiras na semifinal de 2020 com o peso de ter conquistado o título em 2018 e ter sido vice de 2019. A resposta do Verdão para o favoritismo argentino foi da melhor maneira possível para seu torcedor: vitória por 3 a 0 em Buenos Aires.

Rony abriu o placar no primeiro tempo, depois de um chute cruzado que desviou na marcação. Depois do intervalo, os palmeirenses adiantaram a classificação com gols de Luiz Adriano e Matías Viña. A vantagem foi fundamental para a sequência alviverde no torneio: nem a derrota por 2 a 0 em São Paulo eliminou a equipe de Abel Ferreira.

30/01/2021: Palmeiras 1x0 Santos

Uma final de Libertadores em jogo único, no Maracanã, contra um rival e com gol da vitória marcado nos acréscimos do segundo tempo. O clássico entre Palmeiras e Santos disputado no dia 30 de janeiro de 2021 tem tudo para ser um dos capítulos mais importantes da história do confronto pelo lado alviverde.



Aos 53 minutos do segundo tempo, Danilo lançou Rony na direita. O atacante dominou e cruzou na medida para Breno Lopes ganhar a disputa pelo alto e cabecear para o gol. A jogada definiu o título sul-americano da edição de 2020 e ficou eternizada entre os palmeirenses.



LEIA TAMBÉM:Final entre Palmeiras e Flamengo domina assuntos mais comentados do Twitter



E MAIS:Ele tinha um plano: Veja como Abel venceu a final



E MAIS: Palmeiras garante vaga no Mundial de Clubes 2021; veja adversários e detalhes do torneio










972 visitas - Fonte: Globoesporte.com

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Ter - 22:00 - Arena Pantanal - Premiere
Cuiabá
Palmeiras

Último jogo - Libertadores

Sáb - 17:00 - Estádio Centenário
Palmeiras
2 1
Flamengo
Untitled Document
Classificação
1 Atletico-MG
2 Flamengo
3 Palmeiras
4 Corinthians
5 RB Bragantino
6 Fortaleza EC
7 Fluminense
8 Ceará
9 Internacional
10 America Mineiro
11 Santos
12 São Paulo
13 Cuiaba
14 Atletico Paranaense
15 Atletico Goianiense
16 Bahia
17 Juventude
18 Grêmio
19 Sport Recife
20 Chapecoense-sc
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
78 35 24 6 5 57 25 32 VVVEV
67 34 20 7 7 66 31 35 VVVVE
59 35 18 5 12 54 42 12 VDDDE
56 36 15 11 10 39 34 5 VDVDV
53 35 13 14 8 51 41 10 DDVDE
52 35 15 7 13 41 43 -2 EDDVD
51 36 14 9 13 35 36 -1 VDVVD
49 35 11 16 8 38 35 3 DVVEV
48 36 12 12 12 43 39 4 VDDDE
46 35 11 13 11 36 37 -1 VVEDE
46 36 11 13 12 33 39 -6 EVDVE
45 35 10 15 10 28 33 -5 EDVEV
43 34 9 16 9 31 32 -1 EDDVE
42 35 12 6 17 39 44 -5 VDDED
41 34 9 14 11 26 34 -8 DEEEE
40 34 10 10 14 36 44 -8 VDDEV
40 34 9 13 12 33 40 -7 VVVDE
36 35 10 6 19 36 47 -11 DVVED
33 35 8 9 18 21 35 -14 DDDVD
15 34 1 12 21 27 59 -32 EEDDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Bragantino
2 Palmeiras
3 Novorizontino
4 Ituano
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
23 12 6 5 1 15 7 8 VVEEE
21 12 6 3 3 18 10 8 DDVVV
19 12 5 4 3 17 12 5 VEDED
13 12 4 1 7 10 14 -4 DVVDD
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Defensa Y Justicia
3 Independiente Del Valle
4 Universitario
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD